Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
MEDICINA VETERINÁRIA (32002017022P0)
SOLUÇÕES ELETROLÍTICAS ENTERAIS DE MANUTENÇÃO COM DIFERENTES OSMOLARIDADES ADMINISTRADAS EM FLUXO CONTÍNUO EM POTROS
LORENA CHAVES MONTEIRO
DISSERTAÇÃO
19/07/2019

Na medicina equina é comum o atendimento de potros enfermos. Estes pacientes podem desenvolver rapidamente hipoglicemia e desequilíbrios hidroeletrolíticos e ácido base. O principal desafio para o veterinário é a elaboração de protocolos de hidratação que permitam corrigir estas alterações de maneira eficaz, com baixo custo e que sejam minimamente estressantes ao paciente. A hidratação enteral, além de ser uma forma fisiológica de administração de fluidos, atende a todos esses critérios e ainda permite o ajuste da composição das soluções de acordo com as necessidades de cada paciente. O objetivo deste estudo foi avaliar os efeitos de duas soluções eletrolíticas enterais de manutenção contendo carboidratos administradas por sonda nasogástrica em fluxo contínuo sobre o equilíbrio hidroeletrolítico e ácido base de potros. Foram utilizados seis potros com idade média de 7,3 ± 1,4 meses em um cross over (6x2), os animais foram distribuídos aleatoriamente em dois tratamentos, sendo que cada um passou por todos os tratamentos com intervalo de sete dias. Antecipando a fase de hidratação enteral, os animais foram submetidos a doze horas de restrição hídrica alimentar. Os tratamentos foram solução eletrolítica enteral isotônica com osmolaridade mensurada de 289 mOsm L-1; e solução eletrolítica enteral hipotônica com osmolaridade mensurada de 225 mOsm L-1. Os tratamentos foram administrados por via nasogástrica em um fluxo contínuo a uma velocidade de 15 mL Kg-1 hora-1 durante doze horas. Os animais foram avaliados nos tempos T-12h, T0h, T4h, T8h, T12h e T24h. Os resultados demonstraram que ambas as soluções eletrolíticas enterais promoveram expansão da volemia, diurese e aumento da umidade das fezes sem ocasionar desequilíbrios eletrolíticos, demonstrando que as duas soluções podem ser utilizadas em potros na rotina médica veterinária.

Fluidoterapia reidratação, soluções eletrolíticas, manutenção
In equine medicine it is common to care for diseased foals. These patients can rapidly develop hypoglycemia, hydroelectrolytic and acid-base imbalances. The main challenge for the veterinarian is the elaboration of rehydration protocols that allow to correct these alterations in an effective way, with low cost and that are minimally stressful to the patient. Enteral fluid therapy, is a physiological form for administration of fluids, fulfills all these criteria and also allows the adjustment of the composition of the solutions according to the needs of each patient. The objective of this study was to evaluate the effects of two enteral electrolyte maintenance solutions containing carbohydrates delivered by nasogastric tube in a continuous flow on the hydroelectrolytic balance and acid base of foals. Six foals with a mean age of 7.3 ± 1.4 months were used in a cross over design (6x2). The animals were randomly distributed in two treatments, each of which underwent all treatments with a seven days interval. Anticipating the enteral fluid therapy phase, the animals were submitted to twelve hours of water and food restriction. The treatments were isotonic enteral electrolyte solution with measured osmolarity of 289 mOsm L-1; and hypotonic enteral electrolyte solution with measured osmolarity of 225 mOsm L-1. Treatments were administered by nasogastric route in a continuous flow at a rate of 15 ml kg-1 hour-1 for twelve hours. The animals were evaluated at times T-12h, T0h, T4h, T8h, T12h and T24h. The results demonstrated that both enteral electrolyte solutions promoted volume expansion, diuresis and increased feces moisture without causing electrolyte imbalances, demonstrating that both solutions can be used in foals in the veterinary medical routine.
Fluid therapy, rehydration, electrolyte solutions, maintenance
1
101
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

MEDICINA VETERINÁRIA
CLÍNICA MÉDICA VETERINÁRIA, DIAGNÓSTICO POR IMAGEM E MÉTODOS CIRÚRGICOS E ANESTÉSICOS APLICADOS AOS ANIMAIS
EFEITOS DA HIDRATAÇÃO ENTERAL EM FLUXO CONTÍNUO SOBRE O PERFIL ELETROLÍTICO E ÁCIDO BASE DE POTROS NÃO LACTENTES

Banca Examinadora

JOSE DANTAS RIBEIRO FILHO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
PEDRO ANCELMO NUNES ERMITA Participante Externo
JOSE DANTAS RIBEIRO FILHO Docente - PERMANENTE
MARCEL FERREIRA BASTOS AVANZA Participante Externo
RINALDO BATISTA VIANA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 17

Vínculo

-
-
-
Sim