Governo Federal

Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
ARTES CÊNICAS (28001010035P0)
Intermedialogias: uma cartografia poética sobre o Grupo de Interferência Ambiental - GIA
MORGANA BARBOSA GOMES
DISSERTAÇÃO
27/03/2013

Trata-se de uma pesquisa sobre o Grupo de Interferência Ambiental-GIA, na qual adotou-se uma perspectiva poético-conceitual fundamental pela “ecosofia” de Felix Guattari, entre outras influências. Fez-se uma leitura das interferências do GIA como poética micropolítica na arte contemporânea, a partir de um método prático-teórico, no qual foi realizada uma imersão da pesquisadora junto ao grupo, nos anos 2011 e 2012, em Salvador e Cachoeira-BA. Foram selecionadas interferências que aconteceram nesse espaço-tempo, a saber: Samba GIA, Cerveja GIA, Caramujo, Quartel General, Carrinho, Pic Nic, Judas, Cabine DR e Flutuador, bem como o bloco de carnaval De Hoje a Oito e a Feira de Artes, Maravilhas e Esquisitices. O corpus teórico da pesquisa, produzido a partir da articulação de referências na arte e na filosofia contemporâneas, enfatizou questões estético-políticas trazidas no encontro sujeito-objeto, bem como questões metodológicas e epistemológicas que determinam o caráter poético-conceitual da cartografia como método e forma de pesquisa, inspirado em Suely Rolnik. São trazidas as proposições de alguns artistas de vanguarda brasileira, como a Interferência Ambienta, de Hélio Oiticica, bem como as poéticas de Lygia Clarck e Cildo Meireles. Essas referências estão articuladas com a “estética relacional” como teoria da forma, de Nicolas Bourriaud, e com a estética como forma de socialidade sugerida por Michel Maffesoli e Michel de Certeau. São utilizados os conceitos de “heterotopia”, de Michel Foucault e de “rizoma” e alguns dos seus princípios derivados, como a “heterogeneidade” e a “multiplicidade”, de Gilles Delezeu & Guattari. A multiplicidade é trazida, também, por ítalo Calvino como uma das propostas para o nosso milênio. Nesta cartografia poética, propõe-se, ainda, uma epistemologia da arte, na qual a performance é a expressão artística da “complexidade”, conceito apropriado do pensamento de Edgar Morin, revelado em linguagens múltiplas e em estudos que pressupõem uma escrita performativa. Esta cartografia constitui-se em uma leitura crítico-criativa da passagem poética pelo GIA, revelando uma performance de resistência à capitalização da arte e das relações sociais, pela mídia e pelo mercado cultural, podendo trazer contribuições relevantes para o desenvolvimento dos Estados da Performance, no âmbito local-global das Artes Cênicas.

Artes Cênicas, Performance, Interferência Ambiental, Estética Relacional, Poética Micropolítica
This is a survey of the Grupo de Interferência Ambiental - GIA, in which we adopted a perspective grounded by poetic-conceptual “ecosophy” Felix Guattari, among other influences. There was a reading of the interference of the GIA as micro poetic in contemporary art, from a practical-theoretical, which was held immersion of the researcher with the group, in the years 2011 and 2012, in Salvador, Bahia and Cachoeira. Samba GIA, Cerveja GIA, Caramujo, Quartel General, Carrinho, Pic Nic, Judas, Cabine DR e Flutuador, bem como o bloco de carnaval De Hoje a Oito e a Feira de Artes, Maravilhas e Esquisitices. The theoretical base of the research produced through the articulation of references in art and contemporary philosophy emphasized aesthetic-political issues that brought against the subject-object, as well as methodological and epistemological issues that determine the character of the poetic and conceptual mapping as method and form of research, inspired by Suely Rolnik. The theoretical propositions of some of the Brazilian avant-garde artists such as Interference Environmental, Hélio Oiticica and Lygia Clark poetics and Meireles. These references are articulated with “relational aesthetic” as gestalt theory, Nicolas Bourriaud, and aesthetics as a form of sociality Meffesoli suggested by Michel and Michel de Certeau. We use the concepts of “heterotopia”, Michel Foucault and “rhizome” and some of its principles derivatives such as “diversity” and “multiplicity” of Gilles Deleuze & Guattari. Multiplicity is brought also by Italo Calvino as one of the proposal for our millennium. In this poetic cartography, it is proposed also an epistemology of art, in which the performance is the artistic expression of the “complexity” of the appropriate concept Edgar Morin, revealed in multiple languages and studies that presuppose a performative writing. This mapping is in a critical and creative reading poetic passage by GIA, revealing a performance of resistance capitalization art and social relations, by the media and the cultural market, and can bring significant contributions to the development of Performance Studies at local-global context of Performing Arts.
Arts spectacle, Performance Art, Environmental Interference, Relational Aesthetics, Poetics micropolitics
1
119
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA

Contexto

ARTES CÊNICAS
POÉTICAS E PROCESSOS DA ENCENAÇÃO
IMAGEM, TEATRALIDADES E FORMAS ANIMADAS: INTERFACES POÉTICAS DE UMA DRAMATURGIA CONTINGENTE ---

Banca Examinadora

SONIA LUCIA RANGEL
Sim
Nome Categoria
DENISE MARIA BARRETO COUTINHO Docente
ALEX BEIGUI DE PAIVA CAVALCANTE Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Sim