Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
MEDICINA (UROLOGIA) (33009015021P1)
ANÁLISE COMPARATIVA DAS CONCENTRAÇÕES DE LEPTINA E ADIPONECTINA NO LÍQUIDO FOLICULAR DE MULHERES COM DIFERENTES ÍNDICES DE MASSA CORPORAL SUBMETIDAS AO TRATAMENTO DE FERTILIZAÇÃO IN VITRO
BEATRIZ ZAPPELLINI DE SOUZA
DISSERTAÇÃO
20/02/2018

A associação entre obesidade e aumento do risco de falha reprodutiva tem sido relacionada a alterações metabólicas e endócrinas, de forma que diversos estudos têm demonstrado a importância do balanço nutricional e disponibilidade de nutrientes na fertilidade. Alguns hormônios provenientes do tecido adiposo, como a leptina e a adiponectina, participam como moduladores da secreção de GnRH, alterando a produção e liberação de LH e FSH. Visando avaliar os efeitos da obesidade no microambiente folicular, foram analisadas as concentrações de leptina e adiponectina no líquido folicular de pacientes com infertilidade, assim como as concentrações de estresse oxidativo. Para isso, amostras de líquido folicular de 74 pacientes com diferentes índices de massa corporal foram coletadas após estimulação ovariana controlada para o tratamento de fertilização in vitro. As pacientes foram divididas em grupos de acordo com o índice de massa corporal (IMC), incluindo os grupos de eutróficas (GE:18,5 > IMC > 24,9; n=25), sobrepeso (GS: 24,9 > IMC < 29,9, n = 24) e obesas (GO: IMC > 30, n = 25). As pacientes obesas apresentaram um aumento significante no número de oócitos (8,44 ± 5,69; p=0.040), de oócitos fertilizados (4,96 ± 4,00; p=0,045), de embriões no segundo dia de cultivo (4,92 ± 4,23; p=0.041) e de embriões ruins no terceiro dia de cultivo (3,59 ± 2,25; p=0.037). Considerando os analitos medidos no presente estudo, foi possível observar que pacientes obesas tem maiores concentrações de leptina no líquido folicular quando comparadas as pacientes magras (622,50 ± 1304,84; p=0.019). Este estudo demonstrou que o IMC está relacionado à concentração de leptina no líquido folicular das mulheres submetidas ao tratamento de fertilização in vitro.

Obesidade;Adipocinas;Infertilidade feminina;ICSI
The association between obesity and the increased risk of reproductive failure has been related to metabolic and endocrine alterations, and many studies have shown the relevance of nutritional balance and the availability of nutrients in fertility. Some hormones produced by the adipose tissue, such as leptin and adiponectin, can act as modulators in the GnRH secrection, altering the production and liberation of LH and FSH. Aiming to evaluate the effects of obesity on the follicular microenvironment, leptin and adiponectin levels were measured in follicular fluid from infertile patients, as well as its oxidative stress status. For this purpose, follicular fluid samples of 74 patients of different body mass indices were collected after controlled ovarian stimulation for in vitro fertilization treatment. Patients were divided among three groups: eutrophic (18,5 > BMI < 24,9; n=25), overweight (24,9 > BMI < 29,9; n=24) and obese (BMI > 30; n=25). Leptin and adiponectin levels were measured by MAGPIX TM equipment and the lipid peroxidation analysis was measured by TBARS. Obese patients had a significant higher number of oocytes (8,44 ± 5,69; p=0.04), fertilized oocytes (4,96 ±4,00; p=0.045), D2 embryo (4,92 ± 4,23; p=0.041) and poor-quality embryo at D3 (3,59 ± 2,25; p=0.037) when compared with the other groups. Considering the analytes measured in the present study, we observed that obese patients showed higher levels of leptin in follicular fluid, in comparison with controls (622,50 ± 1304,84; p=0.019). This study has shown that BMI is related to leptins’ concentration in the follicular fluid of women undergoing in vitro fertilization.
Obesity;Adipokines;Female infertility;ICSI
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

REPRODUÇÃO HUMANA E ANDROLOGIA
MECANISMOS CELULARES E MOLECULARES DA INFERTILIDADE FEMININA
Determinação do perfil lipídico e metabolômico do líquido folicular, células do cumulus e plasma sanguíneo de mulheres com diferentes causas de infertilidade submetidas ao tratamento de fertilização in vitro.

Banca Examinadora

EDSON GUIMARAES LO TURCO
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
LILA MISSAE OYAMA Participante Externo
EDSON GUIMARAES LO TURCO Docente - PERMANENTE
SYLVIA SANCHES CORTEZZI Participante Externo
GUSTAVO ARANTES ROSA MACIEL Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não