Dados do Trabalhos de Conclusão

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
Zootecnia (21001014029P8)
Enriquecimento ambiental para promoção do bem-estar de suínos na fase de creche
PATRICK ELVIS PARAGUAIO
DISSERTAÇÃO
30/08/2018

Objetivou-se avaliar o uso de artefatos, como forma de enriquecimento ambiental e seu efeito no comportamento e parâmetros fisiológicos de suínos na fase de creche. Foram utilizados 28 suínos, machos, castrados com 38 dias de vida, oriundos das raças landrace e large White, distribuídos igualmente em quatro baias. Os tratamentos foram aplicados em dois períodos consecutivos, com duração de sete dias cada um, onde, no Período 1 (P1) consistiram na presença e ausência de artefato, avaliados durante sete dias e Período 2 (P2) onde foi retirado o artefato das baias que haviam sido instaladas no P1. O artefato consistia em pneus de 45 cm de diâmetro, nas duas baias que o receberam, estes foram oferecidos durante sete dias, com a retirada diária, para limpeza, afim de manter o interesse do animal. Durante os dois períodos foram coletados parâmetros ambientais para caracterização do estresse térmico, a analise comportamental, foi realizada nos três primeiros dias de cada período, para observar o efeito da instalação no P1, e da retirada no P2, os parâmetros comportamentais foram coletados, diuturnamente, por meio de observação visual em tempo real a cada 15 minutos das 8:00 às 18:00 horas. Onde se utilizou os tipos de comportamentos adaptados de Campos et al. (2010) e Kiefer et al. (2009), os parâmetros fisiológicos foi realizado nos três dias consecutivos após a análise comportamental, com coleta realizadas nos turnos manhã e tarde, as variáveis fisiológicas foram frequência respiratória, temperatura retal, temperatura de superfície da carúncula do olho, do flanco e do pescoço. Na análise comportamental foi observado no P1 que houve diferença significativa a 5% de probabilidade para as frequências observadas das variáveis positivas dormindo, bebendo, brincando com o brinquedo (BCB), brigando, fuçando outro, deitado acordado e comendo, e no P2 houve diferença significativa a 5% de probabilidade para as frequências observadas das variáveis positivas brigando, dormindo deitado acordado, bebendo, BCB, e defecando.

Bem-estar;estresse;etograma;frequência respiratória;temperatura retal
The objective was to evaluate the use of artifacts as a form of environmental enrichment and its effect on the behavior and physiological parameters of pigs in the day care phase. Thirty - eight male pigs, castrated at 38 days old, from the landrace and large White breeds, were also distributed in four stalls. The treatments were applied in two consecutive periods, with a duration of seven days each, where, in Period 1 (P1) consisted of the presence and absence of artifact, evaluated during seven days and Period 2 (P2) where the artifact was removed from the stalls which had been installed in P1. The artifact consisted of tires of 45 cm in diameter, in the two bays that received it, these were offered during seven days, with the daily withdrawal, for cleaning, in order to maintain the interest of the animal. During the two periods, environmental parameters were collected to characterize the thermal stress, behavioral analysis was performed in the first three days of each period, to observe the effect of the installation in P1, and of the withdrawal in P2, the behavioral parameters were collected, , by means of real-time visual observation every 15 minutes from 8:00 am to 6:00 p.m. Where we used the types of behaviors adapted from Campos et al. (2010) and Kiefer et al. (2009), physiological parameters were performed on the three consecutive days after the behavioral analysis, with collection performed in the morning and afternoon shifts, the physiological variables were respiratory rate, rectal temperature, surface temperature of the caruncula of the eye, flank and neck . In the behavioral analysis, it was observed in the P1 that there was a significant difference at 5% probability for the observed frequencies of the positive variables sleeping, drinking, playing with the toy (BCB), fighting, rummaging, lying awake and eating, and in P2 there was difference significant at 5% probability for the observed frequencies of the positive variables quarreling, sleeping lying awake, drinking, BCB, and defecating.
Welfare;stress;etogram;respiratory frequency;rectal temperature
0
PORTUGUES
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUÍ
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO ANIMAL
NUTRIÇÃO ANIMAL E PRODUÇÃO DE ALIMENTOS
-

Banca Examinadora

LEONARDO ATTA FARIAS
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
PRISCILA TEIXEIRA DE SOUZA CARNEIRO Participante Externo
SINEVALDO GONCALVES DE MOURA Participante Externo

Vínculo

-
-
-
Não