Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
TECNOLOGIAS E ATENÇÃO À SAÚDE (33009015074P8)
OLHOS COM PRESSÃO INTRAOCULAR NORMAL E ESCAVAÇÃO SUSPEITA: DIFERENÇAS CLÍNICO-EPIDEMIOLÓGICAS ENTRE PACIENTES COM E SEM GLAUCOMA. Conclusão
MARINA COSTA CARVALHO DE SOUSA
DISSERTAÇÃO
27/11/2013

Objetivo: Em olhos com aparência suspeita do disco óptico (disco óptico com escavação grande) e pressão intra-ocular (PIO) normal, investigamos as possíveis diferenças nas características clínicas e epidemiológicas para diferenciar aqueles com e sem glaucoma [escavação grande fisiológica do disco óptico (EGF) ]. Métodos: Foram selecionados consecutivamente indivíduos com EGF e pacientes com glaucoma (glaucoma de pressão normal). Todos os olhos tinham aparência suspeita do disco óptico [razão escavação/disco no sentido vertical (REDV) &#8805; 0,6] e PIO não tratada <21 mmHg. Para olhos glaucomatosos, um defeito glaucomatoso de campo visual (CV) reprodutível era necessário. Olhos com EGF deveriam ter teste de CV normal e pelo menos 2 anos de seguimento, sem evidência de neuropatia glaucomatosa progressiva (com base em estereofotografias). As seguintes características demográficas e oculares foram coletadas e comparadas entre os grupos (glaucoma vs EGF): idade, sexo, raça, espessura corneana central (ECC), erro refrativo e características do disco óptico (REDV e área de disco). Resultados: Um total de 84 olhos com EGF (84 indivíduos) e 40 olhos glaucomatosos (40 pacientes) foram incluídos. Pacientes glaucomatosos eram significativamente mais velhos (57,1 ± 13,9 vs 46,5 ± 15,3 anos) e com uma maior prevalência de descendentes asiáticos (35% vs 8%, p <0,01). Olhos com EGF tiveram REDV menor em comparação com olhos glaucomatosos (média de 0,64 vs 0,72, p <0,01), mas também os tamanhos do disco óptico maiores (mediana de 2,47 vs 2,16 mm2, p = 0,04). De fato, 90% dos indivíduos com EGF apresentou REDV máxima de 0,75. Não foram encontradas diferenças significativas de gênero, equivalente esférico e ECC entre os grupos (p &#8805; 0,38). A análise multivariada com regressão logística revelou odds ratio significativo para raça (O.R. = 2,56, p = 0,03, para ascendência asiática), idade (O.R. = 1,05 p = 0,04, para cada ano), REDV (O.R. = 5,03, p <0,01, para cada 0,1 em REDV) e tamanho do disco (O.R. = 0,04, p <0,01; para cada 1mm2). Conclusões: Em pacientes com aparência suspeita do disco óptico e PIO normal, aqueles com idade mais avançada, ascendência asiática, discos ópticos menores e REDV maiores são mais propensos a ter glaucoma e não apenas uma escavação grande fisiológica e, portanto, merecem investigação mais profunda e um acompanhamento mais próximo.

suspeito de glaucoma, pressão intra-ocular; escavação do disco óptico.
-
-
1
26
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TÉCNOLOGIA EM SAÚDE
TECNOLOGIAS DIAGNÓSTICAS E TERAPÊUTICAS
SAUDE OCULAR

Banca Examinadora

AUGUSTO PARANHOS JUNIOR
Sim
Nome Categoria
MAURO TOLEDO LEITE Participante Externo
MARCELO PALIS VENTURA Participante Externo
SERGIO HENRIQUE TEIXEIRA Participante Externo

Vínculo

CLT
Outros
Outros
Não

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.