Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
ARQUITETURA E URBANISMO (53001010042P8)
A URBS e os seus problemas: uma lição de urbanismo na trajetória profissional de Armando Augusto de Godoy
CELINA FERNANDES ALMEIDA MANSO
TESE
08/06/2018

Este trabalho de tese consiste numa análise crítica do trabalho como urbanista de Armando Augusto de Godoy, que tem no livro A URBS e os seus problemas (1943) o eixo central da documentação. Como ponto de partida para as reflexões sobre a trajetória profissional desse pioneiro engenheiro urbanista politécnico brasileiro, é necessário compreender a coerência interna do livro, visto que suas partes adquirem significado e exigem a análise das relações mais amplas que a organização da sociedade como um todo impõe sobre um objeto específico – a cidade. A reflexão passa pela indagação sobre a diferenciação e articulação de diversos saberes que marcaram o final do século XIX e início do século XX. Suas narrativas, os vestígios nelas encontrados, revelaram as principais características de seu pensar a cidade e agir na cidade. Boa parte de sua trajetória profissional foi dedicada aos estudos teóricos práticos sobre as questões referentes ao rodoviarismo, aos meios de transportes terrestres, ao crescimento e desenvolvimento das aglomerações humanas e à transformação e expansão da cidade. No ponto de vista do urbanismo, busca-se saber qual leitura de cidade foi sendo construída, qual futuro foi pensado para a vida urbana e segundo quais princípios se organizaram as ideias de plano e planejamento, e por fim refletir sobre as decisões tomadas. A obra escrita interpretada, a partir de um complexo quadro de contradições e enfrentamentos, traz uma releitura contemporânea sobre o tópico cidade-planejamento-urbanismo: agentes públicos, planos e projetos, para explicar, colocando em termos práticos, o estreito vínculo entre a estrada e a urbanização, vínculo almejado por um grupo de pioneiros engenheiros urbanistas brasileiros comprometidos com a construção do espaço urbano, a transformação e expansão das cidades brasileiras. Nesse sentido, o pensamento de Armando Augusto de Godoy foi pioneiro.

Armando Augusto de Godoy;A URBS e os seus problemas, trajetória profissional, cidade-planejamento-urbanismo, engenheiro urbanista no Brasil.
This thesis consists of a critical analysis of the work as urban planner by Armando Augusto de Godoy, who has in the book the book The URBS and his problems (1943) the central axis of documentation. As a starting point for the reflections on the professional trajectory of this pioneering Brazilian polytechnical town planning engineer, it is necessary to understand the internal coherence of the book, since its parts acquire meaning and demand the analysis of the broader relations that the organization of the society as a whole imposes about a specific object - the city. The reflection goes through the inquiry about the differentiation and articulation of different knowledge that marked the end of the nineteenth century and the beginning of the twentieth century. His narratives, the traces found there, revealed the main characteristics of his thinking of the city and acting in the city. Much of his professional career was devoted to practical theoretical studies on the issues of road transport, land transportation, growth and development of human settlements, and the transformation and expansion of the city. From the point of view of urban planning, one seeks to know which city reading was being constructed, which future was intended for urban life and according to which principles the ideas of plan and planning were organized, and finally to reflect on the decisions taken. The written work interpreted, starting from a complex framework of contradictions and confrontations, brings a contemporary re-reading on the topic city-planning-urbanism: public agents, plans and projects, to explain, putting in practical terms, the close link between the road and urbanization, a link sought by a group of pioneering Brazilian urban planning engineers committed to the construction of urban space, the transformation and expansion of Brazilian cities. In this sense, the thought of Armando Augusto de Godoy was a pioneer.
Armando Augusto de Godoy;URBS and his problems, professional trajectory, city planning urbanism, urban planning engineer in Brazil.
1
446
PORTUGUES
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

TEORIA, HISTÓRIA E CRÍTICA
HISTÓRIA E TEORIA DA CIDADE E DO URBANISMO
JOSÉ DE OLIVEIRA REIS: URBANISTA E HISTORIÓGRAFO DO RIO DE JANEIRO (1933-1965-1992)

Banca Examinadora

RODRIGO SANTOS DE FARIA
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
RODRIGO SANTOS DE FARIA Docente - PERMANENTE
CAROLINA PESCATORI CANDIDO DA SILVA Docente - COLABORADOR
LUCIA HELENA PEREIRA DA SILVA Participante Externo
MILENA D AYALA VALVA Participante Externo

Vínculo

Servidor Público
Instituição de Ensino e Pesquisa
Ensino e Pesquisa
Sim