Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
CIÊNCIAS VETERINÁRIAS (22003010001P1)
ULTRASSONOGRAFIA MODO-B COMO UMA FERRAMENTA NÃO INVASIVA PARA DETERMINAÇÃO SEXUAL E AVALIAÇÃO DA MATURAÇÃO GONADAL EM Prochilodus brevis (CHARACIFORMES, PROCHILODONTIDAE)
PEDRO EMIDIO LEITE MORAES FERREIRA
DISSERTAÇÃO
31/01/2019

Dentre as espécies de peixes nativas brasileiras, com potencial para exploração, encontra-se a curimatã comum (Prochilodus brevis). Todavia, sua reprodução induzida apresenta alguns entraves, alguns deles devem-se à falta de dimorfismo sexual evidente, inclusive em indivíduos adultos, aliado ao fato de os métodos de sexagem pré-existentes serem invasivos e prejudicarem o bem-estar do animal e consequentemente seu sucesso reprodutivo. Nesse contexto, a ultrassonografia surge como um possível método para determinação sexual nessa espécie. Com o objetivo de verificar a eficácia desse método, foram selecionados ao acaso 32 curimatãs, de ambos os sexos, oriundas de um plantel de 55 animais adultos, capturados no município de Canindé-CE, de onde foram transportados imediatamente para a Universidade Estadual do Ceará. Após o período de adaptação, foi procedida a análise ultrassonográfica desses animais, distribuída em 2 ocasiões, com intervalo de cerca de 6 meses entre elas. Após a análise ultrassonográfica, os animais foram eutanasiados e submetidos à avaliação necroscópica, com foco na morfometria gonadal, e foram coletados fragmentos de ovários e testículos para análise histológica e classificação do estádio de maturação gonadal. Foram realizadas análises de correlação e regressão múltipla (p<0,05), a fim de verificar o grau de associação entre os parâmetros ultrassonográficos e morfométricos, para estabelecer uma equação de predição para o peso gonadal (PG), volume gonadal (VG) e índice gonadossomático (IGS). IGS=16,22 x areatransversa, PG= 30,3 x areatransversa, VG= 0,001260036 x pixels. Também obteve-se um modelo capaz de predizer o sexo dos animais, com base em parâmetros ultrassonográficos. Dessa forma, conclui-se que a ultrassonografia é uma ferramenta útil para realizar a sexagem, estimar o IGS, o peso e o volume gonadal de P. brevis, durante a estação reprodutiva.

Piscicultura. Curimatã. Peixes nativos. Ovário. Testículo.
The Brazilian bocachico (Prochilodus brevis) is one of many Brazilian native species of fish, with potential to exploitation. However, its induced reproduction has some obstacles, some of them are the absence of evident sexual dimorphism, even if in adults individuals, and t fact of the old methods of sexing be invasive and prejudice the welfare of the animal and its reproductive success. In this canary, the ultrasonography appears as a possible method to sexual determination in this species. With the objective of verify the efficacy of this method, 32 bocachicos of both sexes were selected from a squad of 55 adult animals, captured in Canindé- CE, from where they were transportated to the State University of Ceará. After a adaptation period, they were divided in two groups and analyzed by ultrasonography, with the interval of 6 months between them. So, they were euthanized and the necroscopy was done with the focus on the gonads. Fragments of testicles and ovaries were collected to histologic analyze and classification of the stage of gonadal maturity. Analyzes of correlation and multiple regression were done to verify the degree of association of the ultrasonographic and morphometric parameters, to establish an equation of predition to gonadal weight (WG), gonadal volume (GV) and gonadossomatic index (GSI). IGS=16,22 x transversearea, PG= 30,3 x transversearea, VG= 0,001260036 x pixels. It was selected a model of sex prediction based on the ultrassonografic parameters. In conclusion, the ultrassonography is a useful tool to sex, to estimate the GSI, the gonadal weight and gonadal volume of P. brevis, during the reproductive season.
Fisheries, Bocachico. Native Fish. Ovary. Testicle.
1
53
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

REPRODUÇÃO E SANIDADE ANIMAL
REPRODUÇÃO E SANIDADE DE CARNÍVOROS, ONÍVOROS, HERBÍVOROS E AVES
-

Banca Examinadora

CARMINDA SANDRA BRITO SALMITO VANDERLEY
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RAFAEL ROSSETTO DE SOUSA Docente - VISITANTE
EDUARDO ANTONIO SANCHES Participante Externo
PAULO RICARDO DE OLIVEIRA BERSANO Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Bolsa de Mestrado GM e Doutorado GD 24

Vínculo

-
-
-
Não