Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
EDUCAÇÃO (33003017001P2)
A ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO COLETIVO NA ESCOLA: FATORES QUE FACILITAM OU DIFICULTAM O PROCESSO
ANDREA MARIA MARTINS CHIACCHIO
TESE
19/12/2018

A presente pesquisa analisou o contexto da organização do trabalho escolar de uma instituição escolar pública, na rede estadual do município de Poços de Caldas, Minas Gerais, com o foco nas condições coletivas, nas políticas educacionais, no papel desempenhado pela gestão e supervisão. Teve por objetivo a identificação dos fatores que podem facilitar ou dificultar o trabalho coletivo desenvolvido pelos agentes educacionais. Utilizou a Pesquisa Qualitativa, especificamente a abordagem da Etnografia em educação. As professoras, a diretora, a vicediretora e a supervisora pedagógica dos anos iniciais do Ensino Fundamental foram os sujeitos selecionados. As bases teóricas utilizadas abrangem as ideias de autores como: Heloani (2003, 2018), Heloani e Piolli (2010, 2012, 2014) e Oliveira (2004, 2009, 2010,), que analisam a organização escolar no âmbito das políticas e da sociedade capitalista, desvendando as condições e consequências para trabalhador docente. O trabalho coletivo abrange as contribuições da abordagem Histórico-Cultural de Vigotski (2008) e Clot (2006a, 2006b, 2006c, 2008), que contemplam a atividade laboral como fundamental para evolução humana, entendendo o homem como um ser essencialmente social. A análise e discussão de dados permitiu interpretar que muitos fatores do cotidiano podem ao mesmo tempo dificultar ou facilitar o trabalho coletivo. Os objetivos comuns, o projeto global da escola, as reuniões pedagógicas, características das professoras e os cursos de formação, são fortes indícios de que há um caminho coletivo se desenvolvendo. No entanto, algumas questões precisam ser superadas, como por exemplo, o quadro precário indicado pela rotatividade, pela sobrecarga, pelas condições inadequadas, pelo excessivo controle burocrático e também pelo trabalho fragilizado da diretora. Entende-se que há a necessidade de incentivar os pontos positivos que anunciam o trabalho coletivo, assim como proporcionar uma formação mais consciente na escola, ressaltando os condicionantes da organização do trabalho escolar na sociedade capitalista contemporânea para que os sujeitos possam buscar uma forma mais adequada de estruturar o trabalho coletivo e democrático. Os resultados da pesquisa podem contribuir para a reflexão e problematização de questões sobre a organização do trabalho escolar, além de destacar as ações que facilitem o coletivo no interior das escolas.

Trabalho coletivo;organização do trabalho escolar;gestão escolar;políticas educacionais
The present study analyzed the context of the school work organization of a public school institution, in the state network of Poços de Caldas, Minas Gerais, with a focus on collective conditions, educational policies, the role played by management and supervision. The objective was to identify the factors that may facilitate or hinder the collective work developed by educational agents at school. It was used Qualitative Research, specifically the ethnography approach in education, seeking to find the implicit and explicit meanings in the actions and events of the subjects in the school everyday. The selected subjects were the teachers, the director, the deputy director and the pedagogical supervisor of the initial years of elementary school. This selection allowed a greater visibility in the whole of the organization and the work in its daily life. The theoretical bases used cover the ideas of authors such as Heloani (2003, 2018), Heloani and Piolli (2010, 2012, 2014) and Oliveira (2004, 2009, 2010), which analyze the school organization in scope of policies and work organization in capitalist society, unraveling the conditions and consequences for teachers. The collective work covers the contributions of the Historical-Cultural approach of Vigotski (2008) and Clot (2006a, 2006b, 2006c, 2008), which contemplate work activity as fundamental for human evolution, understanding man as an essentially social being. In this sense, work is a primordially collective activity. The analysis and discussion of data allowed us to interpret that many everyday factors can at the same time hinder or facilitate collective work. The common objectives, the overall project of the school, the pedagogical meetings, the characteristics of the teachers and the training courses, are strong indications that there is a collective path developing. However, some issues need to be overcome, such as the precarious situation indicated by turnover, overburden, inadequate conditions, excessive bureaucratic control, and the director's fragile work. It is understood that there is a need to encourage the positive points that announce the collective work, as well as to provide a more conscious formation in the school, highlighting the constraints of the organization of school work in contemporary capitalist society so that the subjects can seek a more adequate way structure of collective and democratic work. The research results can contribute to the reflection and problematization of questions about the organization of school work, besides highlighting the actions that facilitate the collective within the schools.
Collective work;organization of school work;school management;educational policies
1
257
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

EDUCAÇÃO
-
-

Banca Examinadora

SERGIO ANTONIO DA SILVA LEITE
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JOSE ROBERTO MONTES HELOANI Docente - PERMANENTE
EVALDO PIOLLI Docente - PERMANENTE
MARIA SILVIA PINTO DE MOURA LIBRANDI DA ROCHA Participante Externo
JACQUELINE DE SOUSA BATISTA FIGUEIREDO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Ensino e Pesquisa
Não