Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
ARQUITETURA E URBANISMO (53001010042P8)
Planejamento Regional e Desenvolvimento no Brasil: 1955 – 1961
IZADORA CARVALHO LANER
DISSERTAÇÃO
08/06/2018

Considerando o contexto de desenvolvimento nacional do Brasil nos anos 1955-1961, partindo da ideologia desenvolvimentista que buscava superar o subdesenvolvimento a partir do fomento às atividades produtivas associadas ao capitalismo dependente, o presente trabalho buscou analisar como se desenvolveu o esforço de Planejamento Regional no período de 1955 a 1961, relacionado à intervenção do Estado na economia para o fortalecimento do Executivo, o alcance de uma estabilidade política e a amenização dos desequilíbrios inter-regionais, tudo isso por meio do Programa de Metas do Governo JK. Nesse sentido, entendendo a concepção de Brasília como a meta-síntese desse Programa de Metas e a Operação Nordeste, que levou à criação da SUDENE, como meta 31 do mesmo, objetivou-se analisar, como parte central desta investigação, de que forma essas duas frentes de ação de Planejamento Regional contribuíram para alavancar tanto o progresso econômico quanto a integração nacional. Isso porque ambas supostamente configuraram-se como pontos de germinação, visto que impulsionaram a ocupação do interior do país, bem como a construção de uma infraestrutura de energia e transporte, para dar suporte à industrialização das regiões em maior atraso e integrá-las a economia nacional, a fim de alcançar maior equilíbrio inter-regional. Para tanto, via-se necessário consolidar um mercado interno ao crescimento da indústria de base nacional, sobretudo à automobilística e siderúrgica, tronco primordial do investimento de capital externo. Buscou-se, com isso, descentralizar o progresso econômico, deslocando parte dos polos dinâmicos para fora do Centro-sul – região mais desenvolvida, cujo processo de industrialização fora privilegiado em virtude do modelo de substituição de importações.

Planejamento Regional;SUDENE;Brasília
Considering the context of national development of Brazil in the years 1955-1961, starting from the developmentalist ideology that sought to overcome underdevelopment by fomenting the productive activities associated with dependent capitalism, the present work sought to analyze how the Regional Planning effort in the period from 1955 to 1961, related to the State's intervention in the economy for the strengthening of the Executive, the achievement of political stability and the easing of interregional imbalances, all through the JK Government Goals Program. In this sense, understanding the conception of Brasilia as the meta-synthesis of this Program of Goals and Operation Northeast, which led to the creation of SUDENE, as the goal 31 of the same, aimed to analyze, as central part of this investigation, how these two regional planning fronts contributed to leverage both economic progress and national integration. This is because both supposedly became germination points, since they stimulated the occupation of the interior of the country, as well as the construction of an infrastructure of energy and transport, to support the industrialization of the regions in greater delay and to integrate them to the economy national level, in order to achieve a greater interregional balance. In order to do so, it was necessary to consolidate an internal market to the growth of the national-based industry, especially to the automobile and steel industry, the main trunk of foreign capital investment. The aim was to decentralize economic progress by moving part of the dynamic poles out of the more developed Central-South region, whose industrialization process was privileged by virtue of the import substitution model.
Regional Planning;SUDENE, Brasilia
1
139
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA, HISTÓRIA E CRÍTICA
HISTÓRIA E TEORIA DA CIDADE E DO URBANISMO
Urbanismo e Planejamento Urbano-Regional no Municipalismo Interamericano: instituições, concepções e realizações (1938-1976)

Banca Examinadora

RODRIGO SANTOS DE FARIA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
MARIA FERNANDA DERNTL Docente - PERMANENTE
MARILIA STEINBERGER Participante Externo
RODRIGO SANTOS DE FARIA Docente - PERMANENTE

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim