Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
SAÚDE ANIMAL NA AMAZÔNIA (15001016057P4)
Avaliação sorológica e molecular de Leptospira spp. em cães mantidos em canil público municipal
MIRIAN DA ROCHA ALBUQUERQUE
DISSERTAÇÃO
08/03/2019

Em canis públicos e abrigos privados não é raro cães serem mantidos sob condições sanitárias inadequadas. Essas contribuem para um maior risco de exposição ou infecção por Leptospira spp. Neste contexto, o objetivo do presente estudo foi pesquisar a ocorrência de infecção por Leptospira spp. em cães mantidos no canil municipal de Belém, Pará. Foram obtidas amostras de sangue total e soro de 145 cães sem sintomatologia clínica de leptospirose. As amostras de sangue total foram processadas pela Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) e as amostras séricas pelo Teste de Aglutinação Microscópica (MAT). Observou-se que 64,13% (93/145) dos cães foram sororreagentes para um ou mais sorogrupos de Leptospira spp. sendo os mais frequentes: Djasiman com 39,72% (29/73), Canicola 17,8% (13/73), Cynopteri com 12,32% (09/73), Icterohaemorrhagiae 9,59% (07/73) e Seramanga 6,85% (05/73). Os títulos sorológicos variaram de 100 a 6400. Todas as amostras de sangue total dos 145 cães apresentaram resultados negativos para DNA de Leptospira spp. na PCR. Os animais do presente estudo apresentaram anticorpos anti-Leptospira spp. sugerindo contato com o agente bacteriano. Os resultados negativos para DNA de Leptospira spp. sugerem que estes animais não estavam em fase de bacteremia no momento da coleta das amostras.

Leptospira spp., abrigos de cães, canis municipais, teste de aglutinação microscópica, reação em cadeia da polimerase
In public kennels and private shelters it is not uncommon for dogs to be kept under inadequate sanitary conditions. These contribute to a higher risk of exposure or infection by Leptospira spp. In this context, the objective of the present study was to investigate the occurrence of Leptospira spp. in dogs kept in the municipal kennel of Belém, Pará. Whole blood and serum samples were obtained from 145 dogs without clinical leptospirosis symptomatology. Whole blood samples were processed by Polymerase Chain Reaction (PCR) and serum samples by Microscopic Agglutination Test (MAT). It was observed that 64.13% (93/145) dogs were seroreactive for one or more Leptospira spp. The most common being: Djasiman with 39.72% (29/73), Canicola 17.8% (13/73), Cynopteri with 12.32% (09/73), Icterohaemorrhagiae 9.59% (07/73) and Seramanga 6.85% (05/73). Serological titers ranged from 100 to 6400. All whole blood samples from 145 dogs were negative for Leptospira spp. in PCR. The animals of the present study presented anti-Leptospira spp. suggesting contact with the bacterial agent. Negative DNA results from Leptospira spp. suggest that these animals were not in the bacteremia phase at the time of sample collection.
Leptospira spp., dog shelters, municipal kennels, microscopic agglutination test, polymerase chain reaction
54
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SÁUDE ANIMAL
SAÚDE PÚBLICA E SEGURANÇA ALIMENTAR
Pesquisa de Leptospira spp. em humanos, animais domésticos e silvestres na Amazônia Brasileira

Banca Examinadora

CARLA CRISTINA GUIMARAES DE MORAES
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
PEDRO SOARES BEZERRA JUNIOR Docente - PERMANENTE
ANDRE MARCELO CONCEICAO MENESES Participante Externo
CARLA CRISTINA GUIMARAES DE MORAES Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

Colaborador
Outros
Pesquisa
Sim