Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
Ensino (23002018009P9)
QUESTÕES DE GÊNERO COMO RELAÇÕES DE PODER NO ENSINO DE HISTÓRIA
SHEILA DANIELLE FERNANDES DE SOUZA SILVEIRA
DISSERTAÇÃO
30/04/2019

Este trabalho de dissertação objetiva investigar os discursos dos/as professores/as do ensino de História, sobre as questões de gênero enquanto relações de poder, e como tratam dessas questões com os/as alunos/as em sala de aula. A partir desse objetivo, nossas discussões se pautam em estudos de Foucault (1979, 2010); Louro (1997, 2000, 2013), Scott (1989), Tardiff (2002), Silva (2007), Moreira (2002), entre outros. Para realização deste trabalho, nos utilizamos de uma metodologia que envolve a pesquisa bibliográfica e o estudo de campo, usando como instrumentos, a observação sistemática e a entrevista aberta focalizada. Desse modo, a investigação aconteceu em duas escolas da cidade de Pau dos Ferros – RN; uma da rede Estadual e a outra da esfera Municipal. Na escola estadual, trabalhamos com uma professora do Ensino Médio e na escola municipal com um professor do Ensino Fundamental. Ao final da nossa pesquisa, constatamos que os/as professores, embora demonstrem abertura para tratar de questões que envolvem as relações de gênero no âmbito escolar e, algumas vezes, abordem esta temática em sala de aula, ainda manifestam dificuldades ao lidarem com determinadas questões que surgem durante as aulas. O não conhecimento de alguns conceitos sobre as relações de gênero dificultam um diálogo elucidativo entre professores/as e alunos/as. Contudo, apontamos a necessidade de formação continuada sobre Educação de gênero e sexualidade na Educação, no intuito de contribuir para que os/as professores/as consigam perceber as relações de gênero enquanto relações de poder e, assim, melhor tratá-las em sala de aula com seus/as alunos/as.

Ensino de História;Discurso;Relações de gênero;Relações de poder
This dissertation aims to investigate the History teachers' discourses on gender issues as power relations and how they discuss these issues with students in the classroom. From this aim, our discussions are based on the studies of Foucault (1979, 2010); Louro (1997, 2000, 2013), Scott (1989), Tardiff (2002), Silva (2007), Moreira (2002), among other authors. To accomplish this work, we used a methodology that involves bibliographical research and a field study, using as instruments the systematic observation and a focused open interview. Therefore, this research took place in two different schools situated in Pau dos Ferros/RN; a state school and other a municipal one. At the state school, we worked with a High School teacher, and at the municipal one with an Elementary School teacher. At the end of this research, we find that teachers, although they demonstrate interests to discuss issues about gender relations in school, sometimes, they address this topic in the classroom, but they do still manifest difficulties in dealing with some questions that come up during the lessons. The lack of knowledge of some concepts about gender relations makes it difficult to establish an elucidative dialogue between teachers and students. However, we emphasize the need for a continuous formation on Education of Gender and Sexuality in Education, in order to help teachers understand gender relations as power relations and consequently discuss them properly in the classroom with their students.
History teaching;Discourse;Gender relations;Power relations
1
92
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO BÁSICA
ENSINO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS
Formação e prática pedagógica: construção de conceitos e saberes sobre o ensinar e o aprender

Banca Examinadora

MARIA DA PAZ CAVALCANTE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ROSALVO NOBRE CARNEIRO Docente - PERMANENTE
ELIAS FERREIRA VERAS Participante Externo
MARIA DA PAZ CAVALCANTE Docente - PERMANENTE

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim