Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
COMPARAÇÃO ANTIGÊNICA ENTRE Sarcocystis neurona E Sarcocystis falcatula-like ISOLADO IN VITRO NA BAHIA
WALERIA BORGES DA SILVA
DISSERTAÇÃO
22/02/2019

BORGES-SILVA, W. Comparação antigênica entre Sarcocystis neurona e uma cepa de Sarcocystis falcatula-like isolado in vitro na Bahia. Salvador, 2019. 56p. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal nos Trópicos). Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal da Bahia. Sarcocystis neurona é um protozoário coccídio, considerado o principal causador da mieloencefalite protozoária equina. Gambás do gênero Didelphis são os hospedeiros definitivos deste protozoário. O Brasil possui, pelo menos, quatro Didelphis spp., favorecendo uma maior recombinação genética entre as espécies de Sarcocystis. Objetivou-se com este estudo comparar antigenicamente um isolado nacional de Sarcocystis falcatula-like (Sarco-BA1) com potencial para uso em testes sorológicos com uma cepa norte-americana de S. neurona (SN138). Foram testadas 409 amostras (217 provenientes da Bahia e 192 do Rio Grande do Sul) de soro equino pela reação de imunofluorescência indireta (RIFI), utilizando-se merozoítos produzidos em cultivo celular dos dois parasitos. Os resultados obtidos na RIFI indicam uma frequência de animais expostos a S. neurona de 17,1%, a S. falcatula-like de 10,5%, e aos dois parasitos simultaneamente, de 6,1%. Soros de 13 animais (6 positivos para S. neurona, 4 positivos para S. falcatula-like e 3 negativos na RIFI) foram testados por meio de Imunoblot empregando-se antígeno reduzido de SN138 e Sarco-BA1. Em três amostras foi possível identificar proteína de peso molecular de 16 kDa, compatível com antígeno imunodominante do parasito. Os resultados, com reação positiva entre ambas as cepas testadas, permitem duas possíveis conclusões, de que os animais foram expostos aos dois parasitos testados, ou que os animais foram expostos a um dos parasitos, mas reagem de forma cruzada na RIFI. A caracterização da mesma proteína imunodominante para ambas as cepas testadas no Imunoblot possibilitou constatar que existem semelhanças antigênicas no reconhecimento da proteína específica de 16 kDa pelo imunoblot.

Imunoblot;Reação de Imunofluorescência Indireta;Didelphis
BORGES-SILVA, W. Antigenic comparison between Sarcocystis neurona and Sarcocystis falcatula-like isolated in vitro in Bahia. Salvador, 2019. 56p. Dissertação (Mestrado em Ciência Animal nos Trópicos). Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia, Universidade Federal da Bahia. Sarcocystis neurona is a coccidian protozoan, considered the main agent of equine protozoal mieloencephalitis. Opossums of the Didelphis genus are the definitive hosts of that protozoan. Brazil has at least four Didelphis spp., favoring a greater genetic recombination among the species of Sarcocystis. The aim of this study was to compare antigenically a national isolate of Sarcocystis falcatula-like (Sarco-BA1) with potential for use in serological tests with a North American strain of S. neurona (SN138). A total of 409 samples (217 from Bahia and 192 from Rio Grande do Sul) of equine serum were tested by the immunofluorescence antibody test (IFAT), using merozoites produced in cell culture of the two parasites. The results obtained in IFAT indicate a frequency of 17.1% animals exposed to S. neurona, 10.5% to S. falcatula-like, and 6.1% to both parasites. Sera from 13 animals (6 S. neurona positive, 4 S. falcatula-like positive and 3 negative on IFAT) were tested by immunoblot using reduced SN138 antigen and Sarco-BA1. In three samples it was possible to identify a 16 kDa molecular weight protein, which is compatible with the parasite's immunodominant antigen. These results, with positive reaction to both tested strains, allow two possible conclusions, that the animals were exposed to both tested parasites, or that the animals were exposed to one of the parasites, but they cross-react in the IFAT. The characterization of the same immunodominant protein for both tested strains in immunoblot allowed to conclude that there are antigenic similarities in the recognition of the 16 kDa specific protein by the immunoblot.
Immunoblot;Immunofluorescence Antibody Test;Didelphis
1
57
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
Sarcocystis neurona: detecção, caracterização molecular e frequência sorológica em hospedeiros definitivos

Banca Examinadora

LUIS FERNANDO PITA GONDIM
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
CLARISSE SIMOES COELHO Docente - COLABORADOR
LUIS FERNANDO PITA GONDIM Docente - PERMANENTE
WENDELL MARCELO DE SOUZA PERINOTTO Participante Externo
FLAVIANE ALVES DE PINHO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - CAPES 23

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim