Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
Pais e filhos em contos de Luiz Vilela: as representações das masculinidades.
LUCELIA CANASSA
DISSERTAÇÃO
19/04/2018

A proposta desta dissertação é analisar a contística de Luiz Vilela sob o enfoque das masculinidades. Dentro da temática em questão, optamos pelos contos em que há relação entre pais e filhos, chegando a 19 textos. Desse número, comentamos 14 contos, com o intuito de apontar as diferentes formas em que essa relação aparece, sempre atravessada pelo tema maior das masculinidades; e analisamos mais profundamente cinco contos: ―Eu estava ali deitado‖ e ―Corisco‖, de No Bar (1968); ―As formigas‖, de Tarde da noite (1970); ―Não haverá mais índios‖, de Lindas Pernas (1979); e ―Todos os anjos‖, de Você Verá (2013). Com essa seleção, é possível traçar um percurso na representação das figuras paternas ao longo do tempo: de pais ausentes e com dificuldades em lidar com os filhos, passaremos por pais em transição até chegar a uma reconfiguração do perfil paterno – influenciada e acompanhada por uma reconfiguração na forma familiar. Lidamos, assim, com a figura de pais afetados por uma socialização baseada em estereótipos viris, e com os indícios de mudanças em homens que passam a responder às funções socialmente estabelecidas que lhes foram designadas. Dessa forma, sistematizamos algumas características nas figuras paternas de Vilela e, ligado diretamente a isso, dialogamos com as questões dos papéis tradicionais de homem e mulher e alguns estereótipos da masculinidade padrão.

Masculinidades. Paternidade. Literatura Brasileira. Luiz Vilela. Contos.
The purpose of this work is to analyze the short stories written by Luiz Vilela under the masculinities approach. We chose the stories in which there is a relationship between fathers and children, reaching 19 short stories. From this number, we have commented on 14 short stories, with the intention of show the different ways in which this relationship appears, always crossed by the theme of masculinities; and we analyze more deeply five short stories: "Eu estava ali deitado" and "Corisco", from No Bar (1968), "A formigas", from Tarde da noite (1970), ―Não haverá mais índios‖, from Lindas Pernas (1979); and ―Todos os anjos‖, from Você Verá (2013). With this selection, it is possible to trace the representation of paternal figures along the time: from absent fathers and with difficulties in dealing with their children, we will pass through transitional fathers until a reconfiguration of the paternal profile – influenced and accompanied by a reconfiguration in the family form. We deal with the parents affected by a socialization based on manly stereotypes and with the signs of change in men that begin to respond to the socially established functions assigned to them. In this way, we systematize some characteristics in Vilela's paternal figures and, directly linked to this, we dialogue with the questions of the traditional roles of man and woman and some stereotypes of standard masculinity.
Masculinities. Fatherhood. Brazilian literature. Luiz Vilela. Short Stories.
1
160
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA BRASILEIRA E OUTRAS LITERATURAS VERNÁCULAS
CONSTRUÇÕES E PROCESSOS IDENTITÁRIOS
Papéis masculinos: o enfoque das masculinidades no conto e na crônica a partir do fim do século XX

Banca Examinadora

LUIZ CARLOS SANTOS SIMON
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MIGUEL HEITOR BRAGA VIEIRA Docente - PERMANENTE
EUNICE PRUDENCIANO DE SOUZA Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não