Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA
SAÚDE E PRODUÇÃO ANIMAL NA AMAZÔNIA (15002012006P7)
DETECÇÃO MOLECULAR DE Chlamydophila spp. EM BÚFALAS NO ESTADO DO PARÁ
MARIA CREUZA NUNES CARVALHO DA SILVA
DISSERTAÇÃO
30/08/2018

A clamídia pertence a um grupo de patógenos intracelulares, em que todas as espécies têm o potencial de causar infecção aguda e/ou crônica. Além disso, estas bactérias são capazes de persistir e, portanto, podem reativar uma infecção já presente, acarretando infecções recorrentes. A Chlamydophila abortus, anteriormente classificada como Chlamydia psittaci sorotipo 1, vem sido descrita em muitos países, estando associada, principalmente, com distúrbios reprodutivos em ovinos, bovinos e caprinos. O presente estudo objetivou avaliar a ocorrência de infecção por Chlamydophila spp. por meio de técnica molecular (PCR) em búfalas criadas no Estado do Pará. Foram selecionados 316 peças do sistema reprodutor feminino de búfalas abatidas para consumo. Os úteros foram coletados na linha de abate e, individualmente, foram macroscopicamente avaliados. Em seguida, procedeu-se à colheita de amostras para análise molecular. Para a técnica de extração de DNA foi utilizado o método fenol-clorofórmio. Após as extrações, as amostras de DNA foram submetidas ao sistema de eletroforese em gel de agarose 1,5% para avaliar a qualidade das mesmas. As reações em cadeia da polimerase (PCR) foram realizadas de forma convencional tendo como base o gene omp2 para o gênero Chlamydophila. As reações foram em volume final de25μL contendo 125mM de cada dNTP, 1X de Tampão de PCR, 1,5 mM de MgCl2, 5 mM de cada iniciador, 1,25U de Taq DNA polimerase (Invitrogen) e 50 a 200 μg/μL de DNA genômico. As condições de temperatura e tempo da PCR foram de 5 min inicialmente a 95ºC, seguido de 35 ciclos a 94ºC por 1 min, 55ºC por 1 min e 72ºC por 1 min, finalizando com 7 min à 72 ºC. Os produtos das PCRs foram submetidos para detecção em sistema de eletroforese de agarose 1,5% corados com GelRed (Biotium). Para análise estatístia foram estabelecidas as frequências absolutas e relativas em planilhas do excel. Das 316 amostras de suabes uterinos e de tecidos fetais e/ou uterinos coletadas em vinte e seis propriedadesforam detectados o DNA de Chlamydophila spp. em seis amostras de suabes (1,90%)e todas oriundas de uma única propriedade do município de Soure na Ilha de Marajó, sendo que a ocorrência foram apenas em animais não gestantes. Não houve positividade nas amostras de tecido testadas. Portanto, a ocorrência de clamidiose é baixa no estado do Pará e os casos de infeção não estão relacionados a distúrbios reprodutivos e do estado reprodutivo (gestante e não gestante) em fêmeas bubalinas de acordo com a presente pesquisa. Infere-se, ainda, a necessidade de futuras pesquisas, e o desenvolvimento de sequenciamento para a caracterização genotípica da bactéria.

PCR;DNA;Búfalas;Reprodução.
Chlamydia belongs to a group of intracellular pathogens, in which all species have the potential to cause acute and/or chronic infection. In addition, these bacteria are able to persist and thus can reactivate an already present infection, leading to recurrent infections. Chlamydophila abortus, previously classified as Chlamydia psittaci serotype 1, has been described in many countries, being associated mainly with reproductive disorders in sheep, cattle and goats. The present study aimed to evaluate the occurrence of Chlamydophila spp. by means of molecular technique (PCR) in buffaloes raised in the State of Pará. Thirty-one pieces of the female reproductive system of buffaloes slaughtered for consumption were selected. The uterus were collected in the slaughter line and individually, they were macroscopically evaluated. Then, samples were taken for molecular analysis. For the DNA extraction technique, the phenol-chloroform method was used. After the extractions, the DNA samples were submitted to the 1,5% agarose gel electrophoresis system to evaluate their quality. Polymerase chain reactions (PCR) were performed in a conventional manner based on the omp2 gene for the genus Chlamydophila. The reactions were in final volume of 25μL containing 125mM of each dNTP, 1X PCR Buffer, 1.5 mM MgCl2, 5 mM of each primer, 1.25 U of Taq DNA polymerase (Invitrogen) and 50 to 200 μg / μL of genomic DNA. The temperature and time conditions of the PCR were 5 min initially at 95 ° C, followed by 35 cycles at 94 ° C for 1 min, 55 ° C for 1 min and 72 ° C for 1 min, ending with 7 min at 72 ° C. The products of the PCRs were submitted for detection in a 1.5% agarose electrophoresis system stained with GelRed (Biotium). For statistical analysis, the absolute and relative frequencies were established in excel spreadsheets. Of the 316 samples of uterine swabs and fetal and/or uterine tissues collected at twenty-six properties Chlamydophila spp. in six swab samples (1.90%) and all from a single property in the municipality of Soure on the Island of Marajó, and the occurrence was only in non - pregnant animals. There was no positivity in the tissue samples tested. Therefore, the occurrence of chlamydiosis is low in the State of Pará and the cases of infection are not related to reproductive disorders and reproductive status (pregnant and not pregnant) in buffalo females according to the present research. It is also inferred the need for future research, and the development of sequencing for the genotypic characterization of the bacterium.
PCR;DNA;Buffalo;Reproduction.
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

SAÚDE E MEIO AMBIENTE
RELAÇÃO SAÚDE E MEIO AMBIENTE NA AMAZÔNIA
ESTUDOS MULTIDISCIPLINARES DE ENFERMIDADES EM ANIMAL DE PRODUÇÃO NO ESTADO DO PARÁ

Banca Examinadora

WASHINGTON LUIZ ASSUNCAO PEREIRA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
WASHINGTON LUIZ ASSUNCAO PEREIRA Docente - PERMANENTE
ADRIANA MACIEL DE CASTRO CARDOSO Participante Externo
SANDRO PATROCA DA SILVA Participante Externo
SEBASTIAO TAVARES ROLIM FILHO Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Empresa Pública ou Estatal
Outros
Sim