Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Ciência Cirúrgica Interdisciplinar (33009015009P1)
Avaliação do Enxerto de Membrana Amniótica em Queimaduras Químicas Oculares Agudas em Coelhos Fixadas Adesivo de Fibrina Ou Sutura
NILSON DIDONI
DISSERTAÇÃO
30/01/2013

Objetivos: Avaliar aspectos macro e microscópico da queimadura química alcalina ocular em coelhos, utilizando o enxerto de membrana amniótica (MA), fixado com adesivo de fibrina ou sutura, mantendo a face epitelial superiormente ou inferiormente. Métodos: Quarenta e cinco coelhos de linhagem Nova Zelândia foram submetidos à anestesia, os animais foram distribuídos randomicamente em cinco grupos, sendo que em nove animais foi realizada a queimadura padronizada; nove animais com queimadura padronizada e MA fixada com adesivo de fibrina, mantendo a face epitelial superiormente; nove animais com queimadura padronizada e MA fixada com adesivo de fibrina mantendo a face epitelial anterior; nove animais com queimadura padronizada e MA fixada com sutura de poliglactina mantendo a face epitelial posterior; e nove animais com queimadura padronizada e MA fixada com sutura de poliglactina, mantendo a face epitelial posteriormente. Foi realizada a avaliação macroscópica e histológica de todos os grupos. Os testes estatísticos, segundo a natureza das variáveis, consideram a significância estatística de p<0.05. Resultados: A análise macroscópica no critério aderência não mostrou diferença significativa, no posicionamento e vascularização e aparência clínica houve discreta vantagem do adesivo, porém sem significância estatística. Na análise histológica nos critérios epitélio, estroma, membrana de Descemet, endotélio, vasos, fibrose, células caliciformes, granulomas, membrana retro corneana, não houve diferenças significantes, inflamação e ceratocitos houve diferenças, porém não significantes. Conclusões: O enxerto de membrana amniótica em queimaduras químicas oculares mostrou discretos resultados mais favoráveis com o uso de adesivo de fibrina, comparado à sutura. Quanto ao uso da membrana amniótica com face epitelial anterior ou posteriormente não houve diferenças significantes.

1. Queimaduras oculares; 2. Membrana amniótica; 3. Cola de fibrina; 4. Adesivo cirúrgico; 5. Enxerto
Objective: To evaluate the macro and microscopic alkaline ocular chemical burn in rabbits, using amniotic membrane graft (MA), fixed with fibrin glue or sutures, maintaining epithelial layer superiorly or inferiorly face. Methods: Forty-five New Zealand rabbits lineage underwent anesthesia, the animals were randomized into five groups, with nine rabbits were burning standardized; nine animals with burn standardized and MA fixed with fibrin adhesive, keeping the face epithelial superiorly; nine animals with burn standardized and MA fixed with fibrin glue keeping the epithelial face inferiorly; nine animals with burn standardized and MA fixed with suture polyglactin maintaining epithelial face superiorly; and nine animals with burn standardized and MA fixed with polyglactin suture, keeping the face epithelial inferiorly. In the 30th day there was a performed macroscopically and histological evaluation. Statistical tests, depending on the nature of the variables, consider the statistical significance of p <0.05. Results: The analysis criterion in macroscopic adhesion showed no significant difference in the positioning and vascularization, but clinical appearance there was a slight advantage of the adhesive, but without statistical significance. The histological criteria in the epithelium, stroma, Descemet's membrane, endothelium, vessels, fibrosis, goblet cells, granulomas, retro corneal membrane, there were no significant differences, on the order hand inflammation and keratocyte there were differences, but not significant. Conclusions: The amniotic membrane graft in ocular chemical burns showed slight favorable results with the use of fibrin adhesive, as compared to suturing. Regarding the use of amniotic membrane epithelial superiorly or inferiorly face there was no significant differences.
1 Eye burns; 2 amniotic membrane; 3 Fibrin glue; 4 Surgical Adhesive; 5 Graft
1
60
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EFEITOS DECORRENTES DE PROCED. BIOLÓGICOS EXPERIMENTAIS
ALTERAÇÕES FUNCIONAIS E HISTOPATOLÓGICAS PÓS-OPERATÓRIAS
ESTUDO DO ENXERTO DE MEMBRANA AMNIÓTICA EM QUEIMADURAS QUÍMICAS OCULARES, UTILIZANDO ADESIVO DE FIBRINA OU SUTURA EM COELHOS.

Banca Examinadora

DJALMA JOSE FAGUNDES
Sim
Nome Categoria
FERNANDO PASSOS DA ROCHA Participante Externo
MURCHED OMAR TAHA Docente
PAULO ROBERTO BERTOLETTO Participante Externo
HENRI CHAPLIN RIVOIRE Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 12

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim