Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA
SERVIÇO SOCIAL (24004014015P4)
A PRECARIZAÇÃO DO TRABALHO NO CONTEXTO DE CRISE DO CAPITAL: uma análise da concepção presente no debate de Giovanni Alves e Ricardo Antunes.
JAQUELINE AVELINO DAS MERCES BARBOSA
DISSERTAÇÃO
30/05/2018

Este trabalho de dissertação apresentado ao programa de pós – graduação em Serviço Social da Universidade Estadual da Paraíba denominado: A Precarização do Trabalho no Contexto de Crise do Capital: uma análise da concepção presente no debate de Giovanni Alves e Ricardo Antunes, tem como objetivo analisar o debate do fenômeno da precarização do trabalho a partir das concepções dos estudos de Giovanni Alves e Ricardo Antunes, estudiosos da categoria trabalho nas condições históricas do capitalismo contemporâneo. A pesquisa consiste na análise bibliográfica das obras e artigos referentes a temática apresentada possibilitando uma aproximação com o debate teórico dos autores, através da leitura interpretativa dos conteúdos relevantes para o estudo. Procurou-se adentrar a discussão da crise do modo de produção capitalista e as suas repercussões para a classe – que - vive - do – trabalho. Para isso identificou-se como a crise do capital e a reestruturação produtiva teve impactos diretos sobre a precarização no mundo do trabalho, na ordem mundial e na particularidade brasileira. A partir das concepções de Alves e Antunes, autores de filiação marxista buscou – se problematizar o processo de precarização do trabalho e suas repercussões, como fenômeno importante na contemporaneidade. Às análises demonstram que, o capitalismo em suas décadas mais recentes, vem apresentando um movimento tendencial em que a flexibilização, terceirização, a informalidade e o desemprego são mecanismos vitais, para o processo de precarização estrutural do trabalho, tanto para a preservação quanto para a ampliação da lógica destrutiva do capital. Neste sentido, o estudo busca contribuir na sistematização do debate acerca da precarização do trabalho, auxiliando nos estudos do/a assistente social como trabalhador/a assalariado incluso em todo este processo de exploração e precarização do trabalho. Por fim pretendeu- se nesse trabalho fomentar a produção de conhecimento do Serviço Social e áreas afins, constatando a importante contribuição das obras dos autores referendados sobre o pretenso debate da precarização do trabalho, assim como, a centralidade da categoria trabalho nas relações sociais capitalistas e o potencial revolucionário da classe trabalhadora.

Crise do Capital, Reestruturação Produtiva, Precarização do Trabalho
This work of dissertation presented to the post - graduate program in Social Service of the State University of Paraíba denominated: Work and Social Work: an analysis of the conception of precarization of the work present in the debate of the profession has as objective to analyze the debate of the phenomenon of the precarization of the work in the field of Social Service from the conceptions of the studies of Giovanni Alves and Ricardo Antunes studious authors of the category work in the historical conditions of the contemporary capitalism. The research consisted of the bibliographical analysis of the works and articles referring to the thematic presented, allowing the theoretical deepening, through the interpretative reading of the contents relevant to the study. We tried to enter the discussion of the crisis of the capitalist mode of production, and its repercussions for the class - that - lives - of - work. For this, it was identified as the crisis of capital and productive restructuring had direct impacts on the precariousness in the world of work, in the world order and in Brazilian particularity. From the conceptions of Alves and Antunes, authors of Marxist affiliation sought to problematize the process of precarization of work and its repercussions, as an important phenomenon in contemporary times. Analyzes show that capitalism in its most recent decades has been presenting a trend in which flexibilization, outsourcing, informality and unemployment are vital mechanisms for the process of structural precarization of work, both for preservation and for expansion of the destructive logic of capital. Judging by the importance of this study, the research seeks to help in the debate about the relations and working conditions of the social worker as a salaried worker included in this whole process of exploitation and precarization of work, in order to contribute to the academic formation and therefore professional practice. Finally, it was intended to foster the production of knowledge of Social Work and related areas, noting the important contribution of the works of the authors referendados on the alleged debate of the precariousness of work, as well as the centrality of the category of work in capitalist social relations and the revolutionary potential of the working class.
Capital Crisis,Productive Restructuring, Precarization of Labor, Social Work.
1
71
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAIBA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SERVIÇO SOCIAL, QUESTAO SOCIAL E DIREITOS SOCIAIS
SERVIÇO SOCIAL, ESTADO, TRABALHO E POLÍTICAS SOCIAIS
-

Banca Examinadora

MOEMA AMELIA SERPA LOPES DE SOUZA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
TERCALIA SUASSUNA VAZ LIRA Participante Externo
GERALDO MEDEIROS JUNIOR Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não