Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
Juventudes rurais e permanências: ruralidades e urbanidades representadas no Extremo Oeste de Santa Catarina.
RODRIGO KUMMER
TESE
11/09/2019

Esta tese discute os processos de permanência dos jovens no meio rural da região Extremo Oeste de Santa Catarina. O objetivo da pesquisa é compreender como a construção de representações sociais subsidia e interfere nos processos decisórios desses atores sociais. Na última década, as taxas de permanência dos jovens no meio rural têm aumentado sensivelmente. Analisar, portanto, as representações tecidas em relações a esses cenários e refletir sobre os imaginários e percepções acionadas é uma ferramenta profícua para melhor compreender que ruralidade e que sociedade se está gestando na contemporaneidade. A pesquisa baseou-se na coleta de questionários e entrevistas, além do acompanhamento etnográfico. Com base nessas informações, pode-se considerar que os jovens rurais tecem uma representação positivada do meio rural, fundada na percepção elogiosa de suas condições de trabalho, renda e tranquilidade. Ao ponderaram sobre a urbanidade, formatam representações negativas, vinculadas ao ritmo de vida, a falta de autonomia e ao risco. Essas perspectivas permitem aferir que a ruralidade é tomada como um projeto de vida, do qual as relações familiares, geracionais, de gênero, renda e protagonismo são elementos centrais. Estimular o diálogo familiar e social das questões juvenis torna-se necessário para melhorar as perspectivas de vida no meio rural.

juventude rural;permanência;migração;ruralidade;urbanidade;representações sociais.
This thesis discusses the processes of permanence of young people in rural areas of the Far West of Santa Catarina. The objective of the research is to understand how the construction of social representations subsidizes and interferes in the decision processes of these social actors. Over the past decade, youth permanency rates in rural areas have increased significantly. Analyzing, therefore, the representations in relation to these scenarios and reflecting on the imaginary and on the accessed perceptions is a useful tool to better understand which rurality and which society is taking place in contemporary times. The research was based on the collection of questionnaires and interviews, as well as ethnographic monitoring. With this information, it can be considered that rural young people make a positive representation of the rural environment, based on the complimentary perception of their working conditions, income and tranquility. When pondering on urbanity, they format negative representations, linked to the pace of life, lack of autonomy and risk. These perspectives allow us to verify that rurality is taken as a life project, of which family, generational, gender, income and protagonism relations are central elements. Stimulating family and social dialogue on youth issues is necessary to improve life prospects in rural areas.
rural youth;permanence;migration;rurality;urbanity;social representations.
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
ESTUDOS DE CULTURA E MUNDO RURAL
RURALIDADES, DESENVOLVIMENTO E HISTÓRIA DAS IDÉIAS

Banca Examinadora

ELI DE FATIMA NAPOLEAO DE LIMA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANA LOUISE DE CARVALHO FIUZA Participante Externo
ELI DE FATIMA NAPOLEAO DE LIMA Docente - PERMANENTE
SUSANA CESCO Participante Externo
THEREZA CRISTINA CARDOSO MENEZES Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Doutorado no País GD 48

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim