Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
BIOCIÊNCIA ANIMAL (25003011022P7)
Eletrofisiologia ocular em felinos domésticos: eletrorretinografia de campo total e potencial visual evocado por flash de luz
MARY ANNE RODRIGUES DE SOUZA
TESE
28/02/2019

O objetivo deste trabalho foi padronizar o eletrorretinograma de campo total em protocolo curto (ERGpc), o flicker e o potencial evocado por flash de luz (PVE-F) em gatos acordados, além de correlacionar as ondas do PVE-F de paciente sadios com os que apresentavam sintomatologia de síndrome da disfunção cognitiva felina (SDC). Foram selecionados 17 animais, machos e fêmeas, de idades variadas e submetidos a dois momentos de avalição (M1 e M2). No M1 era realizada a avaliação clínica e oftálmica, além de colheita de sangue para hemograma, glicemia, perfil renal, hepático e teste comercial de FiV e FeLV. No M2 eram realizados o ERGpc, o flicker e o PVE-F, um olho de cada vez. Utilizou-se o sistema da Nihon Kohdem, Neuropack 2 MEB-7102A/k, com o sinal digitalizado pelo DATAQ® DI-158U através de um cabo RS232 com três canais e acoplado a um notebook Acer Aspire 4732Z-4620. O primeiro exame realizado foi o PVE-F onde os eletrodos foram dispostos na seguinte sequência: o terra (Fpz) na articulação frontonasal, o (Oz) cranial a crista sargital externa e o referência (Cz) na meia distância entre eles. Ao final do PVE-F o ERGpc foi registrado mediante a instilação de duas gotas de colírio a base de tropicamida, com intervalo de 5 minutos entre cada. Na sequência o paciente era mantido em sala escura para adaptação por 20 minutos, quando era realizada a fase fotópica. Após esse período eram posicionados os eletrodos em duas colocações monopolares, sendo um a 0,5 cm da comissura temporal (referência) e outro na parte caudal da região cervical (terra), foram usados eletrodos subdérmicos da Ambu® modelo Neuroline subdermal 12x0.40mm. Para a colocação do eletrodo corneal monopolar ativo modelo ERG-jet, foi instilada uma gota de colírio de proximetacaína seguido de metilcelulose 1%.No que diz respeito a padronização do ERG percebeu-se que não houve significância estatística entre as faixas etárias. Quanto ao PVE-F verificou-se quatro pontos positivos e negativos (N1, P1, N2, P2, N3, P3, N4 e P4). NoG1b foi marcante a ausência da formação das ondas P2, N3 e P3 para ambos os olhos (5/7 pacientes). No grupo com sinais de SDC observou-se que o maior tempo implícito foi em P2 para ambos os olhos (OD 28,95 e OE 30,6). A amplitudes se mostraram reduzidas com significância estatística.Frente ao exposto concluímos que o ERG em protocolo curto, de modo fotóptico, e o flicker podem ser realizados sem o uso de anestesia ou sedação em qualquer faixa etária e que o PVE-F uma vez reconhecidas ou descartadas as afecções com sintomatologia semelhante a Síndrome da disfunção cognitiva (SDC)pode ser uma ferramenta útil no diagnóstico desta afecção

Demência;Flicker;Felinos;Retina;Córtex visual
The aim of this study was to standardize the total short-field electroretinogram(ERGpc), flicker and light-evoked potential (PVE-F) in awake cats, as well as to correlate healthy patient PVE-F waves with those with symptoms of feline cognitive dysfunction syndrome (CKD). We selected 17 male and female animals of different ages and submitted to two moments of evaluation (M1 and M2). Clinical and ophthalmic evaluation was performed in M1, as well was collected a blood sampling for hemogram, blood glucose, renal and hepatic profiles, and commercial test of FiV and FeLV. In M2 moment, ERGpc, flicker and PVE-F were performed in one eye at a time. The Nihon Kohdem system, Neuropack 2 MEB-7102A / k, was used with the signal scanned by the DATAQ® DI-158U through a three-channel RS232 cable and attached to an Acer Aspire 4732Z-4620 notebook. The first test was the PVE-F where the electrodes were arranged in the following sequence: the ground (Fpz) was placed in the frontonasal joint, the cranial (O2) into the external sargital crest and the reference (Cz) in the middle distance between them. At the end of PVE-F, ERGpc was recorded by instillation of two tropicamide-based eye drops, with a 5 minute interval each other. The patient was then kept in the dark room for 20 minutes adaptation, when the photopic phase was performed. After this period, the electrodes were placed in two monopolar positions, one being 0.5 cm from the temporal commissure (reference) and the other at the caudal part of the cervical region ground, were used Neuroline subdermal 12x0.40mm subcutaneous electrodes of the Ambu® model . For placement of active monopolar corneal electrode ERG-jet model, a drop of proximetacaine eye drops followed by 1% methylcellulose was instilled. Regarding the standardization of ERG, there was no statistically significant differences it was noticed that there was no statistical significance between the age groups. As for PVE-F, there were four positive and negative points (N1, P1, N2, P2, N3, P3, N4 and P4). In G1b, the absence of P2, N3 and P3 waves formation was remarkable for both eyes (5/7 patients). In the group with SDC signals it was observed that the greatest implicit time was in P2 for both eyes (OD 28.95 and OE 30.6). Amplitude reduction reached statistical significance. Conclude that ERG in a short protocol, photopically and the flicker can be performed without the use of anesthesia or sedation in any age group and that the PVE-F once recognized or discarded the affections with Syndrome-like symptomatology of cognitive dysfunction (CKD) it may be a useful diagnostic tool.
Dementia;Flicker;Felines;Retina;Visual córtex
1
92
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

MORFOFISIOLOGIA ANIMAL
ESTUDO DOS MECANISMOS E PROCESSOS CELULARES BÁSICOS NA CIÊNCIA ANIMAL
PADRONIZAÇÃO DO ELETRORRETINOGRAMA DE CAMPO TOTAL (ERG), DO POTENCIAL VISUAL EVOCADO POR FLASH DE LUZ (PVE-F) E DO POTENCIAL VISUAL EVOCADO POR PADRÃO REVERSO (PVE-PR) EM COLUMBA LIVIA- POMBOS CORREIOS

Banca Examinadora

FABRICIO BEZERRA DE SA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JOSE ANCHIETA DE BRITO Participante Externo
MARIANA GOMES DO REGO Egresso - Doutorado
FABRICIO BEZERRA DE SA Docente - PERMANENTE
JOAQUIM EVENCIO NETO Docente - PERMANENTE
FRANCISCO DE ASSIS LEITE SOUZA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Apoio à Integração Graduação/Pós-Graduação 48

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim