Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
CIÊNCIAS SOCIAIS EM DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE (31002013007P9)
SAUDADE E RUSTICIDADE: RECONVERSÕES SOCIAIS E CONVIVÊNCIA COM AS SECAS ENTRE ELITES PECUARISTAS DO CARIRI PARAIBANO
VALDENIO FREITAS MENESES
TESE
21/06/2018

Nas últimas décadas grandes proprietários da região do Cariri paraibano têm investido na pecuária de caprinos e na publicação de livros de genealogia e memórias de suas famílias. Partindo de pesquisa com os Dantas Vilar, Suassuna e Fernandes Batista, a tese analisa esses movimentos dentro de estratégias de reconversões sociais: tentativas de “mudar para permanecer igual”, de manter um status social, mas de transformar um patrimônio material e simbólico de uma elite sob risco de desclassificação após mudanças recentes nas desigualdades sociais entre o mundo rural e urbano no Nordeste. Por esse caminho, os pecuaristas do Cariri paraibano expressam uma ideia de convivência com as secas sintonizada com bandeiras políticas que, desde final dos anos 1970, circulam entre veículos de imprensa das sociedades de grandes pecuaristas de todo o Nordeste. Diferente da convivência com as secas de pastorais, ONGs e movimentos sociais, o projeto dos pecuaristas de superação do combate às secas exalta a grande propriedade da terra: a fazenda pecuarista seria o local, por excelência, para aprender a conviver com as estiagens. Esse argumento tem legitimidade produzida pela figura de “patriarcas” de famílias que afirmam representar uma linhagem da “Civilização do couro” e deter um saber legítimo sobre vocações “naturais”, como a caprinocultura no semiárido nordestino. Enquanto estratégia de manter uma posição de prestígio, a convivência com as secas das elites pecuaristas também se insere nas lutas sobre o imaginário regional, influenciando na transformação dos caprinos – antes tidos de menor status social em relação aos bovinos – como símbolo de uma “nordestinidade” autêntica: argumento que tem legitimado de eventos turísticos e gastronômicos à políticas de desenvolvimento rural em todo semiárido nordestino.

Elites. Reconversões sociais. Caprinocultura. Convivência com as secas. Cariri paraibano.
This work results from a research about some strategies of social reconversions between the goat-breeder elites from the region of the Cariri, Paraiba, Brazil. The main purporse is understand why landlords of the Northeast ‘hinterland of Brazil began to write and publish books about the genealogies and memory of his families at the same time that they have made investments at the goat-breeder. Seeing this strategies as a social reconversions is possible understand how these landlord elites react when they suffered a loss of status against recent the transformations in the social inequalities in Brazil. In this context, transform old farms in local of the family memory and models of goat-breeder production are movements in political defense of the land concentration and for the monopoly about the changing social perceptions of the drought at the Northeast region of Brazil. By this way, these elites influences at the recent transformations of the goat-breeder: not long time ago considered as the “poor’s cattle” it’s turned in a touristic and cultural symbol of the region Northeast of Brazil.
Elites. Strategies of social reconversions. Goat-breeder. Drought. Cariri Paraibano
0
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

DESENVOLVIMENTO, AGRICULTURA E SOCIEDADE
ESTUDOS DE CULTURA E MUNDO RURAL
RURALIDADES, DESENVOLVIMENTO E HISTÓRIA DAS IDÉIAS

Banca Examinadora

ELI DE FATIMA NAPOLEAO DE LIMA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
ELI DE FATIMA NAPOLEAO DE LIMA Docente - PERMANENTE
REGINA ANGELA LANDIM BRUNO Docente - PERMANENTE
CARMEN SILVIA ANDRIOLLI Docente - COLABORADOR
CESAR BARREIRA Participante Externo
LUIS HENRIQUE HERMINIO CUNHA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
CONS NAC DE DESENVOLVIMENTO CIENTIFICO E TECNOLOGICO - Programa de Estudantes-Convênio de Pós-Graduação 48

Vínculo

CLT
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim