Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
ZOOTECNIA (42002010010P4)
MODELOS DE AVALIAÇÃO GENÉTICA PARA RESISTÊNCIA AO CARRAPATO EM UMA POPULAÇÃO MULTIRRACIAL ANGUSNELORE
ANDRE PADILHA BRAVO
DISSERTAÇÃO
26/02/2019

O combate ao carrapato, manejo sanitário inadequado e preços altos dos acaricidas são um dos principais problemas enfrentados na pecuária de corte brasileira. A baixa perspectiva de novos produtos, eficientes e baratos, para combater este ectoparasita, tem estimulado a realização de pesquisas que visem identificar acuradamente e selecionar animais geneticamente resistentes. O propósito neste trabalho identificar o modelo animal que melhor descreve a variação genética e residual para a característica contagem de carrapatos ao sobreano, para avaliações genéticas mais acuradas. O banco de dados utilizado foi composto por 6.951 animais, filhos de 383 touros e 6.199 vacas de uma população multirracial Angus-Nelore criados em fazendas no Brasil. A base de dados foi cedida pelas empresas Gensys Consultores Associados S/C Ltda e Natura Genética Sul Americana. Os valores genéticos foram calculados a partir da metodologia de inferência Bayesiana e os modelos testados foram: Modelo Animal Tradicional, Modelo Animal Multirracial sem e com segregação, cada um com dois modelos de variância residual (homocedástica ou heterocedástica). Os critérios de escolha foram o Número de Parâmetros, a Informação de Deviance e a Ordenada Preditiva, os quais apontaram os Modelos Animal Tradicional e Multirracial com Segregação, ambos com variância residual Gaussiana heterocedástica, como aqueles, que apresentaram menor número de parâmetros e melhor distribuição das variâncias genéticas aditivas e não aditivas e, portanto, proporcionaram o melhor ajuste. Os valores médios dos efeitos genéticos fixos foram positivos e similares, ou seja, animais com maior proporção da raça Angus, sofreram maior infestação de carrapatos, sugerindo que a raça Nelore possui um importante papel para resistência ao carrapato. Verificou-se que a variância genética estimada pelo modelo Modelo Animal Gaussiano heterocedástico para a raça Nelore foi 4,54 vezes maior do que a estimada para a raça Angus. As estimativas de herdabilidade nos diferentes grupos genéticos variaram de 0,12 a 0,15 e 0,01 a 0,35 no Modelo Animal Tradicional e no Multirracial Gaussiano heterocedástico respectivamente. A correlação de ordenamento de Spearman entre os valores genéticos preditos considerando todos os reprodutores da população em estudo, foi de 0,94. Contudo, ao considerar os touros TOP 10%, 20% e 30% melhores, as diferenças com relação ao ordenamento foram mais evidentes (0,28 a 0,67). O modelo Animal Multirracial com Segregação com variâncias residuais heterogêneas é o mais apropriado na avaliação genética da característica Contagem de Carrapatos de animais produtos do cruzamento Angus-Nelore.

Bovinos de corte;Heterocedasticidade;Modelo Multirracial
Tick combat, inadequate sanitary management and high prices for acaricides are one of the main problems faced in Brazilian cattle system. The low perspective of new products to combat this ectoparasite, more efficient and inexpensive to be launched in the market has stimulated the accomplishment of researches with the objective to identify accurately and to select genetically resistant animals. The purpose of this work was to evaluate ome animal model that best describes the genetic and residual variation for the characteristic counting of ticks at post weaning, in order to produce more accurate genetic predictions. The database used consisted of 6,951 animals, sired by 383 bulls and 6,199 cows from a multiracial Angus-Nelore population raised on farms in Brazil. The database was provided by Gensys Consultores Associados S / C Ltda and Natura Genetica Sul Americana. Genetic values were calculated from the Bayesian inference methodology and the models tested were: Traditional Animal Model, Multibreed Animal Model with and without segregation, both with two models of residual variance (homocedastic or heterocedastic). The criteria of choice were the Number of Parameters, the Deviance Information and the Predictive Order, which pointed to the Traditional and Multibreed Animal Models with Segregation, both with residual heteroscedastic Gaussian variance, such as those that presented lower number of parameters and better distribution of the additive and non-additive genetic variances and, therefore, provided the best fit. The mean values of the fixed genetic effects were positive and similar, that is, animals with a higher proportion of the Angus breed, suffered a greater infestation of ticks, suggesting that the Nellore breed has an important role for resistance to ticks. It was verified that the genetic variance estimated by the heterocedastic Gaussian Animal Model for the Nellore breed was 4.54 times higher than that estimated for the Angus breed. Estimates of heritability in the different genetic groups ranged from 0.12 to 0.15 and 0.01 to 0.35 in the Traditional Animal Model and in the Heterocedastic Gaussian Multiracial Model, respectively. The Spearman ranking correlation among predicted genetic values considering all sires in the population was 0.94. However, when considering only the better bulls, TOP 10%, 20% and 30%, differences in relation to the ranking were more evident (0.28 to 0.67). The Multiracial Animal Model with Segregation with heterogeneous residual variances is most appropriate to be used in the genetic evaluation of the characteristic tick count of animal products of the Angus-Nellore cross.
Beef Cattle;Heteroscedastic;Multiple-Breed Model
01
48
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUCAO ANIMAL
MELHORAMENTO GENÉTICO DE RUMINANTES E MONOGÁSTRICOS
ESTIMATIVA DE PARÂMETROS GENÉTICOS E PREDIÇÃO DO VALOR GENÉTICO PARA AS CARACTERÍSTICAS DE DESEMPENHO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS

Banca Examinadora

PAULO SANTANA PACHECO
DOCENTE - PERMANENTE
Não
Nome Categoria
FERNANDA CRISTINA BREDA MELLO Participante Externo
ALAN MIRANDA PRESTES Participante Externo
PAULO ROBERTO NOGARA RORATO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado no País GM 24

Vínculo

-
-
-
Não