Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
CIÊNCIAS VETERINÁRIAS (50001019017P1)
VIGILÂNCIA DE DOENÇAS VIRAIS EM AVES DE SUBSISTÊNCIA CRIADAS PRÓXIMAS A SÍTIOS DE AVES MIGRATÓRIAS NO ESTADO DE MATO GROSSO
CAROLINE LEMES PEREIRA REGO BOURSCHEID
DISSERTAÇÃO
25/02/2019

No estado de Mato Grosso, nos municípios de Cáceres e Araguaiana há áreas de interface entre aves migratórias e de subsistência. A circulação dos vírus da influenza aviária (AIV), doença de Newcastle (NDV), metapneumovirus aviário (aMPV) e da bronquite infecciosa aviária (IBV) é desconhecida nesses locais devido à escassez de estudos. Este trabalho teve como objetivo realizar inquérito soro epidemiológico em aves domésticas de subsistência para estes agentes que causam prejuízos econômicos e sociais na avicultura comercial mundialmente. Infecções por AIV e NDV foram avaliadas por meio dos testes de ELISA, Inibição da Hemaglutinação e RT-PCR em tempo real em amostras de soro, suabes de cloaca e traqueia de 1.068 aves, entre galinhas, codornas, perus, patos e gansos. Para aMPV e IBV foram analisadas 623 amostras de soro de galinhas por ELISA. A frequência de aves soropositivas ao ELISA para AIV, NDV, aMPV e IBV em Araguaiana foram de 0,7%, 23%, 85% e 69% respectivamente; enquanto em Cáceres a frequência foi de 0,8%, 43,5%, 88,5% e 70%, respectivamente. Somente em Cáceres houve um pato (0,6%) positivo ao HI para NDV. Não houve amostras reagentes ao PCR para AIV e NDV. A análise espacial detectou a presença de aglomeração entre as propriedades com aves soropositivas ao NDV na zona urbana de Cáceres, sugerindo a participação dessa área na manutenção ou disseminação do virus. Este estudo evidenciou infecção por patógenos virais, em aves de subsistência nas regiões de sítio de aves migratórias no estado de Mato Grosso demonstrando a importância dessas aves como fontes de infecção para outras aves.

Pantanal, Araguaia, Vírus, Influenza.
In Mato Grosso, in the counties of Cáceres and Araguaiana there are areas of interface between migratory birds and backyard poultry. Circulation of avian influenza virus (AIV), Newcastle disease virus (NDV), avian metapneumovirus (aMPV), and avian infectious bronchitis virus (IBV) are unknown in these sites due to the scarcity of studies. The objective of this work was to conduct an serum epidemiological survey on backyard poultry for these agents that cause economic and social losses in commercial poultry worldwide. Samples (serum, cloacal swabs and trachea swabs) of 1068 birds, among chickens, quails, turkeys, ducks and geese, were analyzed for AIV and NDV by ELISA, Hemagglutination Inhibition and RT-PCR in real-time. For aMPV and IBV were analized 623 chickens in the ELISA test. The frequency sample positive of ELISA for AIV, NDV, aMPV and IBV in Araguaiana were 0.7%, 23%, 85% and 69%, respectively; whereas in Cáceres the frequency was 0.8%, 43.5%, 88.5% and 70%, respectively. Only in Caceres there was a duck (0.6%) positive for HI for NDV. There were no PCR reagent samples for AIV and NDV. The spatial analysis demonstrated the agglomeration of properties with NDV seropositive birds within the urban zone of Cáceres, suggesting the participation of this area in viral dissemination. This study evidenced infection by viral pathogens in backyard poultry in the site of migratory birds in the state of Mato Grosso, demonstrating the importance of these birds as sources of infection for other birds.
Pantanal, Araguaia, Virus, Influenza
01
122
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SANIDADE ANIMAL
DIAGNÓSTICO, EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE DOENÇAS DE ANIMAIS DOMÉSTICOS E SILVESTRES
INQUÉRITO EPIDEMIOLÓGICO DE DOENÇAS VIRAIS EM AVES DE SUBSISTÊNCIA AO ENTORNO DE SITIO DE AVES MIGRATÓRIAS NO MATO GROSSO

Banca Examinadora

DANIEL MOURA DE AGUIAR
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ADRIANA BORSA Participante Externo
DANIEL MOURA DE AGUIAR Docente - PERMANENTE
MARCIO GARCIA RIBEIRO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Pesquisa
Sim