Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
GEOGRAFIA (28006011170P3)
MOBILIDADE E PLASTICIDADE DO TRABALHO: A REPRODUÇÃO DA VIDA DOS TRABALHADORES NO MUNICÍPIO DE BELO CAMPO/BA
SILMARA OLIVEIRA MOREIRA
DISSERTAÇÃO
10/09/2018

A dissertação que se apresenta tem como objetivo central analisar a plasticidade do trabalho por meio da leitura sobre a mobilidade e a reprodução das relações de trabalho, para pensar como esse processo se configura ao longo do tempo no espaço e na vida dos sujeitos, tendo como foco um estudo de campo sobre trabalhadores das comunidades rurais de Marimbondo e Sussuarana, e na área urbana do município de Belo Campo/BA. Compreende-se que a mobilidade do trabalho, enquanto um processo, é marcada pela falsa ideia de liberdade de escolha do trabalhador e se revela enquanto resultado da submissão da força de trabalho ao capital. O município de Belo campo reflete as transformações no mundo do trabalho no período atual de reestruturação produtiva, marcado pela desregulamentação do trabalho frente à crise estrutural do capital. Os procedimentos metodológicos utilizados têm como base uma pesquisa qualitativa composta por instrumentos de investigação como a pesquisa bibliográfica, pesquisa de campo, pesquisa documental, observações, registros fotográficos e mapeamentos. Belo Campo possui relações de trabalho marcadas pela precarização do trabalho e por uma intensa mobilidade de trabalhadores que se ocupam de trabalhos temporários e precarizados. O modelo de desenvolvimento urbano industrial adotado pelo Brasil reflete-se no esvaziamento do campo dos pequenos municípios em detrimento do aumento de pessoas vivendo na cidade. Os deslocamentos temporários de trabalhadores pelo território coadunam com a reprodução contínua da condição de força de trabalho mobilizada. A plasticidade do trabalho, portanto, se revela atrelada à mobilidade em um processo degradante de disponibilização dos sujeitos em constante readequação no mercado de trabalho para atender à demanda do capital.

Plasticidade do Trabalho;Mobilidade do Trabalho;Reestruturação Produtiva;Belo Campo;Urbanização.
This dissertation has a central objective to analyze labor plasticity by reading about the mobility and the reproduction of work relations and thinking about how this process is shaped over time and space in people’s lives, focusing on a field study of workers in the rural communities of Marimbondo and Sussuarana, and in the urban area of the municipality of Belo Campo, Bahia, Brasil. Work mobility, as a process, is highlighted by a false idea of freedom of choice and reveals itself as the result of workforce submission to the capital. The municipality of Belo Campo reflects the changes in the work world in the current period of production restructuring, marked by labor deregulation because of the capital’s structural crisis. The methodological instruments used are based on qualitative research, consisting of bibliographical research, notes, documentary research, observations, photos and maps. Belo Campo has work relations marked by the precariousness of work and is marked by intense mobile workers who are engaged in temporary and precarious jobs. The model of industrial urban development, adopted by Brazil is reflected in the emptying of the rural areas in the small municipalities, at the expense of the increase of people living in the city. The temporary movement of workers across the territory co-exists with the continuous reproduction of the mobilized workforce and its conditions. Labor plasticity is revealed, therefore, as a degrading process that has the availability of the people in a constant readjustment in the labor market to meet the demand of the capital.
Labor Plasticity;Work Mobility;Productive Restructuring;Belo Campo;Urbanization.
156
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

PRODUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO
PRODUÇÃO DOS ESPAÇOS URBANOS E RURAIS
URBANIZAÇÃO E PRODUÇÃO DE CIDADES NA BAHIA: O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO

Banca Examinadora

JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS
DOCENTE - COLABORADOR
Sim
Nome Categoria
FERNANDA VIANA DE ALCANTARA Docente - PERMANENTE
JANIO LAURENTINO DE JESUS SANTOS Docente - COLABORADOR
VANESSA DIAS DE OLIVEIRA Participante Externo

Vínculo

CLT
Outros
Ensino e Pesquisa
Não