Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( JABOTICABAL )
Ciências Veterinárias (33004102072P9)
INTERCÂMBIO DE PATÓGENOS ENTRE RÃ-TOURO (Lithobates catesbeianus) DE CRIADOUROS COMERCIAIS E ANFÍBIOS SILVESTRES
GABRIELA PALA
TESE
13/12/2019

Diversos fatores podem contribuir para o declínio de populações de anfíbios, como introdução de espécies invasoras e doenças infecciosas. A rã-touro foi introduzida no Brasil em 1930 para criação comercial, no entanto, além dos escapes dos centros de cultivo houve a soltura intencional pelos produtores quando a atividade era descontinuada. Nos centros de criação de rã-touro, ocorre a invasão de anfíbios silvestres em busca de alimento, água e abrigo. Assim, em ambas as situações a relação entre rãs de cultivo e anfíbios silvestres são estreitadas. Com isto, o objetivo geral deste estudo foi identificar os parasitas circulantes em rã-touro e em anfíbios silvestres, avaliando a relação parasita-hospedeiro. Girinos, imagos e adultos de rã-touro, assim como anfibios silvestres foram coletados de quatro ranários comerciais. As variáveis físicas e químicas da água dos locais de coleta foram mensuradas. Após a coleta, os animais foram eutanasiados, os órgãos foram analisados, e os parasitas foram contados e identificados utilizando-se técnicas taxonômicas e moleculares. Para o estudo da relação parasita-hospedeiro, foram feitas análises hematológicas e histopatológica em imagos e adultos, e análise histopatológica e do tegumento dos girinos pela microscopia eletrônica de varredura. Na análise estatística foram correlacionados o tamanho e peso dos hospedeiros com intensidade parasitária usando o coeficiente de correlação de Spearman. O teste de Kruskal-Wallis foi utilizado para comparar a intensidade parasitária dos animais nos diferentes locais amostrados. Foram identificadas seis espécies de tricodinídeos em girinos de rã-touro e em anfíbios silvestres. A análise taxonômica integrativa, baseada em morfologia e sequenciamento das regiões 18S rDNA e ITS, permitiram a identificação de quatro das espécies encontradas, sendo estas Trichodina hypsilepis, Trichodina heterodentata, Trichodina quadrata n. sp. e Trichodina brevidens n. sp. Observou-se que os tricodinídeos provocaram lesões significativas no tegumento dos girinos, principalmente a espécie Trichodina hypsilepis. Já os macroparasitas foram relatados somente em anfíbios silvestres pós-metamorfoseados e não houve o compartilhamento destes parasitas entre rã-touro de criadouro e anfíbios nativos. Larvas de dípteros Sarcophagidae foram encontradas somente na cavidade oral de rãs-touro de escape coletadas no R4.

Amphibia;Biodiversidade;Macroparasitoses;Relação Parasita-Hospedeiro;Tricodinídeos
Several factors may contribute to amphibian decline, such as the introduction of invasive species and infectious diseases. The bullfrog was introduced in Brazil in 1930 for commercial breeding, but there was an escape from the cultivation centers and the intentional release by producers when the activity was discontinued. Wild amphibians invade bullfrog farming in search of food, water, and shelter, thereby narrowing the relationship between them. Thus, the general objective of this study was to identify circulating parasites in bullfrogs and wild amphibians by assessing the parasite-host relationship. Tadpoles, imagos, and adult bullfrogs, as well as wild amphibians were collected from four bullfrog commercial breedings. Water quality analyses were analyzed by measuring the physical and chemical variables. After collection, the animals were euthanized, the organs analyzed, and the parasites were counted and identified by integrative taxonomic approach. To study the parasite-host relationship, haematological and histopathologcal analyzes were performed on imagos and adults. Fot the tadpoles, we performed histopathological and scanning electronic microscopic analyses. In the statistical analysis, host size and weight were correlated with parasitic intensity using the Spearman correlation coefficient and the Kruskal-Wallis test was used to compare parasitic intensity at different sampled sites. Six species of trichodinids were identified in bullfrog and wild tadpoles, two of which are the first reports in the world. Trichodinids caused significant damage to the tadpole tegument, mainly the species Trichodina hypsilepis. Macroparasites were reported only in post-metamorphosed wild amphibians and there was no sharing of these parasites between captive bullfrogs and native amphibians. Sarcophagidae larvae were found only in the oral cavity of escape bullfrogs collected in R4.
Amphibia;Biodiversity;Macroparasites;Parasite-Host Relationship;Trichodinids
01
146
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( JABOTICABAL )
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PATOLOGIA ANIMAL
RELAÇÃO PARASITO-HOSPEDEIRO
INFECÇÕES POR HELMINTOS EM ANIMAIS

Banca Examinadora

ESTEVAM GUILHERME LUX HOPPE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARCOS ROGERIO ANDRE Docente - PERMANENTE
FABIANA PILARSKI Participante Externo
RICARDO MASSATO TAKEMOTO Participante Externo
ESTEVAM GUILHERME LUX HOPPE Docente - PERMANENTE
GUSTAVO MORAES RAMOS VALLADAO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DE SAO PAULO - Bolsa de Doutorado 26
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - CAPES 6

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Empresas
Não