Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
CIÊNCIA E TECNOLOGIA (33144010003P0)
Filmes poliméricos contendo doadores de óxido nítrico e nanopartículas de prata para aplicações tópicas
WALLACE ROSADO ROLIM
DISSERTAÇÃO
31/01/2019

As nanopartículas de prata (AgNPs) têm sido amplamente utilizadas em aplicações biomédicas devido ao seu potente efeito antimicrobiano. De maneira similar, o óxido nítrico (NO) apresenta uma atividade antitumoral e antibacteriana. O NO é uma molécula endógena, que está envolvida em diversos processos fisiológicos, possui um efeito antimicrobiano e tóxico para as células tumorais. Neste trabalho, as AgNPs foram sintetizadas biogenicamente a partir do extrato de chá verde, que possui polifenóis que atuam como agentes redutores e estabilizantes. Como o NO é um radical livre, sintetizou-se a S-nitrosoglutationa (GSNO), molécula que é capaz de doar o NO espontaneamente. Para aumentar as potencialidades de GSNO e AgNPs em aplicações biomédicas, a GSNO e as AgNPs foram incorporadas em filmes sólidos poliméricos de poli(álcool vinílico) (PVA) e poli(etilenoglicol) (PEG). As caracterizações das AgNPs demonstraram a formação bem-sucedida de nanopartículas esféricas, na nanoescala. Além disso, a presença dos polifenóis na superfície da nanopartícula foi confirmada, indicando que esses compostos atuam como agentes estabilizantes. As nanopartículas não demonstraram toxicidade significativa frente a queratinócitos humanos (HaCat) e uma potente ação antibacteriana frente a bactérias gram-positivas e gram-negativas. Os filmes obtidos foram caracterizados por diferentes técnicas, e os perfis de difusão de GSNO e AgNPs foram avaliados. Os resultados demonstraram a formação de filmes sólidos homogêneos de PVA/PEG contendo GSNO e/ou AgNPs na nanoescala distribuídos na matriz polimérica. Filmes de PVA/PEG contendo AgNPs demonstraram uma potente atividade antibacteriana contra diferentes linhagens bacterianas gram-positivas e gram-negativas. Os filmes de PVA/PEG contendo GSNO demonstraram toxicidade para as linhas celulares de carcinoma cervical humano (HeLa) e células de câncer da próstata humano (PC3) e não demonstraram toxicidade significativa frente a linhagens de células saudáveis. A incorporação simultânea de GSNO e de AgNPs em filmes de PVA/PEG diminuiu a viabilidade celular de ambas as linhas de células tumorais, em comparação com as células tratados com os filmes contendo GSNO ou AgNPs individualmente. O material obtido demonstra potencial em aplicações biomédicas como um material antimicrobiano e com propriedades antitumorais.

Nanopartículas de prata;óxido nítrico;filmes poliméricos;atividade antibacteriana;citotoxicidade.
Silver nanoparticles (AgNPs) have been widely used in biomedical applications due to their potent antimicrobial effect. Similarly, nitric oxide (NO) has antitumor and antibacterial activity. The NO is an endogenous molecule, which is involved in various physiological processes, that has an antimicrobial and toxic effects on tumor cells. In this work, AgNPs were biogenically synthesized by using the green tea extract, which has polyphenols that act as reducing and stabilizing agents. As NO is a free radical, S-nitrosoglutathione (GSNO), a spontaneous NO donor, was synthesized. To enhance the potential of GSNO and AgNPs in biomedical applications, GSNO and AgNPs were incorporated into poly(vinyl alcohol) (PVA) and poly(ethylene glycol) (PEG) polymeric films. The characterizations of AgNPs demonstrated the successful formation of spherical nanoparticles at nanoscale. In addition, the presence of the polyphenols on the surface of the nanoparticle was confirmed, indicating that these compounds act as stabilizing agents. The nanoparticles did not demonstrate significant toxicity to human keratinocytes (HaCat) cells and the nanoparticles demonstrated a potent antibacterial action against gram-positive and gram-negative bacteria. The obtained films were characterized by different techniques, and the diffusion profiles of GSNO and AgNPs were evaluated. The results demonstrated the formation of homogeneous solid films containing of PVA/PEG-containing GSNO and AgNPs, at the nanoscale distributed in the polymer matrix. PVA/PEG films containing AgNPs demonstrated potent antibacterial activity against different gram-positive and gram-negative bacterial strains and films of PVA/PEG containing GSNO and AgNPs showed toxicity to human cervical carcinoma (HeLa) cell lines and human prostate cancer cells (PC3) and the films did not demonstrate a significant toxicity against non-tumoral cells. The incorporation of GSNO and AgNPs into PVA/PEG films decreased the cell viability of both cancer cell lines, compared to the cells treated with the films containing GSNO or AgNPs individually. The obtained material demonstrates potential in biomedical applications as an antimicrobial material with antitumoral properties.
Silver nanoparticles;nitric oxide;polymeric films;antibacterial activity;cytotoxicity
1
125
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

QUÍMICA
-
-

Banca Examinadora

AMEDEA BAROZZI SEABRA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
WENDEL ANDRADE ALVES Docente - PERMANENTE
DIEGO STEFANI TEODORO MARTINEZ Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não