Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS (33144010006P9)
EFEITOS DO TEOR DE Al2O3 E DA RELAÇÃO B2O3/SiO2 EM VIDRO BOROALUMINOSSILICATO CONTENDO LANTÂNIO NA MOLHABILIDADE E CARACTERÍSTICAS ÓPTICAS E MECÂNICAS DE BIOCOMPÓSITO DE ALUMINA INFILTRADA COM VIDRO
HENRIQUE TAKAAKI TAMOTO
DISSERTAÇÃO
25/01/2019

Compósitos de cerâmica infiltrada por vidro têm sido utilizados no mercado odontológico como materiais para infraestrutura de restaurações totalmente cerâmicas desde o início dos anos 90. Um exemplo é o material constituído de uma pré-forma porosa de alumina infiltrada por um vidro com alto teor de óxido de lantânio, cuja viscosidade é baixa o suficiente para penetrar nos poros por forças capilares, formando um material com duas fases entrelaçadas e contínuas. Com base em estudo prévio, que desenvolveu vidros com índice de refração compatíveis com a alumina e, consequentemente, compósitos mais translúcidos, este estudo teve como objetivo avaliar e melhorar o processo de infiltração desses vidros previamente desenvolvidos, alterando suas composições para ter um aumento da molhabilidade entre as duas fases. A partir de uma composição de vidro estudada na literatura (25SiO2-20B2O3-25Al2O3-15La2O3-15TiO2, % em mol) e com base na hipótese de que a molhabilidade do sistema envolvido no compósito pode melhorar com a redução no teor de Al2O3, foram projetadas novas composições de vidro com o software SciGlass (15% a 25% Al2O3), as quais foram confeccionadas por fusão em forno elétrico. Ensaios de comportamento térmico dos vidros foram realizados com substratos de alumina densa e os ensaios de infiltração foram realizados em pré-formas porosas de alumina (~20% de porosidade). Os resultados mostraram que à medida que o teor de alumina foi reduzido no vidro, a molhabilidade do sistema foi melhorada. Alterações feitas na relação molar entre os formadores de rede vítrea no vidro (B2O3/SiO2, 0,67 a 1,00) mostraram que o aumento no teor do B2O3 também melhora a molhabilidade. Apesar das diferenças na molhabilidade, foram obtidos compósitos com características semelhantes ao produzido com o vidro base, mostrando que foi possível melhorar a molhabilidade sem prejudicar suas propriedades mecânicas e ópticas.

cerâmica infiltrada por vidro;biomateriais;materiais odontológicos;molhabilidade.
Glass-infiltrated alumina composites have been on the dental market as core materials for all-ceramic restorations since the early 1990s. An example is the material made from a porous alumina preform infiltrated by a glass with high content of lanthanum oxide, whose viscosity is low enough to penetrate in the pores by capillary forces, forming a material with two continuous and interlocked phases. Based on previous study, which developed glasses with refractive indices compatible with alumina and, hence, more translucent composites, this study aimed to evaluate and improve the infiltration process of these previously developed glasses, changing their compositions to increase the wettability between the two phases. Starting from a glass composition studied in the literature (25SiO2-20B2O3-25Al2O3-15La2O3-15TiO2, mol%) and according to the hypothesis that the system wettability involved in the composite can improve with the reduction in Al2O3 content, new glass compositions where designed with the software SciGlass (15% to 25% Al2O3), which were made by fusion in an electric furnace. Thermal behavior tests of the glasses were carried out on dense alumina substrate and the infiltration tests were performed on porous alumina preform (~20% porosity). The results showed that as the alumina content in glass was reduced, the wettability of the system was improved. Changes in the molar ratio between the glass network formers (B2O3/SiO2, 0.67 to 1.00) showed that the increase in B2O3 content also improves wettability. Despite the differences in wettability, composites with similar characteristics to that produced with the base glass were obtained, showing that it was possible to improve the wettability without impairing its mechanical and optical properties.
glass-infiltrated ceramic;biomaterials;dental materials;wettability
1
83
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

NANOCIÊNCIAS E MATERIAIS AVANÇADOS
MATERIAIS FUNCIONAIS AVANÇADOS
-

Banca Examinadora

HUMBERTO NAOYUKI YOSHIMURA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
HUMBERTO NAOYUKI YOSHIMURA Docente - PERMANENTE
LUIZ FERNANDO GRESPAN SETZ Participante Externo
RENATA AYRES ROCHA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 18
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC - Pró reitoria de Pós Graduação 6

Vínculo

-
-
-
Não