Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
CIÊNCIA ANIMAL (28007018007P1)
EFEITO PREEMPTIVO DA AMANTADINA COMO ADJUVANTE NA ANALGESIA PÓS-OPERATÓRIA DE OVARIOHISTERECTOMIA EM CÃES
ALINE SILVA SENA
DISSERTAÇÃO
23/02/2018

A amantadina, antagonista não competitivo de receptores N-metil-D-aspartato (NMDA), por apresentar propriedades inibitórias na modulação do estímulo nociceptivo visceral, acredita-se que apresente uma alternativa segura e eficaz para o controle da dor pós-operatória. Dessa forma, objetivou-se avaliar o efeito preemptivo da amantadina, como adjuvante na analgesia pós-operatória de ovariohisterectomia em cães. Foram utilizadas 20 cadelas sem raça definida, com idade entre 1,5 e 08 anos. Os animais receberam como medicação pré-anestésica meperidina (3 mg/kg/IM). Após 10 minutos, realizouse indução anestésica com propofol (5mg/kg/IV) seguida de manutenção anestésica de isofluorano. Os animais foram distribuídos em dois grupos (n=10) aleatoriamente, e receberam os seguintes tratamentos: GC – protocolo anestésico padrão e cápsulas de placebo por via oral; GA – protocolo anestésico padrão, e amantadina (5mg/kg/VO) meia hora antes da MPA. Os momentos avaliados durante o transoperatório foram: M0 (antes da MPA); M1 (antes do início do procedimento cirúrgico); M2 (incisão da musculatura abdominal); M3 (após pinçamento do pedículo esquerdo); M4 (após pinçamento do pedículo direito); M5 (após ligadura no corpo do útero); M6 (sutura da musculatura abdominal) e M7 (no fim da cirurgia). No decorrer desses momentos houve monitorações de: FC, f, SatO2, ETCO2, ETIso, T° corporal por meio de termômetro esofágico, PAS, PAM e PAD. A avaliação de dor, por meio dos escores, foi realizada a cada hora, totalizando 06 horas, após extubação. Avaliou-se os graus de analgesia e sedação através de quatro escalas: Escala Analógica Visual Interativa e Dinâmica; Escala Composta de Glasgow Modificada; Escala de Taxa Numérica Dimensionamento, Escala Descritiva Simples. E para limiar mecânico nociceptivo, analgesímetro digital, modelo EFF 301(Insight, Brasil). Concluiu-se que a administração da amantadina no pré-operatório foi eficaz para analgesia pós-operatória melhorando o conforto do paciente e diminuindo o requerimento de resgates analgésicos.

receptor NMDA. Analgesia visceral. Ovariohisterectomia. Nocicepção. Dor aguda.
Amantadine, a non-competitive N-methyl-D-aspartate (NMDA) receptor antagonist, for presenting inhibitory properties in the modulation of the visceral nociceptive stimulus, it is believed that it presents a safe and effective alternative for the control of postoperative pain. In this way, the objective was to evaluate the preemptive effect of amantadine as an adjunct to postoperative analgesia of ovariohysterectomy in dogs. Twenty non-breed bitches, aged between 1.5 and 8 years. The animals received meperidine as preanesthetic medication (3 mg / kg / IM). After 10 minutes, anesthesia was induced with propofol (5mg / kg / IV) followed by anesthetic maintenance of isoflurane. The animals were randomly divided into two groups (n = 10) and received the following treatments: GC - standard anesthetic protocol and oral placebo capsules; GA - standard anesthetic protocol, and amantadine (5mg / kg / VO) half an hour before MPA. The moments evaluated during the intraoperative period were: M0 (before MPA); M1 (before the beginning of the surgical procedure); M2 (incision of the abdominal musculature); M3 (after clamping of the left pedicle); M4 (after clamping of the right pedicle); M5 (after ligature in the body of the uterus); M6 (abdominal muscle suture) and M7 (at the end of surgery). In the course of these moments there were monitoring of: FC, f, SatO2, ETCO2, ETIso, body T ° by means of esophageal thermometer, SBP, MAP and PAD. The pain evaluation, using the scores, was performed every hour, totaling 06 hours, after extubation. The degrees of analgesia and sedation were evaluated through four scales: Analogical Visual Scale and Dynamic Scale; Composite Glasgow Modified Scale; Numerical Rate Scale Sizing, Simple Descriptive Scale. And for nociceptive mechanical threshold, digital analgesimeter, model EFF 301 (Insight, Brazil). It was concluded that preoperative amantadine administration was effective for postoperative analgesia, improving patient comfort and reducing the need for analgesic rescues.
NMDA receptor. Visceral analgesia. Ovariohysterectomy. Nociception. Acute pain.
1
71
PORTUGUES
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE SANTA CRUZ
O trabalho possui divulgação autorizada

Contexto

CIÊNCIA ANIMAL
CLÍNICA E SANIDADE ANIMAL
Efeito preemptivo da amantadina como adjuvante na analgesia pós-operatória de ovariohisterectomia em cães

Banca Examinadora

MARIO SERGIO LIMA DE LAVOR
DOCENTE - PERMANENTE
Sim
Nome Categoria
JULIANA FIGUEIRA DA SILVA Participante Externo
ELISANGELA BARBOZA DA SILVA Participante Externo

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 24

Vínculo

-
-
-
Não