Dados do Trabalhos de Conclusão

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
Interdisciplinar em Ciências da Saúde (33009015070P2)
FATORES ASSOCIADOS À READMISSÃO HOSPITALAR DE DOENÇAS CARDIOVASCULARES – Estudo de Prevalência
VANESSA MATOS FRAGA
DISSERTAÇÃO
20/03/2018

Introdução: As doenças cardiovasculares (DCV) são doenças multicausais com alta taxa de mortalidade, admissão e readmissão hospitalar em decorrência da descompensação. Essas doenças geram prejuízos sociais e financeiros, sendo um grande problema de saúde pública do país. Objetivo: Avaliar possíveis fatores associados à readmissão hospitalar de pessoas com DCV. Estimar a associação do nível de autocuidado, atividade física (AF) e funcionalidade com a readmissão hospitalar. Métodos: Foram entrevistados 160 adultos, ambos sexos, Média 64±14 anos. (DP), separados em dois grupos: (1) sem readmissão e (2) com readmissão. Foram aplicados questionários para caracterização da amostra, para avaliar a capacidade funcional foi usado o Duke Activity Status Index (DASI), para o comportamento e autocuidado foi aplicado o European Heart Failure Self-Care Behavior Scale (EHFScBS), e para o nível de AF o International Physical Activity Questionnare – (IPAQ). Análise estatística: Foi realizada uma análise descritiva, as variáveis categóricas foram expressas em número absoluto e proporção e variáveis numéricas como média e desvio padrão. Para comparação das variáveis numéricas entre os grupos, empregou-se o teste t de Student para amostras independentes. Para comparação das variáveis categóricas foi usado o teste de Fisher. A variável DASI foi categorizada pelo valor da mediana estimada. A regressão logística foi realizada para identificar fatores de risco para a readmissão hospitalar. Resultados: foram entrevistados 160 participantes, 65% usuários de serviços públicos e 35% de serviços privados. 52% eram casados ou tinha união estável, a média de escolaridade foi de ± 5 anos, 27% relataram trabalhar atualmente. Os principais diagnósticos foram: 26% de hipertensão arterial sistêmica (HAS), 11% arritmia, 26% insuficiência cardíaca (IC), 24% doença da artéria coronária (DAC) e 13% de outras DCV. As principais comorbidades relatadas foram: HAS (83%), dislipidemia (46%), diabetes mellitus (33%), depressão (16%) e 7% não tinham comorbidade associada. Entre os hábitos relatados, 40% fez uso prévio de tabaco, 11% são fumantes atuais; 67% relatou não praticar exercício físico e 42% tinham recomendação médica para o repouso. Nos pacientes com IC, não houve diferença com relação ao autocuidado, os pacientes com readmissão apresentaram mediana (intervalo interquartil) de EHFScBS de 26 (23-30) vs. 31 (25-38) dos indivíduos sem readmissão; p=0,178. Em relação à funcionalidade, as pessoas com readmissão apresentaram mediana (intervalo interquartil) de DASI de 13 (7-23) vs. 27 (16-39) dos indivíduos sem readmissão. A Análise de regressão logística identificou que escores menores de funcionalidade (DASI <19,2), sexo masculino e ser proveniente de serviço público, são fatores independentemente associados à readmissão hospitalar de pacientes com DCV. Conclusão: O sexo masculino, o baixo nível de funcionalidade e ser usuário de serviços públicos apresentou associação com a readmissão hospitalar

Readmissão hospitalar;Autocuidado;Terapia por exercício
Introduction: Cardiovascular diseases (CVD) are multicausal diseases with a high mortality rate, admission and hospital readmission due to decompensation. These diseases generate social and financial damages, being a great public health problem of the country.Objective: To evaluate possible factors associated with the hospital readmission of people with CVD. To estimate the association of the level of self-care, physical activity (PA) and functionality with hospital readmission. Methods: 160 adults, both sexes, mean 64±14 years. (SP), were interviewed in two groups: (1) without readmission and (2) with readmission. In order to evaluate the functional capacity, the Duke Activity Status Index (DASI) was used to characterize the sample. For the behavior and self-care the European Heart Failure Self-Care Behavior Scale (EHFScBS) was applied and for the PA level the International Physical Activity Questionnaire – (IPAQ). Statistical analysis: The descriptive analysis was performed, the categorical variables were expressed in absolute number and proportion and numerical variables as mean and standard deviation. To compare the numerical variables between the groups, Student's t-test was used for independent samples. Fisher's test was used to compare the categorical variables. The DASI variable was categorized by the estimated median value. Logistic regression was performed to identify risk factors for hospital readmission. Results: 160 participants, 65% of public service users and 35% of private services were interviewed. 52% of the sample was married or had a stable union, the average schooling was ± 5 years, 27% reported presently working. The main diagnoses were: 26% systemic arterial hypertension (SAH), 11% arrhythmia, 26% heart failure (HF), 24% coronary artery disease (CAD) and 13% of other CVD. The main comorbidities reported were: HAS (83%), dyslipidemia (46%), diabetes mellitus (33%), depression (16%) and 7% had no associated comorbidities. Among the reported habits, 40% made previous use of tobacco, 11% are current smokers; 67% reported not practicing physical exercise and 42% had medical advice for rest. Patients with HF had no difference regarding self-care; patients with readmission presented a median (interquartile range) of HFScBS of 26 (23-30) vs. 31 (25-38) of individuals without readmission; p = 0.178. Regarding functionality, people with readmission presented a median (interquartile range) DASI of 13 (7-23) vs. 27 (16-39) of individuals without readmission. Logistic regression analysis identified that lower functional scores (DASI <19.2), males and being from the public service, are factors independently associated to the hospital readmission of CVD patients. Conclusion: The male gender, the low level of functionality and being a public service user had an association with the hospital readmission
Hospital Readmission;Self Care;Exercise Therapy
1
67
PORTUGUES
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO
O trabalho não possui divulgação autorizada

Contexto

PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO EM SAÚDE
ESTRATÉGIAS INTERDISCIPLINARES EM PROMOÇÃO, PREVENÇÃO E REABILITAÇÃO
Epidemiologia Cardiovascular, Respiratória, Locomotora e Nutricional

Banca Examinadora

EMILSON COLANTONIO
DOCENTE - COLABORADOR
Não
Nome Categoria
ALESSANDRA MEDEIROS Docente - PERMANENTE
ERIKA FELTRINI CAGNONI Participante Externo
PAULO HENRIQUE SILVA MARQUES DE AZEVEDO Docente - COLABORADOR

Financiadores

Financiador - Programa Fomento Número de Meses
FUND COORD DE APERFEICOAMENTO DE PESSOAL DE NIVEL SUP - Programa de Demanda Social 5

Vínculo

Colaborador
Empresa Privada
Outros
Sim