Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
LETRAS (40002012012P8)
O PERCURSO DA VINGANÇA EM O MATADOR E MUNDO PERDIDO, DE PATRÍCIA MELO
RAFAEL MAGNO DE PAULA COSTA
DISSERTAÇÃO
28/04/2014

Este trabalho teve como objetivo analisar o percurso da vingança nos romances O Matador (1995) e Mundo perdido (2010), da escritora brasileira Patrícia Melo. Para tanto, utilizou-se do arcabouço teórico da Semiótica de linha francesa. Em alguns pontos, outros enfoques teóricos foram utilizados com o objetivo de trazer luz a determinados enfoques. Assim, Nietzsche foi um dos teóricos que, por tratar da vingança, mereceu uma análise especial por contribuir conceitualmente com o trabalho. Por conseguinte, a teoria desenvolvida foi utilizada para analisar o personagem Maiquél, que narra e protagoniza os romances. Primeiramente, buscou-se compreender a maneira como a vingança afeta esse personagem. Na sequência, o trabalho pretendeu esclarecer os estados de alma presentes no protagonista das obras, no sentido de esmiuçar esses estados para posteriormente depreender o papel da vingança. A análise das obras apontou para algumas características da vingança, como a quebra da fidúcia entre sujeitos. Isso fez com que Maiquél procurasse a reparação na vingança. Essa paixão apresenta, ainda, o aspecto durativo pelo fato de acompanhar o protagonista por um longo espaço de tempo, gerando a tensividade, ou seja, a maneira como o sujeito é afetado pelo estado de tensão a cada passo que se aproxima da realização do ato vingativo. Durante a análise, verificou-se como outras paixões surgiram associadas à vingança. Tal foi o caso principalmente da vergonha, que contribuiu decisivamente para que o protagonista buscasse a vingança. Foi influenciado pela vergonha que o protagonista procurou reparar sua imagem, comprometida pela traição das pessoas que lhe eram próximas, principalmente Érica, sua amante. Por meio desses dados, o trabalho mostrou como a identidade do protagonista é marcada pela vingança. Em última análise, os resultados foram utilizados para depreender a vingança como uma das características mais incisivas de Patrícia Melo, pelo menos no que concerne à obra Mundo perdido (2010), além de mostrar também uma estética literária comprometida em representar o percurso do sujeito vingativo.

Vingança. Semiótica. Paixões. Literatura. Patrícia Melo.
This work aimed to analyze the course of revenge in the novels O Matador (1995) and Mundo perdido (2010), by the Brazilian writer Patrícia Melo. In order to do so the theoretical framework of French Semiotics was used. At certain points, other theoretical approaches were used in order to clarify some specifics aspects of the research. Thus, Nietzsche was one of the theorists who, as he discusses revenge, received special consideration for contributing conceptually to this study. Therefore, the methodological approach was used to analyze Maiquél´s character, who narrates and takes the principal role in the novels. Firstly, we sought to understand how revenge affects this character. Further, the research aimed to clarify the protagonist´s states of mind in these novels, in order to analyze more deeply the role of revenge in the text. The analysis of the novels revealed some characteristics of revenge, such as the fiduciary disruption between subjects. This made Maiquél search for reparation in revenge. This passion also shows durative aspect since it follows the protagonist for a long time, producing tension, ie the way the subject is affected by stress whenever he is about to complete the vindictive act. During this analysis, it was explained how other passions emerged associated with revenge. That was what happened specifically with shame that contributed decisively for the protagonist to search for revenge. Compelled by shame, the protagonist tried to regain his image tarnished by the betrayal of those who were close to him, especially Erica, his mistress. By means of these data, this study showed how the identity of the protagonist is characterized by revenge. Finally, the results were used to infer revenge as one of the most incisive features in Patrícia Melo, at least in regard to Mundo perdido (2010), besides showing a literary aesthetics committed to representing the course of a vindictive subject.
Revenge. Semiotics. Passions. Literature. Patrícia Melo.
1
109
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ESTUDOS LITERÁRIOS
DIÁLOGOS CULTURAIS
REPRESENTAÇÕES DO PODER NA LITERATURA BRASILEIRA: DAS VOZES REFERIDAS ÀS REPRESENTADAS

Banca Examinadora

LUIZ CARLOS MIGLIOZZI FERREIRA DE MELLO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LUCIANA BRITO Docente - PERMANENTE
VERA LUCIA RODELLA ABRIATA Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não