Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
BIOTECNOLOGIA ANIMAL (33004064086P1)
Efeito do iodixanol como crioprotetor sobre a cinética e características morfofuncionais de espermatozoides bovinos
FERNANDA NUNES MARQUI
TESE
24/06/2019

O presente estudo teve como objetivo verificar os efeitos da suplementação do diluente de criopreservação de sêmen bovino com iodixanol, tanto como aditivo quanto como crioprotetor. Em ambos os experimentos foram utilizados três touros da raça Nelore de fertilidade comprovada, com idade entre 3 e 8 anos, mantidos em regime regular de colheita de sêmen na Central de Inseminação Artificial Tairana (Presidente Prudente, São Paulo, Brasil). Os ejaculados foram obtidos através de vagina artificial, duas vezes por semana, por três semanas consecutivas. As amostras de sêmen fresco foram analisadas individualmente quanto à motilidade, vigor, morfologia e concentração espermática. Os ejaculados dos três touros foram misturados em frações proporcionais para compor o “pool” de sêmen e, assim, eliminar a variabilidade individual dos animais. No experimento I, o “pool” de sêmen foi dividido em quatro partes iguais e essas diluídas em meio de congelamento comercial (com glicerol) suplementado com solução de iodixanol a 60% nas concentrações de 0 (grupo controle, CO), 2,5% (I-2.5), 5% (I-5) ou 10% (I-10) do volume total do diluente, resultando em uma concentração final de 0, 1,5%, 3% e 6% de iodixanol, respectivamente. Em seguida as palhetas foram refrigeradas e congeladas. Os resultados das análises pós-descongelamento realizadas no CASA e utilizando sondas fluorescentes por citometria de fluxo mostraram que a suplementação com iodixanol preservou a motilidade e integridade das membranas espermáticas durante a criopreservação, bem como protegeu os espermatozoides contra a ação de espécies reativas de oxigênio, especialmente no grupo I-10. No experimento II, o “pool” de sêmen foi dividido igualmente em três partes e diluídas em meio de congelamento comercial (preparado sem glicerol) suplementado com diferentes crioprotetores: 7% de glicerol (grupo controle, CO), associação de 3,5% de glicerol com 3,5% de iodixanol (GI) e 7% de iodixanol (I7) do volume final do diluente, resultando na concentração final de 5,95% de glicerol, 2,95% de glicerol e 2,1% de iodixanol e 4,2% de iodixanol, respectivamente. À análise pós-descongelamento foi possível observar que a associação de glicerol com iodixanol resultou em maior motilidade e longevidade espermática, integridade de membrana e menor peroxidação lipídica, bem como o iodixanol como único crioprotetor não foi eficiente em proteger o espermatozoide durante a criopreservação.

Antioxidante;botubov;glicerol, redCushion
This study aimed to evaluate the effects of iodixanol supplementation in bovine freezing extender both as additive and as cryoprotectant. Three Nellore bulls (3- 8 age years) with proven fertility were used in both experiments and keep in regular semen collection at Tairana Artificial Insemination Center (Presidente Prudente, São Paulo, Brazil). Ejaculates were collected by using artificial vagina, twice a week, for three consecutive weeks. The semen samples were individually evaluated for sperm motility, vigor, morphology and concentration, and pooled in proportional fractions to avoid individual variations. In experiment I, the pooled sample was divided in four equal fractions and diluted in commercial bovine freezing extender supplemented with a commercial iodixanol 60% solution in the following concentrations: 0% (control, CO), 2.5% (I-2.5; 1.5% iodixanol), 5.0% (I-5; 3% iodixanol) or 10% (I-10; 6% iodixanol) of the final volume of diluent. Thereafter, the straws were cooled and frozen. Post- thawed analysis results of CASA and fluorescent probes in flow cytometry showed that iodixanol supplementation preserved the motility and integrity of sperm membranes during cryopreservation and protected the spermatozoa from ROS attack, especially in I-10. In experiment II, the pooled semen sample was divided in three equal fractions and diluted in commercial bovine freezing extender (manufactured without glycerol) added with different cryoprotectants: 7% glycerol (control group, CO), association of 3.5% glycerol and 3.5% iodixanol (GI) or 7% iodixanol (I7; iodixanol 60%), resulting in the final concentration of 5.95% glycerol, 2.95% glycerol and 2.1% iodixanol and 4.2% iodixanol, respectively. In the post-thaw sperm analysis was found that iodixanol association with glycerol results in higher sperm motility and longevity as well as in higher membrane integrity and lower lipid peroxidation. In addition, iodixanol as the sole cryoprotectant is not efficient for bovine sperm cryopreservation.
Antioxidante;botubov;glicerol, redCushion
01
91
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO ( BOTUCATU )
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

REPRODUÇÃO ANIMAL
FISIOPATOLOGIA DA REPRODUÇÃO
Fisiopatologia da Reprodução de Bovinos e Búfalos

Banca Examinadora

EUNICE OBA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JOAO CARLOS PINHEIRO FERREIRA Docente - PERMANENTE
CAMILA DE PAULA FREITAS DELL AQUA Participante Externo
LUIS SOUZA LIMA DE SOUZA REIS Participante Externo
ANDRE MACIEL CRESPILHO Participante Externo
EUNICE OBA Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 36

Vínculo

CLT
Empresa Privada
Empresas
Sim