Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
CIÊNCIA ANIMAL NOS TRÓPICOS (28001010036P7)
PRÓPOLIS VERDE COMO AGENTE TERAPÊUTICO NO TRATAMENTO PÓS-CIRÚRGICO DA LINFADENITE CASEOSA
MAURICIO ALCANTARA KALIL
DISSERTAÇÃO
20/02/2019

O tratamento da linfadenite caseosa com antibióticos não é eficaz, sendo necessária a excisão cirúrgica das lesões. A solução de iodo a 10% é atualmente a escolha para o tratamento póscirúrgico, mas pode apresentar histotoxicidade. Considerando que a própolis verde possui comprovadas atividades antibacteriana e cicatrizante, o presente trabalho teve como objetivo avaliar o uso de uma pomada com base em própolis verde como opção terapêutica pós-cirúrgica no tratamento da linfadenite caseosa. Foram utilizados 28 ovinos, que passaram por cirurgia para excisão das lesões caseosas, e então divididos em dois grupos, (1) tratamentocom iodo, e (2) tratamento com pomada de própolis verde. Foram analisados dados clínicosdos animais, o tamanho da área cicatricial e a presença de umidade e secreção na cicatrizaçãoda ferida cirúrgica, bem como a resposta imune humoral contra a bactéria. O grupo tratadocom própolis verde cicatrizou completamente a ferida cirúrgica uma semana antes do grupotratado com iodo, com menos casos de secreção na ferida, apesar de não estatisticamentediferente do grupo tratado com iodo. Não foram vistos sinais clínicos que indicasse toxicidadeou outros efeitos colaterais do uso da própolis, associada a uma recuperação dos pelos maisrápida e organizada. Conclui-se que a pomada de própolis verde pode ser utilizada notratamento pós-cirúrgico da linfadenite caseosa em pequenos ruminantes, pelo seu efeito nacicatrização e inibição de contaminação da ferida, com melhor efeito estético após arecuperação final do animal.

antimicrobianos;cicatrização;Corynebacterium pseudotuberculosis;ovino.
The treatment of caseous lymphadenitis with antibiotics is not effective, requiring the surgical excision of the lesions. The 10% iodine solution is currently the choice for the post-surgical treatment, but may present histotoxicity. Considering that green propolis has proven to have antibacterial and wound healing properties, this study aimed to evaluate the use of a green propolis-based ointment as a post-surgical therapeutic option in the treatment of caseous lymphadenitis. Thirty-eight sheep were submitted to surgery for the excision of caseous lesions, and then divided into two groups, (1) iodine treatment, and (2) treatment with green propolis ointment. Clinical data of the animals, the size of the scar area and the presence of moisture and secretion in the surgical wound, as well as the humoral immune response against the bacterium, were analyzed. The green propolis treated group completely healed the surgical wound one week before the iodine treated group, with fewer cases of wound secretion, although not statistically different from the iodine treated group. No clinical signs were found to indicate toxicity or other side effects of propolis use, associated with faster and more organized hair recovery. It is concluded that the green propolis ointment can be used in the post-surgical treatment of caseous lymphadenitis in small ruminants, due to its significant effect on healing and inhibition of wound contamination, with a better esthetic effect after the final recovery of the animal.
antimicrobianos;cicatrização;Corynebacterium pseudotuberculosis;ovinos.
01
58
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE ANIMAL
PRODUTOS E PROCESSOS BIOTECNOLÓGICOS
Atividade de extratos de própolis verde, vermelha e marrom obtidos por extração supercrítica sobre Malassezia pachydermatis

Banca Examinadora

RICARDO WAGNER DIAS PORTELA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RICARDO WAGNER DIAS PORTELA Docente - PERMANENTE
NUBIA SEYFFERT Participante Externo
MELISSA HANZEN PINNA VALENTIM Docente - PERMANENTE
MARCELO ANDRES UMSZA GUEZ Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DA BAHIA - Programa de Bolsas FAPESB - Cota Institucional 24

Vínculo

Bolsa de Fixação
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim