Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
Biociência Animal (33002010238P6)
Avaliação do RNA mensageiro relacionado aos podócitos no sedimento urinário de cães saudáveis e com doença renal crônica
CAMILLA DE SOUZA
DISSERTAÇÃO
25/06/2019

DE SOUZA, C. Avaliação do RNA mensageiro relacionado aos podócitos no sedimento urinário de cães saudáveis e com doença renal crônica. 2019. 59 f. Dissertação (Mestrado em Biociência Animal) – Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2019. A doença renal crônica (DRC) é frequentemente diagnosticada em cães de meia idade e idosos; possui caráter progressivo e pode ser o resultado da perda da integridade dos componentes da barreira de filtração glomerular (BFG), incluindo os podócitos. Portanto, o objetivo desta pesquisa foi avaliar a expressão do RNAm relacionado aos podócitos no sedimento urinário de cães hígidos ou com DRC, procurando-se estimar a podocitúria e a condição da BFG. Após a avaliação clínica e laboratorial, os cães normohidratados foram divididos em três grupos: controle (n = 10), DRC em estádios 1 e 2 (DRC1-2) (n = 5) e DRC em estádios 3 e 4 (DRC3-4) (n = 9), de acordo com o estabelecido pela International Renal Interest Society (IRIS). O RNAm foi determinado no sedimento urinário dos cães por PCR em tempo real. A porcentagem de detecção do RNAm para nefrina (NPHS1) e podocina (NPHS2) foi maior nas amostras de sedimento urinário de cães com DRC1-2 e menor em cães com DRC3-4, quando comparados aos cães controle (P < 0,001). O grupo DRC3-4 apresentou menor expressão relativa média do NPHS2 no sedimento urinário, em relação ao grupo DRC1-2 (P < 0,05), mas não diferiu do controle (P = 0,082). Os resultados demonstraram que os cães podem apresentar podocitúria fisiológica e relacionado à DRC. Além disso, a podocitúria variou de acordo com os estádios da DRC, estando aumentada nos cães em estádio 1 e 2 e diminuída nos cães em estádio 3 e 4. Portanto, a excreção urinária do NPHS1 e NPHS2 mostrou-se um parâmetro muito promissor para o acompanhamento de cães com DRC.

nefrina;PCR;pequenos animais;podocina;podocitúria
DE SOUZA, C. Evaluation of messenger RNA related to podocytes in the urinary sediment of healthy and chronic kidney disease dogs. 2019. 59 f. M.Sc. Dissertation – Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos, Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2019. Chronic kidney disease (CKD) is often diagnosed in middle-aged and elderly dogs; is a progressive disease and may be the result of loss of integrity of glomerular filtration barrier (GFB) components, including podocytes. Therefore, the objective of this research was to evaluate the expression of mRNA related to podocytes in the urinary sediment of healthy or CKD dogs, aiming to estimate the podocyturia and GFB condition. After clinical and laboratory evaluation the normohydrated dogs were divided into three groups: control (n = 10), stage 1 and 2 CKD (DRC1-2) (n = 5) and stage 3 and 4 CKD (DRC3-4) (n = 9), according to International Renal Interest Society (IRIS). The mRNA was determined in the urinary sediment of dogs by real-time PCR. The percentage of nephrine (NPHS1) and podocin (NPHS2) mRNA detection was higher in urine sediment samples from dogs with DRC1-2 and lower in dogs with DRC3-4 when compared to control dogs (P < 0.001). The DRC3-4 group presented lower mean relative expression of NPHS2 in urine sediment in relation to the DRC1-2 group (P < 0.05) but did not differ from the control (P = 0.082). The results showed that dogs can present physiological and CKD related podocyturia. In addition, podocyturia varied according to CKD stages, that is, it has been increased in dogs in stage 1 and 2 and decreased in dogs in stage 3 and 4. Therefore, the urinary excretion of NPHS1 and NPHS2 showed to be a very promising for evaluation of dogs with CKD.
nephrin;PCR;podocin;podocyturia;small animals
1
59
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

BIOCIÊNCIA ANIMAL
SAÚDE ANIMAL: AGENTES PATOGÊNICOS, PREVENÇÃO, DIAGNÓSTICO E TERAPIAS INOVADORAS
Estudo da dor, analgesia e pesquisa clínica e cirúrgica experimental em Medicina Veterinária

Banca Examinadora

DEISE CARLA ALMEIDA LEITE DELLOVA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
TRICIA MARIA FERREIRA DE SOUSA OLIVEIRA Participante Externo
JULIANO COELHO DA SILVEIRA Docente - PERMANENTE
ANDRE LUIZ BAPTISTA GALVAO Participante Externo
DEISE CARLA ALMEIDA LEITE DELLOVA Docente - PERMANENTE

Vínculo

Bolsa de Fixação
Empresa Pública ou Estatal
Pesquisa
Não