Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
O riso em Memorial do Convento de José Saramago
FERNANDO DA SILVA NEGREIROS
DISSERTAÇÃO
26/04/2018

Memorial do Convento é um romance histórico que se passa no século XVIII e retrata a construção do Convento de Mafra em Portugal. Essa grandiosa edificação para se tornar realidade envolveu o clero, a nobreza e o povo. Conforme o convento vai sendo edificado, surgem diversas situações problemáticas em que ocorrem múltiplas contradições, desde a promessa até a inauguração do convento. A contradição e o distanciamento são premissas básicas para a existência do riso em Memorial do Convento e a maneira como se manifesta e dá sentido à narrativa. Essa dissertação objetiva mostrar o riso não como um elemento de adorno, leveza ou entretenimento, mas como algo estrutural para o desenvolvimento da narrativa, criando os significados para a obra e suas consequentes críticas ao sistema social de Portugal da corte do rei Dom João V no século XVIII. Foram utilizados importantes estudiosos do gênero romance, do romance histórico e do riso para dar base teórica para a investigação, pois a trajetória da história do riso e do romance possuem muitos pontos de contato, os quais transparecem em Memorial do Convento. No fim, é possível perceber que o riso representa as elites aristocráticas e clericicais de forma satírico-grotesca, a religião e o sistema político com uma ironia niilista e o povo com um riso que oscila entre o grotesco rabelaisiano e o grotesco romântico.

Riso. Romance Histórico. Memorial do Convento. Ironia. Sátira
Memorial do Convento is a historical novel that happen in the XVIII century and retracts the constrution of Mafra’s Convent in Portugal. That grand edification to be true involving the clergy, the nobility, and the peoplo. According as the convent is going to be constructed, appear various problemátics situations that happen contradictions since the promess until the convent’s inauguration. The contradition and the detachment are basics premise to the existance of laugh, then that dissertation will focalize the Memorial do Convento’s humoristic soul and the way as the laugh manifest itself and criates sense to the narrative. That dissertation aims to show the laugh as more than an adornment element, lightness and entertainnment; but as some structural to the narrative development, criating the significates to the work and him consequents critics to the Portugal’s social sistem commanded by Dom João V in the XVIII century. Teorics of the novel, historical novel and laugh were utilized to give theorics base to the investigation, because the trajetory of laugh history and novel history have a lot of points in common, which appear also in Memorial do Convento. In the end, is possible repair that the laugh represent aristocratics and clerical elite of ways satirical-grotesque, the religion and political sistem with a nihilist irony and the people with a laugh that oscillate between the rabelaisian grotesque and the romantic grotesque.
Laugh. Historical Novel. Memorial do Convento. Irony. Satire.
1
142
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA COMPARADA
REPRESENTAÇÕES E TEXTUALIDADES
Estudos do romance

Banca Examinadora

LUCIANA BRITO
DOCENTE - COLABORADOR
Sim
Nome Categoria
ALTAMIR BOTOSO Participante Externo
MARIA CAROLINA DE GODOY Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 16

Vínculo

-
-
-
Não