Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA (42002010158P1)
EDUCAÇÃO POSTURAL: UM ESTUDO DE SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A SAÚDE DO TRABALHADOR-ESTUDANTE DO PROEJA
OLGA ETELVINA DA COSTA ROHDE
DISSERTAÇÃO
17/06/2019

A presente pesquisa insere-se na linha de Políticas e Gestão em Educação Profissional e Tecnológica e foi realizada junto ao Grupo Transformação – Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Trabalho Pedagógico na Educação Profissional, realizando um estudo das contribuições da educação postural para o bem-estar do trabalhador-estudante, com o foco de construir a relação intrínseca entre trabalho, saúde e educação. O exercício de busca de saúde na escola e no trabalho pode ser estratégia de enfrentamento para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores-estudantes. Neste contexto, teve-se como objetivo geral relacionar educação postural com o aspecto do bem-estar profissional e social dos trabalhadores-estudantes, procurando responder a seguinte problematização: Quais as contribuições de uma educação postural na formação profissional do trabalhador-estudante do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA) do Colégio Técnico Industrial de Santa Maria (CTISM)? Utilizou-se de uma metodologia de pesquisa-ação, com base em um programa postural educativo, de acordo com a temática educação postural para os trabalhadores-estudantes do PROEJA do CTISM. A pesquisa ação teve as seguintes fases: diagnóstico, ação, avaliação e reflexão e foram utilizados como instrumentos de produção de dados o questionário de Qualidade de Vida Short-Form Health Survey (SF-36), Instrumento de Avaliação da Postura Corporal e Dor nas Costas (BackPEI), diário de campo, entrevista intensiva com professor-gestor, grupo focal e de interlocução com os trabalhadores-estudantes. A partir do processo vivenciado verificou-se que nos trabalhadores-estudantes do PROEJA/CTISM é prevalente a dor nas costas (70,6%), pelo menos uma vez por semana (66,7%), de forma moderada ou intensa (73,9%), mas que não impede de realizar as atividades (63,6%), assim como índices altos de posturas sentadas inadequadas (70% a 94%). O programa postural educativo ofereceu uma oportunidade de ganho de conhecimento para os trabalhadores-estudantes buscarem sua qualidade de vida e, estimulou a apropriação do conhecimento pelos sujeitos, obtendo como retorno o interesse destes no aprendizado gerado pela aplicação do programa.

PROEJA.;Educação profissional;Saúde do trabalhador-estudante;Educação postural
This research is part of the line of Policies and Management in Vocational and Technological Education and was carried out together with the Group Transformation - Group of Studies and Research in Public Policies and Pedagogical Work in Professional Education, conducting a study of the contributions of postural education to the worker well-being, with the focus of building the intrinsic relationship between work, health and education. The health-seeking exercise at school and at work can be a coping strategy to improve the quality of life of student workers. In this context, the general goal was to relate postural education to the professional and social well-being of the student workers, seeking to answer the following problematization: What are the contributions of a postural education in the professional training of the student worker of the National Program of Integration of Professional Education with Basic Education in the Youth and Adult Education Mode (PROEJA) of the Industrial Technical College of Santa Maria (CTISM)? A research-action methodology was used, based on an educational postural program, according to the postural education theme for the CTISM PROEJA student workers. The action research had the following phases: diagnosis, action, evaluation and reflection and were used as instruments of data production the Quality of Life Questionnaire Short-Form Health Survey (SF-36), Back Pain and Body Posture Evaluation Instrument (BackPEI), field diary, intensive interview with teacher-manager, focus group and interlocution with student workers. From the experience of the PROEJA/CTISM students, back pain (70.6%) was prevalent, at least once a week (66.7%), moderately or intensely (73.9%), but did not prevent activities (63.6%), as well as high indexes of inadequate sitting postures (70% to 94%). The educational postural program offered an opportunity for gaining knowledge for the student-workers to seek their quality of life, and stimulated the appropriation of knowledge by the subjects, obtaining as a return their interest in the learning generated by the application of the program.
Professional education;Worker-student health;Postural education
1
114
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA
Políticas e Gestão em Educação Profissional e TecnoLógica
TransformAção - Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Públicas e Trabalho Pedagógico na Educação Profissional

Banca Examinadora

MARIGLEI SEVERO MARASCHIN
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
FRANCISCO NILTON GOMES DE OLIVEIRA Docente - PERMANENTE
FRANCIELE RAMOS FIGUEIRA Participante Externo
MARIGLEI SEVERO MARASCHIN Docente - PERMANENTE

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Outros
Não