Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
CLÍNICA VETERINÁRIA (33002010150P1)
Percepção dos buiatras sobre o impacto do emprego de antibióticos em bovinos leiteiros no Estado de São Paulo
DEISIANE SOARES MURTA NOBRE
DISSERTAÇÃO
16/12/2019

O uso de antibióticos (ATB) em produção animal é alvo de preocupação de órgãos internacionais de saúde pública, dado o potencial risco de resistência bacteriana em animais e seres humanos que venham a consumir os produtos de origem animal. A pecuária leiteira utiliza quantidade significativa desses fármacos principalmente devido à prevenção e controle de mastites. Entender as práticas na prescrição e percepção de risco quanto à resistência bacteriana pode oferecer pontos de intervenção para o uso prudente dos ATB por parte dos veterinários na produção leiteira. O objetivo desse estudo foi mensurar os posicionamentos e atitudes de risco dos médicos veterinários atuantes na bovinocultura leiteira paulista quanto ao uso de antibióticos, bem como a visão do papel do veterinário de seu papel no combate à resistência bacteriana. Um questionário, com 30 perguntas, abordou os seguintes temas: perfil do buiatra; uso profilático de ATB; percepção quanto à restrição de venda; critérios para a escolha da antibioticoterapia; percepção de fatores de risco para o uso de ATB; ATB mais comuns na primeira escolha (ou: prescrição de antibióticos criticamente importantes para a saúde humana-ACI); percepção de custo benefício e eficácia; percepção de risco no uso de ATB; e visão sobre o produtor. Um link foi disponibilizado para acesso ao formulário on-line por instituições ligadas à classe veterinária, e enviados por e-mail para potenciais respondentes. Obteve-se 314 questionários válidos (p≤0,05). Quanto ao uso de ACI, as cefalosporinas de 3ª e 4ª geração são os ATB mais prescritos como primeira escolha no tratamento de mastites, e um 1/4 dos respondentes prescrevem quinolonas como primeira escolha no tratamento de pneumonias. Cerca de 74% dos veterinários entrevistados recomendam ATB para prevenção de mastites em vacas secas, dos quais 16% associam ATB sistêmico ao intramamário. A infusão intrauterina combinada com ATB sistêmico é o protocolo mais utilizado em doenças uterinas. Em doenças podais, predomina o uso de ATB locais. Cerca de 85% dos veterinários participantes é favorável à retenção mandatória de receituário para a venda desses fármacos. Dois terços percebem queda de eficácia desses medicamentos no dia-a-dia. Experiência pessoal e período de carência foram os critérios mais importantes na escolha de um ATB, e o tratamento da mastite depende principalmente da gravidade dos sintomas, fase da lactação e número de quartos afetados. Aproximadamente três quartos dos participantes acreditam que o risco de resistência para quem consome carne ou leite só existe se não for respeitado o período de carência. A percepção de risco de resíduos no ambiente se mostrou preditora da favorabilidade à retenção de receituário, e é predita pelo grau de atualização do buiatra. A idade é preditora negativa da percepção de risco de resistência no uso de ATB em doenças agudas. Pode-se observar, portanto, que algumas práticas dos buiatras paulistas podem representar pontos críticos no uso prudente de antibióticos, e que abordagens educativas precisam ser aprimoradas em tópicos específicos acerca do tema.

Veterinário. Antibioticoterapia. Uso prudente. Gado leiteiro. Saúde Única.
The use of antibiotics (ATB) in animal husbandry is a matter of concern for international public health agencies, given the potential risk of bacterial resistance in animals and humans who consume animal products. Dairy farming uses a significant amount of these drugs mainly due to the prevention and control of mastitis. Understanding prescribing practices and risk perception regarding bacterial resistance may provide intervention points for prudent use of ATB by dairy veterinarians. The aim of this study was to measure the positions and risk attitudes of veterinarians working in São Paulo dairy cattle farms regarding the use of antibiotics, as well as the veterinarian's role in fighting bacterial resistance. A questionnaire with 30 questions addressed the following themes: profile of the bovine practitioner; prophylactic use of ATB; perception regarding the restriction of sale; criteria for choosing antibiotic therapy; perception of risk factors for the use of ATB; ATB most common in first choice (or: critically important antimicrobials to human medicine (CIA) prescription); perception of cost benefit and effectiveness; risk perception in the use of ATB; and insight into the farmer. A link was made available for access to the online form by institutions linked to the veterinary class, and emailed to potential respondents. 314 valid questionnaires were obtained (p≤0.05). Regarding the use of CIA, 3rd and 4th generation cephalosporins are the most prescribed ATB as the first choice in the treatment of mastitis, and one quarter of respondents prescribe quinolones as the first choice in the treatment of pneumonia. About 74% of interviewed veterinarians recommend ATB for mastitis prevention in dry cows, of which 16% associate systemic ATB with intramammary. Intrauterine infusion combined with systemic ATB is the most commonly used protocol for uterine diseases. In foot diseases, the use of local ATB predominates. About 85% of participating veterinarians are in favor of mandatory prescription retention for the sale of these drugs. Two-thirds notice a drop in the effectiveness of these drugs. Personal experience and withdrawal period were the most important criteria in choosing an ATB, and the treatment of mastitis depends mainly on the severity of symptoms, lactation phase and number of affected quarters. Approximately three-quarters of respondents believe that the risk of resistance to those who consumes meat or milk only exists if the withdrawal period is not respected. The perception of risk of residues in the environment was a predictor of favorability to mandatory prescription for sale, and is predicted by the degree of professional qualification of the bovine practitioner. Age is a negative predictor of perceived risk of resistance to use of ATB in acute diseases. It can be observed, therefore, that some practices of São Paulo dairy veterinarians may represent critical points for the prudent use of ATB, and that educational approaches need to be refined in specific topics on the subject.
Veterinarian. Antibiotic therapy. Prudent use. Dairy cattle. One Health.
1
219
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

CLÍNICA VETERINÁRIA
-
Saúde Única: integração entre saúde humana, saúde animal e ambiental

Banca Examinadora

ALICE MARIA MELVILLE PAIVA DELLA LIBERA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ALICE MARIA MELVILLE PAIVA DELLA LIBERA Docente - PERMANENTE
SEBASTIAO PEREIRA DE FARIA JUNIOR Participante Externo
RINALDO BATISTA VIANA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 19

Vínculo

-
-
-
Sim