Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
Lesões do sistema reprodutor de ovelhas deslanadas provenientes de abatedouros frigoríficos do estado da Bahia
REANNE MORAES MEIRA DA SILVA
TESE
14/02/2020

SILVA, R. M. M. Lesões do sistema reprodutor de ovelhas deslanadas em abatedouros frigoríficos no estado da Bahia. Salvador. 2020. 62p. Tese (Doutor em Ciência Animal nos Trópicos) – Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia – Universidade Federal da Bahia, 2020. O objetivo do presente trabalho foi avaliação e diagnóstico de alterações do sistema reprodutor de ovelhas abatidas em abatedouros frigoríficos no estado da Bahia. A pesquisa foi realizada em abatedouros frigoríficos do estado da Bahia com Serviços de Inspeção Federal e Estadual no abate de ovinos. No período de julho de 2018 a fevereiro de 2019 foram realizadas visitas e acompanhamento do abate de 1.072 ovelhas. Os animais eram provenientes de 22 municípios do estado da Bahia, com idade entre 6 a 18 meses. Durante o abate, na evisceração foram seccionados os sistemas reprodutores das ovelhas para avaliação e coleta das lesões. Adicionalmente foram obtidos inquéritos epidemiológicos relacionados à procedência, idade e raça. Para o exame bacteriológico, as coletas foram realizadas com lâminas de bisturi estéreis e swabs em tubos estéries com meio Stuart e refrigeradas em caixa térmica. Para análise histopatológica, os fragmentos foram fixados em formol a 10% e processados de forma rotineira para histologia e corados pela hematoxilina e eosina (HE). Entre 1.072 sistemas genitais avaliados, identificou-se 211 alterações. Os órgãos do sistema reprodutor mais acometidos foram os ovários (65,7%), útero (29,5%) e tubas uterinas (5,2%). Nos ovários, a lesão mais frequente foi o cisto folicular (34,2); no útero a endometrite (9%) e nas tubas uterinas, os cistos representaram (3,3%). Outras lesões identificadas nos ovários foram: cisto luteinizado (1,9%); tumor de células da granulosa (0,4%); adenoma (0,4%); agenesia unilateral (0,4%), além de outras alterações de pouco significado clínico, como cistos paraováricos (15,7%) e corpo lúteo cístico (12,3%). Nas tubas uterinas observou-se, além dos cistos tubo-ováricos (3,3%), hidrossalpinge (0,8%), adenoma (0,4%) e agenesia (0,4). As lesões uterinas foram endometrite (9%), hidrometra (2,3%); hiperplasia endometrial cística, abscesso e piometra, apresentaram cada 1,4%; encontrou-se adenomiose, petéquias na serosa do útero e aplasia segmentar foram identificadas em 0,8%; dois úteros gravídicos, em início de gestação, apresentaram piometra (0,8%), porém os fetos não apresentaram alterações; e pólipo uterino (0,4%). Observou-se uma gestação ectópica com maceração fetal (0,4%); a vaginite ocorreu em 0,4%, e melanose endometrial em 8,5%. Destaca-se a elevada incidência de cistos foliculares e endometrite que são doenças que reduzem a eficiência reprodutiva dos rebanhos, provocando infertilidade e perdas econômicas na produção.

cistos foliculares;endometrite;ovários;ovinocultura;patologia
SILVA, R. M. M. Injuries of the flocked sheep reproductive system in slaughterhouses in the state of Bahia. Salvador. 2020. 62p. Tese (Doutor em Ciência Animal nos Trópicos) – Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia – Universidade Federal da Bahia, 2020. The objective of the present study was to evaluate and diagnose pathologies of the reproductive system of sheep slaughtered in slaughterhouses in the state of Bahia, since there are few data on the subject and the importance of diagnosing these diseases to apply control and prophylaxis measures. The research was carried out in slaughterhouses in the state of Bahia with Federal and State Inspection Services for sheep slaughter. From July 2018 to February 2019, visits and monitoring of the slaughter of 1,072 sheep were carried out. The animals came from 22 municipalities in the state of Bahia, aged 6 to 18 months. During slaughter, the sheep reproductive systems were sectioned for evisceration and lesion collection. Additionally, epidemiological surveys related to origin, age and race were obtained. For bacteriological examination, collections were performed with sterile scalpel slides and swabs in Stuart medium sterile tubes and refrigerated in a thermal box. For histopathological analysis, fragments were fixed in 10% formaldehyde and routinely processed for histology and stained with hematoxylin and eosin (HE). A study of the main pathological changes of the sheep reproductive system in slaughterhouses in the state of Bahia was carried out, 1.072 genital systems evaluated and 211 alterations identified. The organs most affected reproductive system were the ovaries (65.7%), follower buy uters (29.5%) and a fallopian tubes (5.2%). In the ovaries, the most frequent lesion was follicular cyst (34.2%); in the fallopian tubes, the cysts represented 3.3% and in the womb endometritis was observed 9%. Other pathologies identified in the ovaries were: luteinized cyst (1.9%); granulosa cellules tumour (0.4%); It is a benign lesion (0.4%); agenesis unilateral (0.4%), in addition to other changes of little clinical significance, such as cystic corpus luteum (12.3%) and paraovarian cysts (15.7%). In the fallopian tubes, hydrosalpinx was observed (0.8%), adenoma (0.4%), agenesis (0.4%), beyond the tube ovarians cysts (3.3%). Uterine lesions were hydrometra (2.3%); cystic endometrial hyperplasia, abscess and pyometra each had 1.4%; adenomyosis, womb sera petechiae and total segmental aplasia were identified each in 0.8%; two pregnant uteri, in early pregnancy, presented pyometra (0.8%), but the fetuses did not change; and uterine polyp (0.4%). An ectopic pregnancy with fetal maceration (0.4%) was observed; vaginitis occurred in 0.4%, and endometrial melanosis in 8.5%. The high incidence of follicular cysts and endometritis are diseases that reduce the reproductive efficiency of the herds, causing infertility and economic losses in production.
endometritis;follicular cysts;ovaries;pathology;sheep culture
S/N
63
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
PATOLOGIA, CLÍNICA E CIRURGIA VETERINÁRIA
-

Banca Examinadora

PEDRO MIGUEL OCAMPOS PEDROSO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANA KARINA DA SILVA CAVALCANTE Participante Externo
PAULA VELOZO LEAL Participante Externo
TIAGO DA CUNHA PEIXOTO Docente - COLABORADOR
ROBSON BAHIA CERQUEIRA Participante Externo
PEDRO MIGUEL OCAMPOS PEDROSO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - CAPES 41

Vínculo

Bolsa de Fixação
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não