Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Ensino (23002018009P9)
O ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA NAS ESCOLAS PÚBLICAS: CRENÇAS E EXPERIÊNCIAS DE PROFESSORES E DE ALUNOS
CLAUDIA PEREIRA DA SILVA QUEIROZ
DISSERTAÇÃO
26/11/2019

Quando pensamos no ensino da língua estrangeira, é importante considerar as crenças e as experiências de professores e de alunos, dos níveis fundamental e médio, sobre o processo de ensino e de aprendizagem na escola pública. Com essa pesquisa, objetivamos investigar as crenças e as experiências de professores e de alunos do ensino fundamental e do ensino médio, considerando a realidade do ensino da língua inglesa na escola pública. Metodologicamente, trata-se de uma pesquisa fenomenológica, descritiva e interpretativista, de natureza qualitativa, em que os dados foram coletados através de um autorrelato com professores e alunos participantes, numa turma de 9º ano do ensino fundamental e numa turma de 3º ano do ensino médio, de três escolas públicas de três municípios do Rio Grande do Norte. Os participantes são seis professores e dezoito alunos, sendo três professores do ensino fundamental e três do ensino médio, três alunos de cada turma do ensino fundamental e três do ensino médio. Assim, embasamos nossas discussões e reflexões em teóricos e estudiosos da área como Barcelos (1999-2006); Moita Lopes, (2001); Totis, (1991); PCNs, (1998); Minoyo, (2008); Pimenta (2002); Celani e Magalhães (2002);Silva, (2005); Tardif, (2007); Mattos, (2011), Light Bown; Spada, (2006); LDB, (1996); Freitas, (2013), dentre outros. Nesse sentido, os resultados mostram que o ensino-aprendizagem de língua inglesa nas escolas públicas pesquisadas apresenta muitos desafios. Inúmeros fatores corroboram para a dificuldade de se construir um ensino de mais qualidade, como alguns profissionais destacaram: falta de melhor estrutura física e pedagógica da escola, número de alunos muito grande por sala, descompromisso de alguns alunos com a matéria, entre outros. A respeito das crenças e experiências dos professores, compreendemos que alguns já têm uma vasta experiência na docência em língua inglesa, outros menos tempo, mas segundo os relatos de todos, existe uma consciência do seu papel de educador e mediador do conhecimento, acreditando na melhoria do ensino da escola pública, na sua forma de ensinar, na metodologia que utilizam para desenvolver suas aulas, reconhecendo que existem alunos comprometidos, enquanto outros não têm interesse, sendo conscientes dos desafios que enfrentam cotidianamente para exercerem a profissão. Com relação às crenças dos alunos, identificamos que eles acreditam na importância da aprendizagem da língua inglesa, contudo, acreditam haver dificuldade com a pronúncia das palavras. Outra crença dos alunos foi a necessidade de aumentar as aulas semanalmente. Outra crença diz respeito à abordagem dos professores, pois, para alguns alunos o professor parece estar preparado para desempenhar suas atividades; enquanto que para outros, o professor parece apresentar dificuldades de ensinar a disciplina. Assim, a maioria tem a crença de que o ensino de inglês na escola pública precisa melhorar, de modo que nossa pesquisa levanta uma preocupação sobre o ensino-aprendizagem de língua inglesa na escola pública, pois nos leva a refletir sobre a situação desafiadora em que se encontram as condições do ensino público.

Ensino de língua inglesa;Crenças;Experiências
Our research focuses on the study of English language teaching and learning in public schools, in which we intend to understand the beliefs and experiences of teachers and students, from elementary and high school, about the teaching and learning process in their respective institutions. Therefore, the aim of this dissertation is to investigate the beliefs and experiences of teachers and students of elementary and high school, about teaching and learning English in public schools. From the methodological point of view, it is a phenomenological, descriptive and interpretative research of a qualitative nature. To collect these data we applied a self-report with participating teachers and students in a ninth grade class and a third grade class from three public schools in three municipalities of Rio Grande do Norte. The participants are six teachers and eighteen students, three elementary school teachers and three high school teachers, three students from each elementary school class and three high school students. In order to be theoretically based on this research, we are guided by the readings of the following theorists: Barcelos (1999-2006); Moita Lopes (2001); Totis (1991); PCNs (1998); Minoyo (2008); Pepper (2002); Celani and Magalhães (2002); Silva, (2005); tardif, (2007); Mattos (2011), Light bown; spada (2006); LDB (1996); Freitas (2013), among others.. The results show that English language teaching and learning in the public schools surveyed presents many challenges. Numerous factors corroborate the difficulty of building a higher quality teaching as some professionals highlighted, for example: lack of better physical and pedagogical structure of the school; the number of students too large per class; some students' lack of commitment to the subject etc.; Regarding teachers' beliefs and experiences, we understand that some already have extensive experience in English language teaching; others less time, but we can all understand that they are aware of their role as educator and mediator of knowledge. They believe in improving the teaching of public schools, they believe in their way of teaching, the methodology they use to develop their classes; recognize that they have students who are committed to learning while others have no interest; They are aware of the challenges they face daily to practice the profession. Regarding students' beliefs, we identified that they believe in the importance of learning English; for some the teacher is well qualified, for others the teacher has difficulty teaching the English language subject; for most, the major difficulty is the pronunciation of words; Many believe that it is necessary to increase the number of weekly classes; most understand that public school English teaching needs to improve. These data reveal a worrying picture about English language teaching and learning in the public school, as it leads us to reflect on the challenging situation in which the conditions of public education find themselves.
English language teaching;beliefs;experiences
1
146
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO BÁSICA
ENSINO DE LÍNGUAS
Tecnologias digitais, material didático, leitura e produção de textos no ensino de línguas: foco nas crenças, experiências e abordagens.

Banca Examinadora

MARCOS NONATO DE OLIVEIRA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LIGIA DE SOUZA LEITE MORAES Participante Externo
MARCOS NONATO DE OLIVEIRA Docente - PERMANENTE
MARIA ZENAIDE VALDIVINO DA SILVA Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim