Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
MEDICINA (OTORRINOLARINGOLOGIA) (33009015018P0)
EFEITOS DA POLUIÇÃO DO AR EM CORREDORES DE RUA E SEDENTÁRIOS: BIOMARCADORES SISTÊMICOS E DE VIA AÉREA
JULIANA DE MELO BATISTA DOS SANTOS
TESE
27/09/2018

Objetivo: Investigar a resposta imunológica da via aérea de corredores de rua e pessoas sedentárias em diferentes estações do ano na Região Metropolitana de São Paulo, que apresentam diferenças significativas na concentração de poluentes de acordo com a estação do ano. Métodos: O estudo foi dividido em duas fases: inverno e verão. Em cada fase os voluntários foram avaliados em dois momentos: antes do início da estação (pré-inverno ou pré-verão) e novamente após 10 semanas (inverno ou verão). Participaram do estudo 77 voluntários (39 no inverno e 44 no verão), homens e mulheres entre 18 e 55 anos, o grupo RUN foi composto por atletas recreacionais que praticavam corrida de rua e o grupo SED foi composto por indivíduos sedentários. Foram analisadas amostras da saliva, do lavado nasal e do ar exalado de todos os voluntários em pelo menos dois momentos (antes e durante a estação inverno ou verão). Resultados: A fase inverno apresentou maior concentração de material particulado comparado com a fase verão. O grupo RUN apresentou níveis elevados de lactoferrina salivar quando comparado com o grupo SED no inverno. Os níveis de óxido nítrico exalado se elevaram no inverno em relação ao pré-inverno no grupo RUN, bem como estavam elevados no pré-inverno e no inverno quando comparados com o grupo SED. Os níveis da citocina IL-13 apresentaram-se elevados no pré-verão quando comparados aos níveis obtidos no pré-inverno apenas no grupo RUN. No grupo SED a citocina IL-1β apresentou níveis elevados no inverno em comparação com o pré-verão e com o verão e a citocina IL-6 apresentou níveis elevados no inverno em relação ao pré-inverno no mesmo grupo. Ambos os grupos apresentaram níveis elevados da citocina IL-17A no inverno quando comparado com o pré-inverno. Na comparação entre grupos os níveis de IL-1β e IL-8 estavam aumentados no grupo RUN no pré-verão em comparação com o grupo SED. Não houve diferença entre grupos ou entre momentos de análise na imunoglubulina A sercretória, catelecidina, peptídeo de neutrófilo humano 1-3 ou lisozima na saliva, bem como nos níveis de INF-�� e IL-12p70. Conclusão: Corredores de rua parecem desenvolver uma adaptação da via aérea devido a constante exposição aos poluentes durantes os treinamentos. Indivíduos sedentários respondem pontualmente aos desafios apresentados pelas alterações nos níveis de poluentes ao longo do ano.

CORREDORES DE RUA E SEDENTÁRIOS;BIOMARCADORES SISTÊMICOS E DE VIA AÉREA;POLUIÇÃO
Objective: To investigate the airway immune response of street runners and sedentary people in different seasons of the year in the Metropolitan Region of São Paulo, which present significant differences in the concentration of pollutants according to the season of the year. Methods: The study was divided into two phases: winter and summer. In each phase the volunteers were evaluated in two moments: before the beginning of the winter or summer seasons and again after 10 weeks (during the winter or the summer seasons). Participating in the study were 77 volunteers (39 in winter and 44 in summer), men and women between 18 and 55 years old, the RUN group was composed of recreational athletes who practiced street racing and the SED group was composed of sedentary individuals. Samples of saliva, nasal lavage fluid and exhaled air from all volunteers were analyzed in at least two moments (before and during the winter or summer season). Results: The winter phase presented a higher concentration of particulate matter compared to the summer phase. The RUN group presented high levels of salivary lactoferrin when compared to the SED group in the winter time point. The levels of exhaled nitric oxide increased in winter compared to pre-winter in the RUN group, as well as being elevated in prewinter and winter when compared to the SED group. IL-13 cytokine levels were elevated in the pre-summer when compared to pre-winter levels only in the RUN group. In the SED group the cytokine IL-1β presented high levels in the winter compared to the pre-summer and the summer, and the cytokine IL-6 presented high levels in the winter compared to the pre-winter in the same group. Both groups had elevated levels of IL-17A cytokine in winter compared to pre-winter. In the comparison between groups IL-1β and IL-8 levels were increased in the RUN group in the pre-summer compared to the SED group. There was no difference between groups or between moments of analysis in the levels of immunoglobulin A, cathelicidin, human neutrophil peptide 1-3 or lysozyme in saliva, as well as on the levels of INF-γ and IL-12p70. Conclusion: Street runners seem to develop an adaptation of the airway due to constant exposure to pollutants during training. Sedentary subjects respond punctually to the challenges posed by changes in pollutant levels throughout the year.
STREET RUNNERS AND SEDENTARIANS SYSTEMIC AND AIRWAY BIOMARCADORES POLLUTION
1
74
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

CIÊNCIAS OTORRINOLARINGOLÓGICAS E BASE DE CRÂNIO
AVALIAÇÃO DOS MECANISMOS FISIOPATOLÓGICOS E REABILITAÇÃO DAS AFECÇÕES DAS VIAS AERODIGESTIVAS SUPERIORES.
RESPOSTA IMUNOLÓGICA SISTÊMICA DAS VIAS AÉREAS SUPERIORES

Banca Examinadora

MAURO WALTER VAISBERG
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
REURY FRANK PEREIRA BACURAU Participante Externo
AYLTON JOSE FIGUEIRA JUNIOR Participante Externo
GIL BENARD Participante Externo
NORMA DE OLIVEIRA PENIDO Docente - PERMANENTE
ALBENA NUNES DA SILVA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUNDACAO DE AMPARO A PESQUISA DO ESTADO DE SAO PAULO - Auxílio Regular 12

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim