Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES (33002010099P6)
Monitoramento e Estudos moleculares de ovos de serpentes do gênero Bothrops
POLIANA GARCIA CORREA
TESE
18/12/2019

Os Squamatas são a única linhagem de répteis com espécies que dão à luz neonatos de vida livre (viviparidade), capazes de viver independente dos tecidos extraembrionários. Em muitas espécies de viperídeos a reprodução é sazonal, mas nem todas as fêmeas se reproduzem num dado ano. Também ocorrem variações intra e inter-específicas em relação ao acasalamento e atividade folicular, permitindo assim mudanças hormonais responsáveis por eventos fisiológicos. Rotineiramente é reportado o depósito, na natureza, de ovos inférteis e anormais tanto em espécies ovíparas quanto vivíparas de Squamatas. A atresia folicular é um processo degenerativo, hormonalmente controlado, pelo qual folículos ovarianos, em variados estágios de desenvolvimento e crescimento, de vertebrados mamíferos e não mamíferos, perdem sua integridade e são eliminados antes da ovulação. A apoptose, mecanismo fundamental de remoção de células germinativas, um programa de morte celular extremamente regulado e de grande eficiência. Com o objetivo monitorar e investigar o elevado número de ovos atrésicos liberados pelas serpentes do gênero Bothrops em cativeiro, investigamos possíveis processos de morte celular por apoptose com abordagens moleculares. Foram identificados os possíveis processos envolvidos na atresia de embriões de serpentes do gênero Bothrops. Os ovos atrésicos mostraram diferentes estadios de desenvolvimento, diferenciação e maturação dos precursores e de células-tronco envolvidos na organogênese destas espécies de serpente. A hipótese: “ovo atrésico é fecundado?”, neste estudo foi confirmada pela identificação de botões germinativos em diferentes fases de organogênese, que expressaram diferencialmente marcadores moleculares (CD-34, CD-44, CD-90, CD-117, Stro-1 e Caspase-3) envolvidos na cinética de crescimento e diferenciação celular, modulados pelo estresse oxidativo. Outros aspectos relevantes neste estudo envolvidos na atresia destes embriões foi o processo de partenogênese encontrado nas espécies B. moojeni, B. leucurus e B. erythromelas, nesta última foi inovador. B. insularis apresentou elevado número de ovos atrésicos não fecundados, a presença de intersexo entre fêmeas reprodutivas e as condições ambientais no cativeiro.

Atresia;squamata;Bothrops;Citometria;Apoptose
Squamatas are the only strain of reptiles with species that give birth to free-living neonates (viviparity), capable of living independently of extraembryonic tissues. In many Viperidae species reproduction is seasonal, but not all females reproduce in a given year. Intra and interspecific variations also occur in relation to mating and follicular activity, thus allowing hormonal changes responsible for physiological events. The routine deposit of infertile and abnormal eggs in both oviparous and viviparous Squamata species is routinely reported. Follicular atresia is a hormonally controlled degenerative process by which ovarian follicles, at various stages of development and growth, of mammalian and non-mammalian vertebrates, lose their integrity and are eliminated before ovulation. Apoptosis, a fundamental mechanism for germinal cell removal, a highly regulated and highly efficient cell death program. In order to monitor and investigate the high number of atretic eggs released by captive Bothrops snakes, we investigated possible apoptotic cell death processes with molecular approaches. Possible processes involved in the atresia of Bothrops snake embryos were identified. The atretic eggs showed different stages of development, differentiation and maturation of the precursors and stem cells involved in the organogenesis of these snake species. The hypothesis: “Is atretic egg fertilized?” In this study was confirmed by the identification of germinal discs in different stages of organogenesis, which differentially expressed molecular markers (CD-34, CD-44, CD-90, CD-117, Stro- 1 and Caspase-3) involved in growth kinetics and cell differentiation, modulated by oxidative stress. Other relevant aspects in this study involved in the atresia of these embryos was the parthenogenesis process found in B. moojeni, B. leucurus and B. erythromelas species, in the last one was innovative. B. insularis showed a high number of unfertilized atretic eggs, the presence of intersex between reproductive females and environmental conditions in captivity.
Atresia;Squamata;Bothrops;Cytometry;Apoptosis
01
103
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

ANATOMIA DOS ANIMAIS DOMESTICOS E SILVESTRES
ANATOMIA DA GESTAÇÃO: TECNOLOGIAS VOLTADAS AO DESENVOLVIMENTO
BIODIVERSIDADE DOS MODELOS REPRODUTIVOS: ESTRUTURA E ARQUITETURA

Banca Examinadora

DURVANEI AUGUSTO MARIA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ANA CLAUDIA OLIVEIRA CARREIRA NISHIYAMA Docente - PERMANENTE
Enrique Erasmo Montel Eulefi Participante Externo
LIGIA FERREIRA GOMES Participante Externo
DURVANEI AUGUSTO MARIA Docente - PERMANENTE
KARINA NUNES KASPEROVICZUS BRAZ Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não