Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA (33009015019P7)
DEFESA ANTIOXIDANTE DE CRIANÇAS E ADOLESCENTESCOM DERMATITE ATÓPICA
ROSEANI DA SILVA ANDRADE
TESE
16/12/2019

Introdução: A dermatite atópica (DA) é doença inflamatória cutânea crônica recidivante que, geralmente, tem início na primeira infância, podendo regredir de forma espontânea após a puberdade em alguns pacientes. O estresse oxidativo é um desbalanço entre a produção de espécies reativas e a defesa antioxidante; promove a inflamação tecidual pela regulação positiva de genes que codificam as citocinas inflamatórias. O estresse oxidativo pode ter papel na patogênese da DA, visto que as células inflamatórias liberam radicais livres quando ativadas. Objetivos: Comparar a defesa antioxidante de crianças e de adolescentes com DA com a de indivíduos saudáveis e verificar associação da defesa antioxidante com a gravidade da doença e com o estado nutricional. Métodos: Por meio de estudo transversal, prospectivo e observacional, foram avaliadas 48 crianças e adolescentes com DA e 25 controles quanto ao estado nutricional (ZIMC/I, ZE/I) e à análise bioquímica de vitaminas A, C, E e D, zinco (Zn), cobre (Cu), superóxido dismutase (SOD), catalase (CAT), glutationa peroxidase (GPx), proteína C reativa ultrassensível (PCRus), interleucina 33 (IL33) e perfil lipídico. Resultados: A média de idade dos grupos foi 10 anos; 11 (22,9%) indivíduos do grupo DA apresentaram obesidade, assim como maior escore ZIMC/I (p=0,04). Houve diferença significante entre as concentrações de zinco sérico para o grupo DA (98,3±21,4 vs 76,9±16,1; p < 0,001). As razões vitamina E/colesterol (p=0,018), vitamina E/triglicérides (p=0,010) e vitamina E/lipídios totais (p=0,013) foram significantemente menores no grupo com DA moderada/grave. À análise multivariada, as variáveis ZE/I (p=0,026) e Zn (p=0,003) foram significantes para o grupo DA que apresentou menor escore ZE/I e níveis maiores de Zn. Houve correlação negativa significante entre o Scoring Atopic Dermatitis (SCORAD) e as concentrações de vitamina E. Conclusão: Crianças e adolescentes com DA, na sua maioria moderada/grave, apresentam excesso de peso, adiposidade central, menor estatura e concentrações elevadas de zinco sérico. Houve correlação negativa das concentrações de vitamina E e D com a gravidade sugerindo um possível papel dessas vitaminas no tratamento de crianças e de adolescentes com DA.

Dermatite atópica;Estresse oxidativo;Crianças e adolescentes;Estado nutricional
Introduction: An atopic dermatitis (AD) is a recurrent chronic cutaneous inflammatory disease, usually starting in early childhood. It is possible to register a spontaneous form after puberty in some patients. Oxidative stress is an imbalance between reactive species production and antioxidant defense; promotes tissue inflammation by the positive application of genes coding as inflammatory cytokines. Oxidative stress may play a pathogenic role in AD, since inflammatory cells release free radicals when activated. Objectives: To compare the antioxidant defense of children and adolescents with AD with their symptoms and to verify the association of antioxidant defense with disease severity and nutritional status. Methods: Through a cross-sectional, prospective and observational study, evaluated 48 children and adolescents with AD and 25 controls on nutritional status (ZIMC / I, ZE / I) and biochemical analysis of substances A, C, E and D. , zinc (Zn), copper (Cu), superoxide dismutase (SOD), catalase (CAT), glutathione peroxidase (GPx), ultra-sensitive C-reactive protein (PCRus), interleukin 33 (IL33) and lipid profile. Results: the average age of the groups was 10 years; Eleven (22.9%) individuals in the AD group had obesity, as well as higher ZIMC / I score (p = 0.04). There was a significant difference between AD group users (98.3 ± 21.4 vs 76.9 ± 16.1; p <0.001). As ratios vitamin E / cholesterol (p = 0.018), vitamin E / triglycerides (p = 0.010) and vitamin E / total lipids (p = 0.013) were significantly lower in the group with moderate / severe AD. In the multivariate analysis, the variables ZE / I (p = 0.026) and Zn (p = 0.003) were significant for the AD group, which presented lower ZE / I score and higher Zn levels. There was a significant negative correlation between the Atopic Dermatitis (SCORAD) score and vitamin E samples. Conclusion: Children and adolescents with AD, mostly moderate / severe, overweight, overweight, central adiposity, shorter stature and lower amount of serum zinc. There was a negative correlation between vitamins E and D with gravity suggesting a possible role of these vitamins in the treatment of children and adolescents with AD.
Atopic dermatitis;Oxidative stress;Child and adolescents;Nutritional status
73
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PEDIATRIA E CIÊNCIAS APLICADAS À PEDIATRIA
FISIOLOGIA, EPIDEMIOLOGIA DAS AFECÇOES RESPIRATORIAS, ALERGICAS, IMUNOLOGICAS E INFLAMATORIAS
CARACTERIZAÇÃO DAS DOENÇAS ALÉRGICAS EM PEDIATRIA

Banca Examinadora

DIRCEU SOLE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
GUSTAVO FALBO WANDALSEN Docente - PERMANENTE
DIRCEU SOLE Docente - PERMANENTE
SONIA HIX Participante Externo
JOSE AUGUSTO GASPAROTTO SATTLER Participante Externo
NEUSA FALBO WANDALSEN Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não