Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ARTES CÊNICAS (28001010035P0)
Pra ver pouquinho:(Re) considerações sobre o olhar e o universo da iluminação cênica
MARIANA TERRA MOREIRA
DISSERTAÇÃO
14/05/2013

Esta dissertação destina-se ao lançamento de pressupostos que pretendem provocar revisões do campo da iluminação cênica enquanto área artística de saberes especializados, os quais têm sua fundamentação em conhecimentos técnicos do mundo conjugados à experiência integral do corpo vivido (soma). O objetivo é propor ligações intencionais do sujeito observador à sua própria percepção visual, no sentido de acessar estados criativos de olhar. No âmbito desta pesquisa, entende-se que tanto o profissional da iluminação cênica quanto pessoas não especializadas da área são realizadores e co-criadores da aparência visual do que está em seu campo de visão e, portanto, iluminadores de seu próprio olhar. Abrem-se, com isso, as comportas das convencionais burilações do status de artista e espectador, obra de arte e cotidiano. Por uma abordagem somático-performativa de experiência artística e também de construção estrutural da escrita, considera-se a integração interno-externo da percepção visual como aquilo que estabelece outros parâmetros para compreender a iluminação cênica a partir de princípios que reorganizam seus saberes fundamentais: a luz, o olhar e o aspecto visível das coisas do mundo. O campo passa a ser entendido como uma multiplicidade variada e infinita de possibilidades artístico-criativas, não mais se limitando exclusivamente a suprir necessidades plástico-visuais de espetáculos cênicos. O texto é uma narração autobiográfica em que relato os percursos, crises, desvios e descobertas que levaram a tais afirmações; tratase, portanto, de uma obra em processo contínuo. Ferramentas metodológicas de imagens somático-performativas auxiliam na articulação e movimentação vívida das ideias dispostas. Este é um trabalho multirreferencial de autores, conceitos e obras artísticas. Os principais conceitos que apoiam as discussões são: performatividade, imagem somático-performativa, observador e espectador emancipado. Outros conceitos ainda aparecem como pilares de temas específicos, como é o caso de co-evolução entre luz e cena e olho variável. Os autores que fundamentam o trabalho para falar de iluminação cênica são Roberto Camargo e Richard Palmer. Para dar consistência às proposições lançadas auxiliam-me Ciane Fernandes, Richard Schechner, Eve Sedgwick, Andrew Parker, Jacques Rancière, Jonathan Crary, Jacques Aumont, Alva Nöe, Vilém Flusser e Italo Calvino, dentre outros que aparecem pulverizados ao longo da travessia.

iluminação cênica, observador-criador de iluminação, estado perceptivo de olhar, performatividade, pesquisa somático-performativa.
This dissertation is intended to launch assumptions that pretend to provoke revisions of the field of stage lighting as an artistic specialized area that has its foundation in expertise about the technical knowledge of the world combined to fully experience of the living body (soma). The goal is to propose the observer's intentional connections to their own visual perception, been able to access states of creative look. Within this research it is understood that both the professional stage lighting artist and the inexperienced people in this specific area are achievers and co-creators of the visual appearance of what is in their field of vision, and therefore the lighting doers of their own look. From that the floodgates of convencional rummage through status of artist and spectator, artwork and everyday life get opened. By a somatic-performative approach to artistic experience and also structural construction of writing, the integration of the internal-external visual perception are considered the settings for other parameters to understand the stage lighting from principles that reorganize their fundamental knowledgement: light, the look and appearance of visible things of the world. The field becames understood as multiple variations and infinite possibilities of artistic creations, no longer limited solely to meet the plastic-visual needs of scenic spectacles. The text is an autobiographical narration of the routes, crises, detours and discoveries that led to such claims, so it is a work in continual process. Methodological tools of somatic-perforative images helps the articulation and vivid movement of the arranged ideas. This is a work of multi-referential authors, concepts and artworks. The main concepts that support the discussions are: performativity, somatic-performative image, observer and emancipated spectator. Other concepts also appear as pillars of specific topics, such as co-evolution between light and live scene and the variable eye. The authors that give the foundation to speak about stage lighting are Roberto Camargo and Richard Palmer. To give consistency to the propositions presented the ones that help me are Ciane Fernandes, Richard Schechner, Eve Sedgwick, Andrew Parker, Jacques Rancière, Jonathan Crary, Jacques Aumont, Alva Noë, Vilém Flusser and Italo Calvino, and yet some others that appear sprayed over the crossing.
scenic lighting, creative observer of lighting, perceptual state of looking, performativity, somatic-performative research.
1
202
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Contexto

ARTES CÊNICAS
ABORDAGENS SOMÁTICA, PERFORMANCE E NOVAS MÍDIAS
CORPO, RITMO, IMAGEM: A CRIAÇÃO CORE-VIDEOGRÁFICA TRANSCULTURAL

Banca Examinadora

CIANE FERNANDES
Sim
Nome Categoria
RICARDO BARRETO BIRIBA Participante Externo
ROBERTO ABDELNUR CAMARGO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Excelência Acadêmica 22

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Sim