Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
LETRAS (23002018004P7)
A construção discursiva do sujeito docente: discurso, poder e modos de subjetivação na contemporaneidade
JAISNA ARAUJO DA COSTA OLIVEIRA
DISSERTAÇÃO
12/07/2016

Esta dissertação objetiva investigar, a partir do último dos grandes eixos de pesquisa empreendidos por Michel Foucault – os processos de subjetivação, os modos pelos quais os sujeitos docentes tornam-se sujeitos da sua prática e os modos que os levam a certa compreensão de si. Para entender tais processos, buscamos as bases teórica metodológicas da Análise do Discurso de orientação francesa, doravante AD, calcada sob o pensamento do filósofo Michel Foucault, o qual procura saber quais são os efeitos de subjetivação a partir da própria existência de discursos que pretendem dizer uma verdade para o sujeito. O trajeto temático desta pesquisa está estrruturado de forma a trazer um arquivo que comporta os acontecimentos constituintes da subjetividade docente, compreendidos em um espaço de tempo - de 1990 à atualidade, período em que os docentes passam por grandes modificações estruturais, que os levam a uma nova maneira de agir e pensar a docência. Assim, o arquivo é formado por enunciados que se materializam em diferentes gêneros discursivos, os quais se configuram como lugares onde a voz dos professores se protagoniza, revelando o sujeito docente que são e o papel que ocupa na sociedade. Nesse sentido, entendemos que a pesquisa se faz relevante pelo fato de trazer por meio da hermenêutica do sujeito e da arquegenealogia foucaultiana questões sobre a subjetividade docente, oferecendo uma visão diversificada da docência sob a ótica dos profissionais da educação. A partir do método analítico da AD, analisamos os modos de subjetivação docente na atualidade. A análise evidenciou que tais sujeitos são produzidos como docentes atravessados por discursos que circulam no social e que são engendrados pelo saber-poder, mas que também resistem a tais discursos, desenvolvendo outras formas de ser e se ver como docentes, o que se dá no exercício da prática docente e na atuação política, por onde inscrevem outras formas de experimentarem e se constituírem como docentes.

Discurso;Poder;Enunciado;Docência;Modos de subjetivação.
This dissertation aims to investigate from the last of the major axes of research undertaken by Michel Foucault - subjectivation processes, the ways in which the teachers become subjects of their practice and the paths that lead them to self-understanding. For this, we seek the theoretical and methodological bases of the Discuss Analysis from French orientation, hereinafter called DA, based on the thought of the philosopher Michel Foucault, which investigated the effects of subjectivity from the existence of discourses that seek to tell a truth to the subject. The methodology of this research is structured to bring a file that contains the events of the teacher subjectivity, between a time space - from the 1990s to the present, a period where the teachers have undergone major structural changes, which led them to a new way of acting and thinking the teaching practice. The file consists of statements that manifests itself in different discursive genders, which are configured as places where the teachers voice is materialized, revealing its actuation and role in society. In this sense, we believe that the research is relevant because to bring through the hermeneutics of the subject and Foucault's archeogenealogy the questions about the teacher subjectivity, offering a diverse view of teaching from the education professionals point of view. From the AD's analytical method, we analyzed the modes of subjectivation of the teaching today. The analysis showed that these subjects are constituted by discourses that circulate in the social sphere and are engendered by the knowledge-power, but they are also resists to such discourses, developing other ways of being and seeing themselves as teachers, which takes place in the course of teaching practice and political action, where they learn other ways to experiment and constitute themselves as teachers.
Discourse;Power;Statement;Teaching;Subjectivation modes.
Único
108
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS DO DISCURSO E DO TEXTO
DISCURSO, MEMÓRIA E IDENTIDADE
Relações de poder e processos de subjetivação nos textos midiáticos: 2ª fase

Banca Examinadora

FRANCISCO PAULO DA SILVA
Não
Nome Categoria
MANOEL FREIRE RODRIGUES Docente
MARIA APARECIDA DA COSTA Docente
ADY CANARIO DE SOUZA ESTEVAO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não