Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
Práticas em Desenvolvimento Sustentável (31002013024P0)
OS PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA PRESENTES EM GRUPOS DE SISTEMA DE PARTICIPAÇÃO E GARANTIA (SPGs-ABIO) NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
WENDELL MELADO BORNEO
DISSERTAÇÃO
30/07/2019

BORNÉO, M. Wendell. PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO MODERNA PRESENTES EM GRUPOS DE SISTEMA DE PARTICIPAÇÃO E GARANTIA (SPGs-ABIO), NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO. 113 p Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Práticas em Desenvolvimento Sustentável). Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2019. Embora a Agricultura Convencional, com o uso de defensivos químicos, tenha sido favorecida inicialmente pela Revolução Verde, permitindo o acesso de alimentos a bilhões de pessoas, acarretou problemas de saúde e desequilíbrios ambientais. Utilizou-se da produção de alimentos em larga escala através da monocultura com uso de máquinas, extração excessiva dos recursos naturais, insumos industriais, fertilizantes e defensivos químicos para aumentar a produção. Ao longo do tempo, especialmente desde 1950, tal prática tem ocasionado muitos problemas socioambientais. Como uma forma de resposta aos problemas causados pela Agricultura Convencional, surge a prática agroecológica, servindo como base para a agricultura orgânica, objetivando a permanência das famílias no campo, a conservação dos recursos naturais, a valorização dos saberes locais e, consequentemente, a geração de renda. Ressalva-se que, antes do advento dos fertilizantes e defensivos químicos, já se praticava a Agroecologia, embora não existisse tal nomenclatura. A literatura cita que, mesmo com o crescimento da produção orgânica nos últimos anos, os agricultores ainda enfrentam uma série de problemas, em especial os relacionados à Gestão Empresarial, especificamente os de Administração ou Gestão da Produção. Administrar ou Gerenciar uma Produção Agrícola, além dos aspectos agronômicos, incluindo a certificação orgânica da produção, envolve também funções administrativas de planejamento, organização, direção e controle, relacionadas às áreas de: Produção, Qualidade, Finanças, Procedimentos Administrativos, Recursos Humanos, Materiais e Gestão Ambiental. Esta pesquisa aplicada, qualitativa, descritiva e bibliográfica buscou respostas para a seguinte questão: É viável aplicar os princípios da Administração da Produção na Agricultura Orgânica? Para tanto, foram feitas visitas técnicas a produtores orgânicos devidamente certificados e registrados no Cadastro Nacional de Produtores Orgânicos, localizados nos municípios de Três Rios e Paraíba do Sul. Os municípios localizam-se no geograficamente no Centro-Sul do estado do Rio de Janeiro. Além disso, realizaram-se entrevistas com produtores orgânicos que comercializam os produtos nas feiras orgânicas dos bairros da Glória, Leblon, Recreio e Olaria (Leopoldina), localizados no município do Rio de Janeiro. O objetivo desse trabalho é caracterizar o cultivo orgânico de alimentos e suas dificuldades, principalmente no que tange os fatores relacionados à Administração da Produção e a venda dos produtos. Espera-se que assim, os agricultores das regiões citadas possam replicar os conceitos da Administração da Produção em seus cultivos para que possam produzir cada vez mais e melhor, evitando-se os desperdícios, com menor impacto ao meio ambiente, consequentemente, ter maior acesso ao mercado consumidor e aumento de renda.

Engenharia de produção, empreendedorismo rural e rede de produtores orgânicos.
BORNEO, M. Wendell p Dissertation (Postgraduate course on Practices in Sustainable Development) Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2018. Although Conventional Agriculture, with the use of chemical pesticides, has contributed to the so-called Green Revolution, allowing food access to billions of people, has led to health problems and environmental imbalances. Large-scale food production was used through monoculture using machines, excessive extraction of natural resources, industrial inputs, fertilizers and chemical pesticides to increase production. Over time, especially after 1950, such practice has caused many socio-environmental problems. As a way of responding to the problems caused by conventional agriculture, agroecological practice emerges, serving as the basis for organic agriculture, aiming at the permanence of families in the field, conservation of natural resources, valorization of local knowledge and, consequently, generation of income. It should be noted that prior to the advent of fertilizers and chemical pesticides, Agroecology was already practiced, although there was no such nomenclature. The literature mentions that, even with the growth of organic production in recent years, farmers still face a series of problems, especially those related to Business Management, specifically those of Administration or Production Management. Managing or Managing an Agricultural Production, in addition to agronomic aspects, including organic certification of production, also involves administrative functions of planning, organization, direction and control related to: Production, Quality, Finance, Administrative Procedures, Human Resources, Materials and Environmental Management. This applied, qualitative, descriptive and bibliographical research will seek answers to the following question: Is it feasible to use the Production Administration in Organic Agriculture? To this end, technical visits were made to organic producers duly certified and registered in the National Register of Organic Producers, located in the municipalities of Três Rios and Paraíba do Sul. The municipalities are located in the central-south of the state of Rio de Janeiro. In addition, interviews were conducted with organic producers who commercialize the products in the organic fairs of the Glória, Leblon, Recreio and Olaria (Leopoldina) neighborhoods, located in the city of Rio de Janeiro. The objective of this work is to characterize the organic cultivation of food and its difficulties, mainly in relation to the factors related to the Administration of Production and the sale of the products. It is hoped that, in this way, the farmers of the regions mentioned will be able to replicate the concepts of the Administration of Production in their crops so that they can produce more and better, avoiding the wastes, with less impact to the environment, consequently, to have greater access to the consumer market and increased income.
Production engineering, rural entrepreneuship and organic producer net
1
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRÁTICAS EM DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL
LINHA 1: MEIO AMBIENTE, DESENVOLVIMENTO E SAÚDE
Estudos Ecotoxicológicos em Função do Uso da Terra e Qualidade da Água em Municípios após a Desativação de Lixões: Epidemiologia e Monitoramento de Xenobióticos

Banca Examinadora

FABIOLA DE SAMPAIO RODRIGUES GRAZINOLI GARRIDO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RODRIGO GRAZINOLI GARRIDO Participante Externo
CLAUDIA MARIA DA SILVA FORTES Participante Externo
FABIOLA DE SAMPAIO RODRIGUES GRAZINOLI GARRIDO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO - UFRRJ 20

Vínculo

-
-
-
Não

Produções Intelectuais Associadas

Não existem produções associadas ao trabalho de conclusão.