Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
VETERINÁRIA (42003016008P2)
Avaliação do potencial terapêutico de formulações otológicas com extratos vegetais no tratamento da otite externa canina.
RISCIELA SALARDI ALVES DE BRITO
DISSERTAÇÃO
19/02/2019

A otite externa canina é caracterizada como uma inflamação do conduto auditivo externo, que apresenta causa multifatorial, desenvolvendo sinais clínicos como otalgia, otorreia, eritema e prurido. Visando utilizar tratamentos menos nocivos e evitar o uso de antimicrobianos a terapia com o uso de extratos de plantas tornase uma opção para busca de novos princípios ativos. Dessa forma, objetivou-se revisar os principais aspectos relacionados com a otite externa canina e avaliar o potencial terapêutico de duas formas farmacêuticas otológicas com extratos vegetais das plantas urucum (Bixa orellana) e trigo (Triticum aestivum) no tratamento da otite externa canina. Para a formulação dos compostos LCFO 1001 e LCFO 1002 foram utilizados extratos das plantas Bixa orellana e Triticum aestivum, , também foi utilizado um produto ceruminolitico comercial a base de Ácido Salicílico e Ácido lático para o grupo controle. Para o estudo foram utilizados 44 cães com sinais clínicos de otite externa, os quais foram divididos aleatoriamente em 3 grupos LCFO 1001 (n=16), LCFO 1002 (n=14) e grupo controle (n=14), todos os animais foram tratados uma vez ao dia durante 10 dias, sendo avaliados durante cinco momentos (D0, D3, D5,D7 e D10), durante as avaliações foram avaliados os sinais clínicos de otalgia, prurido, reflexo otopodal, eritema, quantidade de cerúmen e aferida a temperatura auditiva, posteriormente foram coletadas amostras para cultura bacteriana, fúngica e citologia. Após a avaliação cada sinal clínico recebeu uma pontuação em escore de 0 a 3, o qual 0 era considerado ausente e 3 a forma mais grave de aparecimento, a partir desta pontuação foi gerado um somatório por animal e por grupo durante cada dia de avaliação. Os resultados foram analisados estatisticamente através de ANOVA, Kruskal-wallis, Friedman, teste de tukey e teste de McNerman. Após os 10 dias de tratamento, houve redução dos microrganismos isolados e do somatório clínico de todos os grupos, não foi encontrada diferença estatística entre os grupos teste e controle, demonstrando que os compostos LCF0 1001 e LCF0 1002 obtiveram eficiência similar a um ceruminolitico comercial amplamente utilizado. Estes resultados comprovam que os compostos possuem ação na redução dos sinais clínicos da otite externa canina, assim como possuem ação na redução microbiana.

Bixa orellana;Triticum aestivum;Fitoterapia;Otopatia;Plantas medicinais.
Otitis externa can be characterized as an inflammation of the external canal, which presents a multifactorial cause, developing clinical signs such as otalgia, otorrhea, erythema and pruritus. In order to use less harnful treatments and avoid the use of antimicrobials, the therapy with plant extract is an option for scarchine new active principles.Thus, the therapeutic potential of two otological pharmaceutical forms with plant extracts was objectified. For the formulation of LCFO 1001 were used extracts of urucum plants (Triticum aestivum), already existing for the compound LCFO 1002, the ethanoic extracts were used from the seeds of the same plants, also a commercial ceruminolic product base Salicylic Acid and Acid For the Control Group. Were avaluated 44 dogs (with LCO-1001, LCFO 1002) group, all groups were at one over 10 days, being evaluated for five years. Moments (D0, D3, D5, D7 and D10), duration of a classic cycle of otalgia, pruritus, otopodal reflex, erythema, amount of cerumen and auditory gauged, post-collected for bacterial culture, fungal cytology. After the evaluation, each clinical sign received a score of 0 to 3, which 0 was considered absent and 3 the most severe form of appearance, from this score a sum was generated per animal and per group during each evaluation day. The results were analyzed statistically through ANOVA, Kruskal-wallis, Friedman, tukey test and McNerman's test. After the 10 days of treatment, there was a reduction of the isolated microorganisms and the clinical sum of all groups, no statistical difference was found between the test and control groups, demonstrating that the compounds LCF0 1001 and LCF0 1002 obtained similar efficiency to a commercial ceruminolytic widely used. These results confirm that the compounds have action in reducing the clinical signs of external canine otitis, as well as they have action in the microbial reduction.
Bixa orellana;Triticum aestivum;Phytotherapy;Otopathy;Medicinal plant
1
66
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

SANIDADE ANIMAL
CLÍNICA MÉDICA DE PEQUENOS E GRANDES ANIMAIS
TRATAMENTO DA OTITE EXTERNA POR STAPHYLOCOCCUS AUREUS COM ROSMARINUS OFFICINALIS E TRITICUM VULGARE

Banca Examinadora

MARCIA DE OLIVEIRA NOBRE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARCIA DE OLIVEIRA NOBRE Docente - PERMANENTE
EDUARDO NEGRI MUELLER Participante Externo
MARIANA CRISTINA HOEPPNER RONDELLI Participante Externo
CRISTINA GEVEHR FERNANDES Docente - PERMANENTE

Vínculo

Colaborador
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Não