Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
Cryptococcus spp. E ECTOPARASITOS ASSOCIADOS A POMBOS (Columba livia) EM HOSPITAIS, ESCOLAS, PRAÇAS, IGREJAS E PRÉDIOS ANTIGOS NA CIDADE DE SALVADOR, BAHIA
RICARDO LUSTOSA BRITO
TESE
29/08/2017

Objetivou-se neste estudo avaliar o risco da ocorrência de Cryptococcus spp. e ectoparasitos associados à presença de pombos (Columba livia) em hospitais, escolas, praças, igrejas e prédios antigos na cidade de Salvador, nordeste do Brasil. No período de 2015 a 2016, foram coletadas 851 amostras, sendo: de swab da cloaca de pombo (n= 229), material aderido às patas de pombo (n=26), fezes de pombos do ambiente (n= 315), poeira do interior de recintos (n=218) e detrito de árvores (n=63). Nos hospitais todos os tipos de amostras foram coletados o que variou para os demais locais de estudo. Os pombos foram capturados com rede, anilhados e coletadas amostras de cloaca e de resíduos de patas. Em três exemplares foram acoplados mini-GPSs. Foi realizada identificação fenotípica e bioquímica de Cryptococcus spp. O Risco Relativo [RR] de contaminação de Cryptococcus spp. foi calculado entre os locais com a presença de pombos e suas fezes em relação à poeira de recintos internos em hospitais e escolas, bem como, para locais com a presença de pombos e suas fezes em igrejas e prédios antigos em relação às praças. A positividade geral nas amostras foi de 15,0% (128/851), sendo 72,3% (99/137) de C. albidus, 17,5% (24/137) de C. laurentii, 10,2% (14/137) de C. neoformans, nove amostras apresentaram contaminação mista. Segundo os resultados de isolamento, as áreas externas dos hospitais apresentaram 3,6 vezes risco mais elevado de contaminação por Cryptococcus spp. em relação aos seus recintos internos (RR 3·6, 95% IC 1·5 - 7·4; p = 0·001). As igrejas e prédios antigos apresentaram duas vezes mais risco de contaminação em relação às praças (RR 2∙0, 95% CI 1∙0 – 3∙9; p=0∙036). C. albidus e C. laurentii foram isolados em amostras de cloaca (56/229), patas de pombos (8/26) e detritos de árvores (2/63). C. neoformans (n=14) foi isolado apenas em amostras de fezes. Foram registradas infestações nosocomiais por Ornithonyssus bursa, Pseudolynchia canariensis e Peckia intermutans em um dos hospitais estudados, todas associadas à presença de Columba livia. Medidas estruturais são necessárias para evitar a permanência de pombos e a formação de seus ninhos, além de ações de educação no sentido de não alimentar essas aves e aprimorar o manejo do lixo em espaços públicos e nos hospitais, evitando a exposição das pessoas às contaminações e infestações associadas a Columba livia.

Cryptococcus albidus;Cryptococcus laurentii;Cryptococcus neoformans;artrópodes;infestação nosocomial;higiene hospitalar
The objective of this study was to evaluate the risk of Cryptococcus spp. And ectoparasites associated with the presence of Columba livia pigeons in hospitals, schools, squares, churches and old buildings in the city of Salvador, northeastern Brazil. In the period from 2015 to 2016, 851 samples of pigeon cloaca swab (n = 229), material adhered to the pigeon paws (n=26), pigeon feces from the environment (n = 315), dust from the interior of rooms (n = 218) and detritus of trees (n=63). In the hospitals, all types of samples were collected, which varied for the other study sites. The pigeons were captured with net, ringed and collected samples of cloaca and paws. In three birds were coupled mini-GPS. Phenotypic and biochemical identification of Cryptococcus spp. The Relative Risk [RR] of contamination of Cryptococcus spp. Was calculated between sites with the presence of pigeons and their feces in relation to dust from interior of rooms in hospitals and schools, as well as for sites with pigeons and their feces in churches and old buildings in relation to squares. The overall positivity in the samples was 15.0% (128/851), with 72.3% (99/137) of C. albidus, 17.5% (24/137) of C. laurentii, 10.2% (14/137) of C. neoformans, nine samples showed mixed contamination. According to the isolation results, the external areas of the hospitals presented a 3.6 times higher risk of Cryptococcus spp. contamination in relation to its interior of rooms (RR 3 · 6, 95% CI 1 · 5 - 7 · 4, p = 0 · 001). Churches and old buildings had twice the risk of contamination compared to squares (RR 2 ∙ 0, 95% CI 1 ∙ 0 - 3 ∙ 9, p = 0 ∙ 036). C. albidus and C. laurentii were isolated in cloacal samples (56/229), pigeon paws (8/26) and tree debris (2/63). C. neoformans (n = 14) was isolated only in feces samples. Nosocomial infestations by Ornithonyssus bursa, Pseudolynchia canariensis and Peckia intermutans were recorded in one of the hospitals studied, all associated with the presence of Columba livia. Structural measures are necessary to prevent pigeons from permanence and nesting, as well as educational actions in order not to feed these birds and improve waste management in public spaces and hospitals, avoiding the exposure of people to the contamination and infestations associated with Columba livia.
Cryptococcus albidus;Cryptococcus laurentii;Cryptococcus neoformans;Arthropods;nosocomial infestation;hospital hygiene
01
91
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
Avaliação do papel epidemiológido de populações de pombos (Columba livia) na disseminação de zoonoses em áreas hospitalares

Banca Examinadora

CARLOS ROBERTO FRANKE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ARISTEU VIEIRA DA SILVA Docente - PERMANENTE
CLAUDIO DE OLIVEIRA ROMAO Participante Externo
CARLOS ROBERTO FRANKE Docente - PERMANENTE
ARTUR GOMES DIAS LIMA Participante Externo
LIA MUNIZ BARRETTO FERNANDES Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - CAPES 42

Vínculo

Bolsa de Fixação
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim