Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
História (33009015078P3)
"DE QUAL JAPÃO ESTAMOS FALANDO?" MEMÓRIA E IDENTIDADE A PARTIR DA CONCEPÇÃO DE "JAPÃO" DOS DESCENDENTES DE JAPONESES NO BRASIL
CESAR KENZO NAKASHIMA
DISSERTAÇÃO
26/04/2018

Após quase 110 anos da imigração japonesa no Brasil e do processo de integração deste grupo migratório na sociedade brasileira, ainda hoje existe uma relação paradoxal entre os dois países – e isto se reflete muitas vezes no cotidiano dos nipo-descendentes, que acabam sendo associados ao país mesmo tendo nascido em território brasileiro. Os efeitos desta condição se revelam nas nuances de suas trajetórias, e isso abre caminho para refletir de que maneira o Japão (ou os “Japões”) se manifesta nessas experiências, e em que medida ele se aproxima ou se distancia do sentimento de pertencimento. Assim sendo, o presente trabalho teve por objetivo evidenciar, a partir do uso da História Oral, as formas como os nipo-descendentes lidam com esta questão identitária a partir das concepções de “Japão” construídas através de suas experiências de vida. Trazer esta reflexão para as discussões acerca do tema é de grande importância para compreender o fenômeno migratório e seus efeitos na sociedade brasileira –incluindo a comunidade Nikkei –, que cada vez mais estreita relações culturais com o país asiático a partir de festivais, de produções artísticas, da culinária e, principalmente, da indústria do entretenimento.

japonesa;Comunidade Nikkei;Identidade e Memória;História Oral;Japão.
After almost 110 years of Japanese immigration in Brazil and the process of integration of this migratory group into Brazilian society, there is still a paradoxical relationship between the two countries - and this is often reflected in the daily lives of Japanese descendants, who end up being associated with country even though he was born in Brazil. The effects of this condition are revealed in the nuances of its trajectories, and this opens the way to reflect in which way Japan (or the "Japanese") manifests itself in these experiences, and to what extent it approaches or distances itself from the feeling of belonging . Thus, the present work aimed to show, from the use of Oral History, the ways in which the Japanese descendants deal with this identity issue from the conceptions of "Japan" constructed through their experiences of life. Bringing this reflection to the discussions about the theme is of great importance to understand the migratory phenomenon and its effects on Brazilian society - including the Nikkei community - which increasingly close cultural relations with the Asian country from festivals, artistic productions , cuisine and, above all, the entertainment industry.
Japanese immigration;Nikkei community;Identity and Memory;Oral History;Japan
01
255
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

HISTÓRIA E HISTORIOGRAFIA
PODER, CULTURA E SABERES
Processos Migratórios, Construções Identitárias e Trocas Culturais

Banca Examinadora

SAMIRA ADEL OSMAN
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ODAIR DA CRUZ PAIVA Docente - PERMANENTE
SUZANA LOPES SALGADO RIBEIRO Participante Externo
SAMIRA ADEL OSMAN Docente - PERMANENTE

Vínculo

Colaborador
Outros
Outros
Não