Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
CIÊNCIA ANIMAL (32001010042P5)
Classificação imunofenotípica do linfoma de gatos domésticos e sua correlação com vírus da leucemia felina .
DAYSE HELENA LAGES DA SILVA
DISSERTAÇÃO
06/02/2019

O linfoma é a neoplasia mais comum em gatos, apresenta várias formas anatômicas, sendo a mais comum a gastrointestinal. Entretanto, envolvimento do gammaretrovírus pode predispor a apresentação de outras formas anatômicas como a mediastinal e a multicêntrica. O objetivo deste trabalho foi realizar um estudo retrospectivo do linfoma felino e correlacionar a forma anatômica, o imunofenótipo com a presença do DNA proviral do vírus da leucemia felina (FeLV), para tanto foram avaliados 56 casos. A forma do linfoma mais comum foi a gastrointestinal. Não houve diferença significativa na proporção entre linfoma de células T (28) e o de células B (26). Utilizando DNA extraído de tecido parafinizados de 29 gatos, foram obtidos 24 positivos para o DNA proviral do FeLV através do PCR semi nested. A forma anatômica multicêntrica apresentou maior percentual (37,5%) da presença do DNA proviral do FeLV, seguida da mediastinal. O imunofenótipo que teve maior correlação com a presença do vírus foi o linfoma de células T (50%). Aparentemente no Brasil, existe uma alta relação entre o linfoma e a presença do DNA proviral do FeLV.

Imuno-histoquímica;forma anatômica;células T;células B;provírus do FeLV
Lymphoma is the most common neoplasm in cats, presenting several anatomical forms, the most common being the gastrointestinal. However, involvement of the gammaretrovirus may predispose the presentation of other anatomical forms such as the mediastinal and multicentric. The objective of this work was to conduct a retrospective study of feline lymphoma and to correlate the anatomical form, the immunophenotype with the presence of feline leukemia virus proviral DNA (FeLV), for which 56 cases were evaluated. The most common form of lymphoma was gastrointestinal. There was no significant difference in the proportion between T-cell lymphoma (50%) and B-cell lymphoma (46.40%). The DNA of the paraffinized tissue was extracted from 29 cases, being 82.75% positive for the proviral DNA of FeLV through semi nested PCR. The multicentric anatomical form had a higher percentage (37.5%) of the presence of FeLV proviral DNA, followed by mediastinal. The immunophenotype that had the highest correlation with the presence of the virus was T-cell lymphoma (50%). It is concluded that in Brazil, there is a high correlation between lymphoma and the presence of the proviral DNA of FeLV
Immunohistochemistry;anatomical form;T cells;B cells;FeLV provirus
69
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

MEDICINA E CIRURGIA VETERINÁRIAS
AVALIAÇÃO CLÍNICA E LABORATORIAL DA FISIOLOGIA E PATOLOGIA VETERINÁRIAS
Caracterização do linfoma em felinos domésticos.

Banca Examinadora

FABIOLA DE OLIVEIRA PAES LEME
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RODRIGO DOS SANTOS HORTA Participante Externo
TATHIANA MOURAO DOS ANJOS Participante Externo
ROSELENE ECCO Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Excelência Acadêmica 24

Vínculo

-
-
-
Sim