Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
Estudo morfológico do olho e anexos em macaco-prego (Sapajus sp.)
DANIELLE NASCIMENTO SILVA
DISSERTAÇÃO
08/03/2017

As pesquisas biomédicas do bulbo do olho em espécies símias e de laboratório têm sido modelos experimentais para o entendimento morfofuncional da visão e compreensão de doenças genéticas que podem afetar o olho humano. Baseados neste contexto, objetivou-se por meio deste estudo descrever a anatomia e histologia a partir da avaliação morfológica e morfométrica do bulbo do olho e seus anexos na espécie Sapajus sp. O presente estudo foi subdividido em duas etapas. Na primeira foi consignado um animal vivo para a avaliação por tomografia computadorizada da órbita, olho e seus anexos fez-se uma análise comparativa com uma das cabeças usadas no estudo anatomo-histológico, na segunda etapa valeu-se de três cabeças de macacos-prego para o estudo anatômico e histológico. Todo o objeto dessa pesquisa foi cedido pelo Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS/IBAMA – Salvador). A metodologia empregada para análise das cabeças foi a dissecação topográfica, seguida da exenteração do olho e anexos para descrição anatômica. Para a análise histológica, o material foi fixado em formol a 10% neutro, processado pela técnica rotineira de inclusão em parafina e corado pela hematoxilina e eosina e histoquímicas: azul de toluidina, tricrômico de masson, e hematoxilina férrica; a leitura foi realizada em microscópio óptico convencional. Todas as etapas foram documentadas com câmera fotográfica. A avaliação por tomografia computadorizada tanto do animal vivo quanto da cabeça formolizada não revelou diferenças na identificação das estruturas do sistema visual, como os ossos da órbita, os músculos extrínsecos do olho, córnea, esclera, a glândula lacrimal, esta avaliação foi um importante auxílio para a localização e dissecação adequada dessa estrutura. A avaliação anatômica e histológica da órbita, olhos e anexos revelou bastante similaridades e discretas diferenças entre o macaco-prego e o ser humano, como uma órbita de aspecto mais arredondado, ausência do forame supra-orbitário, incisura frontal, pouca exposição da esclera com leve pigmentação dessa área exposta e acentuada pigmentação na junção esclerocorneana em relação a do ser humano. A hematoxilina férrica destacou as estriações transversais dos músculos extrínsecos do olho e as bandas A e I. O tricrômico de masson evidenciou nas pálpebras as glândulas de Meibômio, na córnea o epitélio e a membrana de Bowman, na coroide os melanócitos e a membrana de Bruch, na retina os cones e bastonetes e no nervo óptico a lâmina crivosa dos feixes de fibras nervosas. O azul de toluidina destacou na córnea as membranas de Bowman e Descemet, e o endotélio, na coroide os melanócitos e na retina as camadas nucleares e o epitélio pigmentar retinal. A espécie Sapajus sp. mostrou-se um importante modelo experimental para as pesquisas na área de oftalmologia devido à alta similaridade das suas estruturas anatômicas e histológicas com a espécie humana.

Anatomo-histologia;bulbo ocular;Sapajus spp;imagem tomográfica;modelo experimental
Biomedical research of ocular bulb using simian and laboratory animal species has been considered as experimental models for morphofunctional understanding and comprehension of genetic disorders that affect human eye. This study aimed to describe anatomy and histology of eye bulb and its adnexes by morphologic and morphometric evaluation on Sapajus sp. Present study was subdivided in two parts. First, computed tomography was used to evaluate eyes, orbit and annexes of an alive animal. Then, a comparative analysis was made using a sample from necropsy. After, three capuchin monkeys were used for anatomo-histological study. All animals were gived up by Screening Center for Wild Animals (CETAS/IBAMA – Salvador). Methodology used for analysis was topographic dissection, followed by eyes exenteration for anatomical description. Histological fragments fixated in buffered formalin 10% were stained with hematoxylin-eosin, toluidine blue, Masson’s trichrome, Alcian Blue and ferric hematoxylin, and examined using a light microscope. All steps were recorded by photrographic camera. CT evaluation showed no differences between living animal and fixated head on identification of visual system structures, as orbit bones, extrinsic eye muscles, cornea, sclera and lacrima gland. This technique contributed for localizing structures, allowing adequate dissecation. Anatomical and histological evaluation showed several similarities and slight differences between capuchin monkey and human, as more rounded orbit, absense of supraorbital foramen, frontal notch, little pigmented sclera exposed and marked pigmentation of sclerocorneal junction in relation to human. Ferric hematoxylin highlighted transversal striations from extrinsic eye muscles, as well as A and I bands. Masson’s trichrome evidenced meibomian glands at eyelid, corneal epithelium and Bowman’s membrane, melanocytes and Brunch’s membrane at choroid, retinal rods and cones and, in optic nerve, lamina cribosa of nerve fibers. Toluidine blue staining highlighted Bowman’s and Descemet membranes and endothelium on cornea, melanocytes on choroide, nuclear layers of retina and retinal pigmented epithelium. Sapajus sp is an important experimental model for research on ophtalmology, because of great similarities on anatomical and histological structures in relation to human.
Anatomy;histology,;eyeball;Sapajus spp;tomographic images;experimental model
01
115
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
PATOLOGIA, CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA
CARACTERIZAÇÃO ANATÔMICA E HISTOLÓGICA DAS PRINCIPAIS PATOLOGIAS DO OLHO E ANEXOS DE AVES SILVESTRES

Banca Examinadora

ALESSANDRA ESTRELA DA SILVA LIMA
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
TIAGO DA CUNHA PEIXOTO Docente - PERMANENTE
DEUSDETE CONCEICAO GOMES JUNIOR Participante Externo
ARIANNE PONTES ORIA Docente - PERMANENTE
ANA ELISA FERNANDES DE SOUZA ALMEIDA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Auxílio Financeiro 24

Vínculo

Bolsa de Fixação
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim