Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
ATIVIDADE DE EXTRATOS ETANÓLICOS E SUPERCRÍTICOS DE PRÓPOLIS MARROM, VERMELHA E VERDE SOBRE Corynebacterium pseudotuberculosis
LAERTE MARLON CONCEICAO DOS SANTOS
DISSERTAÇÃO
29/08/2017

A Linfadenite Caseosa (LC) é uma doença infecto-contagiosa debilitante causada pela bactéria Corynebacterium pseudotuberculosis. É caracterizada pelo desenvolvimento de granulomas encapsulados em linfonodos e órgãos, levando a perdas econômicas significativas na caprinovinocultura. O tratamento clínico da LC é geralmente refratário à terapia antibiótica devido ao encapsulamento dos granulomas. A a própolis tem sido objeto de estudos intensivos devido as suas propriedades biológicas e farmacológicas, tal como antibacterianas. Objetivou-se com o presente estudo avaliar a susceptibilidade de C. pseudotuberculosis perante extratos de própolis obtidas pelos métodos de extração supercrítica e etanólica. Foram utilizadas três cepas de C. pseudotuberculosis, a cepa padrão 1002, a cepa patogênica VD57 e a cepa viscerotrópica N1. Para o teste de susceptibilidade a antimicrobianos comerciais utilizou-se as metodologias de disco difusão e microdiluição em caldo. A metodologia da microdiluição em caldo foi utilizada para determinar a Concentração Inibitória Mínima (MIC) e a Concentração Bactericida Mínima (MBC) sobre C. pseudotuberculosis frente aos extratos supercríticos e etanólicos de própolis. Os resultados do teste de sensibilidade utilizando antibióticos comerciais indicaram uma elevada sensibilidade das cepas de C. pseudotuberculosis aos agentes antimicrobianos. O extrato etanólico de própolis verde apresentou a melhor atividade antimicrobiana contra C. pseudotuberculosis, cepa 1002. O extrato supercrítico de própolis vermelha apresentou a melhor atividade antimicrobiana contra C. pseudotuberculosis, cepa VD57. Observamos uma menor atividade antimicrobiana do extrato etanólico de própolis marrom frente as cepas testadas. Conclui-se que o extrato de própolis vermelha supercrítica e verde etanólica apresentaram as melhores atividades antimicrobiana contra as cepas de C. pseudotuberculosis, e podem ser consideradas como opção em futuros estudos sobre o tratamento e prevenção da LC.

extração supercrítica;produtos naturais;linfadenite caseosa;antimicrobianos
Caseous lymphadenitis (CLA) is an infectious-contagious debilitating disease caused by the bacterium Corynebacterium pseudotuberculosis. It is characterized by the development of encapsulated granulomes in lymph nodes and organs, and can cause significant economic losses in the goats and sheep breeding. The clinical treatment of CLA is normally inefficient, since the antibiotics are not able to penetrate the granulome´s capsules. Propolis have been extensively studied due its biological and pharmacological properties, especially the antibiotic potential. The present study had the objective to evaluate the susceptibility of C. pseudotuberculosis strains to ethanolic and supercritical extracts of propolis. Three bacterial strains were used, the standard 1002 strain, the viscerothropic N1 strain and the virulent VD57 strain. For the susceptibility to commercially available antibiotics, the disc diffusion and the broth microdilution methodologies were used. The methodology of broth microdilution was used to determine the Minimum Inhibitory Concentration (MIC) and the Minimum Bactericide Concentration (MBC) of the propolis extracts on the C. pseudotuberculosis strains. The results of the assays using commercial antibiotics showed a high susceptibility for several compounds. The red propolis supercritical extract presented the best activity on the VD57 strain, while the green ethanolic extract had the best action on the 1002 strain. The brow propolis ethanolic extract showed to be the less effective extract. It can be concluded that the red propolis supercritical extract and the green propolis ethanolic extract have the best antimicrobial activity on C. pseudotuberculosis, and can be considered as potential compounds in future in vivo studies on the treatment and prevention of CLA.
antimicrobial compounds;caseous lymphadenitis;natural products;supercritical extraction
01
78
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
PRODUTOS E PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS
Avaliação da atividade de extratos etanólicos e supercríticos de própolis brasileiras sobre Corynebacterium pseudotuberculosis

Banca Examinadora

RICARDO WAGNER DIAS PORTELA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RICARDO WAGNER DIAS PORTELA Docente - PERMANENTE
BRUNA APARECIDA SOUZA MACHADO Participante Externo
MARCELO ANDRES UMSZA GUEZ Participante Externo
SAMIRA ABDALLAH HANNA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - CAPES 24

Vínculo

Bolsa de Fixação
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim