Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
O fracasso como diálogo poético em Iberê Camargo e Carlos Drummond de Andrade.
TANIA YUMI TOKAIRIN
DISSERTAÇÃO
10/04/2018

A presente dissertação propõe um diálogo poético interartes entre o pintor e escritor gaúcho Iberê Camargo e o poeta mineiro Carlos Drummond de Andrade a partir do tema do fracasso. Alguns trabalhos desses Autores são analisados, inicialmente, a fim de exemplificar e verificar que neles encontram-se elementos compositivos e características relacionadas ao fracasso como uma condição inerente à existência humana: no caso de Iberê, analisa-se o conto “O relógio”, de 1959, onde o sentimento de fracasso é construído a partir de uma escrita expressionista; e, em Drummond, os poemas “A sombra do homem que sorriu”, “Como se eu fosse um poeta resignado” e “Boneca de Panno”, todos de 1924, nos quais a escrita do jovem Poeta já apresenta seu ceticismo característico em relação aos limites da sua poesia e a sua relação com o fracasso. Através de fundamentos teóricos e críticos provenientes da literatura, das artes visuais e da filosofia, verificaremos, por conseguinte, como os procedimentos de composição artístico-literários e os seus efeitos expressivos dialogam nas poéticas iberiana e drummondiana. O aporte teórico-crítico na análise da obra de Iberê Camargo pauta-se, entre outros autores, nos estudos de Sônia Salzstein, Luiz Camillo Osorio e Paulo Venancio Filho; em Carlos Drummond de Andrade, utilizamos os estudos de Davi Arrigucci Jr., Affonso Romano de Sant’Anna Gilberto Mendonça Teles, entre outros. No campo filosófico, o respaldo teórico se dá através do pensamento de Arthur Schopenhauer, Jean-Paul Sartre e Gaston Bachelard, este último especialmente na análise da poesia drummondiana. A metodologia desta pesquisa propõe uma análise comparativa no sentido de destacar tanto as semelhanças quanto as diferenças entre os objetos do corpus, com o objetivo de deslindar a poética do fracasso que permeia o sentimento de proximidade da morte, propondo, desse modo, o aprofundamento do diálogo poético interartes entre as obras dos Autores. Para tanto, analisamos um objeto específico de cada um deles através da perspectiva do gênero artístico conhecido como “natureza-morta”, respectivamente: o poema minimalista “Cerâmica” (Antologia Poética e Lição de Coisas, 1962), de Drummond, e a série de pinturas expressionistas em grandes dimensões “Tudo te é falso e inútil” (1992-1993), de Iberê Camargo.

Iberê Camargo;Carlos Drummond de Andrade;poesia e pintura;natureza-morta;fracasso.
The present dissertation proposes a poetic dialogue of artistic intersections about the theme of failure between the painter and writer from Rio Grande do Sul Iberê Camargo and the poet from Minas Gerais Carlos Drummond de Andrade. Some works of these Authors are initially analyzed in order to exemplify and verify that there are compositional elements and characteristics related to failure as an inherent condition of human existence: in the case of Iberê, the tale "The watch" of 1959 is analyzed, where the feeling of failure is constructed from an Expressionist writing; and in Drummond the poems "The shadow of the man who smiled", "As if I were a resigned poet" and "Doll of Panno," all of 1924, in which the writing of the young poet already presents his characteristic skepticism the limits of his poetry and his relation to failure. Through theoretical and critical foundations from literature, visual arts and philosophy, we will verify, therefore, how the artistic-literary composition procedures and their expressive effects dialogue in the iberiana and drummondiana poetics. The theoretical-critical contribution in the analysis of the work of Iberê Camargo is guided, among other authors, in the studies of Sônia Salzstein, Luiz Camillo Osorio and Paulo Venancio Filho; in Carlos Drummond de Andrade, we used the studies of Davi Arrigucci Jr., Affonso Romano de Sant'Anna Gilberto Mendonça Teles, among others. In the philosophical field, the theoretical support is given by the thinking of Arthur Schopenhauer, Jean-Paul Sartre and Gaston Bachelard, the latter especially in the analysis of drummondiana poetry. The methodology of this research proposes a comparative analysis in the sense of highlighting both the similarities and the differences between the objects of the corpus, with the aim of unraveling the poetics of failure that permeates the feeling of proximity of death, thus proposing the deepening poetic dialogue of artistic intersections between the works of the Authors. For this, we analyze a specific object of each of them through the perspective of the artistic genre known as "still-life", respectively: Drummond's minimalist poem "Cerâmica" (Poetic Anthology and Lesson of Things, 1962) of expressionist paintings in large dimensions "Everything is false and useless" (1992-1993), by Iberê Camargo.
Iberê Camargo;Carlos Drummond de Andrade;poetry and painting;still life;failure.
1
337
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

LITERATURA BRASILEIRA E OUTRAS LITERATURAS VERNÁCULAS
CONSTRUÇÕES E PROCESSOS IDENTITÁRIOS
DIÁLOGOS LITERÁRIOS: DO INTERTEXTO À CORRESPONDÊNCIA

Banca Examinadora

TELMA MACIEL DA SILVA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LUZIA APARECIDA BERLOFFA TOFALINI Participante Externo
MARTA DANTAS DA SILVA Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 21

Vínculo

-
-
-
Não