Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
CIÊNCIA ANIMAL (52001016014P8)
ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E IMUNOMARCAÇÃO DE COX-2 EM TUMORES MAMÁRIOS DE GATAS
LORENA SOUZA OLIVEIRA
DISSERTAÇÃO
23/05/2019

Este estudo teve como objetivo avaliar a prevalência dos tumores mamários felinos, verificar a classificação e graduação histológica, além de realizar a imunomarcação de COX-2 dos blocos parafinados de amostras histopatológicas encaminhadas para um serviço de patologia veterinária particular, localizado no Município de Goiânia-GO, entre o período de 2011-2017. Foram revisados 5567 laudos, e encontrados 357/5567 (6,41%) laudos da espécie felina, sendo 95/357 (26,61%) referentes a tumores mamários em gatas. Com base nos dados informados nos laudos, foi estabelecida a relação entre os tumores e a raça e idade dos animais acometidos. Foi observado que os tumores mamários foram o segundo diagnóstico mais comum nesta espécie, após os tumores cutâneos, e que todos os gatos acometidos eram fêmeas, sendo os animais sem raça definida, entre 9 e 12 anos de idade os mais afetados. As neoplasias malignas foram as alterações mais frequentes em glândula mamária de gatas, seguidas por alterações não neoplásicas e neoplasias benignas. A maioria dos tumores foi classificado como túbulo-papilar, Grau 1 e quanto à marcação de COX-2, 68,75% apresentaram grande porcentagem de células marcadas, com intensidade de marcação variável, sendo 37,5% marcação discreta e 31,25% moderada e acentuada. Além das neoplasias malignas, foi avaliado o padrão de marcação das neoplasias benignas e lesões não neoplásicas, sendo verificada marcação de COX-2 em ambos os grupos de tumores, contudo foi observada maior expressão e intensidade de marcação de COX-2 em tumores benignos, lesões não neoplásicas e malignas, respectivamente.

epidemiologia;tumores mamários;Goiás;Centro-Oeste;Brasil.
The aim of this study was to evaluate the prevalence of feline mammary tumors, to verify histological classification and graduation, and to perform COX-2 immunostaining of the paraffin-shaped blocks of histopathological samples sent to a private veterinary pathology service located in the city of Goiânia- GO, between the period of 2011-2017. 5567 reports were reviewed, and 357/5567 6,41%) feline species reports were found, with 95/357 (26,61%) referring to mammary tumors in cats. Based on the data reported in the reports, the relationship between the tumors and the race and age of the affected animals was established. It was observed that mammary tumors were the second most common diagnosis in this species, after the cutaneous tumors, and that all the affected cats were females, the animals being undefined, between 9 and 12 years of age the most affected. Malignant neoplasms were the most frequent changes in the mammary gland of cats, followed by non neoplastic alterations and benign neoplasias. Most of the tumors were classified as tubulo-papillary, Grade 1 and in relation to Cox-2 labeling, 68.75% had a large percentage of marked cells with variable marking intensity, with 37.5% being discrete marking and 31.25 % moderate and accentuated. In addition to malignant neoplasms, the marking pattern of benign neoplasms and non-neoplastic lesions was evaluated, with COX-2 marking verified in both groups of tumors, however, a greater expression and intensity of COX-2 marking was observed in benign tumors, non-neoplastic and malignant lesions, respectively.
epidemiology;mammary tumors;Goiás;Central-West;Brazil.
1
75
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

Cirurgia, Patologia animal e Clínica médica
PATOBIOLOGIA E MORFOFISIOLOGIA ANIMAL, EXPERIMENTAL E COMPARADA
-

Banca Examinadora

MARINA PACHECO MIGUEL
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
VANESSA DE SOUSA CRUZ Pós-Doc
VILMA FERREIRA DE OLIVEIRA Participante Externo
MARINA PACHECO MIGUEL Docente - PERMANENTE

Vínculo

-
-
-
Não